Temer diz que país vai recuperar grau de investimento 'logo, logo'

Disse Temer a uma plateia de empresários do agronegócio ao inaugurar uma usina de biodiesel em Lucas do Rio Verde

11/08/2017 - 14:05:44

   

Prestes a anunciar o aumento do deficit fiscal de 2017 e 2018, o presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (11) que o Brasil vai recuperar, "logo, logo", seu grau de investimento.

"Quando vejo que o risco-Brasil, que estava em mais de 470 pontos negativos quando assumi o governo, hoje está em 195 pontos. Portanto, caiu significativamente e, logo, logo, nós vamos reassumir o grau de investimento que nós perdemos no passado", disse Temer a uma plateia de empresários do agronegócio ao inaugurar uma usina de biodiesel em Lucas do Rio Verde, interior de Mato Grosso.

O risco-Brasil no final da manhã desta sexta, no entanto, estava em 206 pontos (CDS com vencimento em cinco anos), acima do que anunciou o presidente.

Em setembro de 2015, a agência S&P tirou o selo de bom pagador do Brasil. Em dezembro do mesmo ano, a agência Fitch reduziu a nota do Brasil para um nível abaixo da categoria grau de investimento.

A Moody's retirou o grau de investimento do Brasil em fevereiro de 2016, uma semana após o segundo rebaixamento pela S&P. Na ocasião, a Moody's reduziu a nota do país para dois níveis abaixo do grau de investimento.

O governo pretende ampliar o deficit deste ano de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões e, para o próximo ano, de R$ 129 bilhões para R$ 159 bilhões.

Estes números já levam em conta a frustração de receitas com o Refis, que não deve avançar como o esperado no Congresso.

O deficit fiscal é um dos principais fatores observados pelas agências para definir o risco para investimento em um país.

Apesar deste cenário, Temer procurou manter o otimismo ao fazer um balanço da economia em seus 15 meses de governo.

Dizendo-se "animado" e "com a alma incendiada", ele mencionou a queda da inflação e da taxa Selic –que ele prevê que chegará a "7,5%, 7%" até o final do ano–, e disse aos ruralistas da plateia sentir ter o apoio do empresariado ao seu governo.

"Ninguém, empresário, por mais ardoroso patriota que seja, é patriota, mas, naturalmente, investe em face das perspectivas do futuro. Ou seja, tem confiança. Ou seja, acredita no desenvolvimento do país. Ou seja, acredita no governo. E ter confiança significa apoiar o governo", afirmou.

"Venho com a sensação de que o Brasil prospera e confia no que estamos fazendo. Ninguém investe se não souber que, mais adiante, terá lucro, vantagens financeiras mais do que legítimas", disse Temer.

Ele disse estar sendo "mais que corajoso" ao conduzir reformas no país. "Estou sendo ousado porque são matérias que ficaram, durante anos e anos paralisadas, e fomos dando solução."

Afirmando ter diálogo com o Congresso, Temer não fez menção direta em seu discurso à reforma da Previdência, pauta cuja rejeição na base aumentou nos últimos dias pela proximidade das eleições de 2018 e porque os partidos não estão sendo recompensados pelo apoio dado ao presidente, alvo de denúncia de corrupção passiva.

REFORMAS

"Ainda estamos em crise, mas o Brasil começa a sair do buraco em que se encontrava", disse o ministro Blairo Maggi (Agricultura), que tem empresas que produzem na região.

Além de Maggi e do governador Pedro Taques (PSDB-MT), participaram do evento os governadores de Tocantis, Pará, Rondônia, Roraima, Amazonas e os vice-governadores de Maranhão e Amapá, todos integrantes da Amazônia Legal, que participavam de uma reunião em Cuiabá, capital mato-grossense.

Temer ouviu de empresários do agronegócio e políticos locais cobranças por infraestrutura de transporte na região, mas também foi saudado pelas reformas que estão na agenda econômica do governo.

"A reforma trabalhista foi e é muito importante. A da Previdência é necessária. Precisamos resolver a questão indígena", discursou Taques.

"Quero parabenizá-lo por estar fazendo as reformas que o Brasil precisa. Quero que o senhor siga em frente. Sei que vai fazer isso. É determinado e corajoso. O senhor vai passar para a historia do Brasil como o presidente que fez o que precisa fazer. Compreendo muito bem as reformas que o senhor está fazendo e a extrema necessidade delas para o Brasil", disse o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD-MT).

PROTESTO

Temer foi a Lucas do Rio Verde para o lançamento de uma colheita de algodão e a inauguração de uma usina privada de biodiesel à base de milho —"produto que, originalmente, só servia pra fazer fubá", segundo Temer.

Ele foi aos dois eventos de helicóptero e, por isso, não chegou a ver a manifestação que caminhoneiros realizaram contra ele e contra o aumento dos impostos que incidem sobre combustíveis.

Caminhoneiros bloquearam a BR-163, na altura de Lucas do Rio Verde, desde as 6h de sexta.

"É um protesto em repúdio à visita de Temer, por tudo, principalmente, pelo escândalos em que ele está envolvido. Nossa cidade não costuma receber bem corruptos", disse Gilson Baitaca, caminhoneiro e líder da manifestação.

Segundo os manifestantes, o bloqueio havia atingido 10 km da estrada nos dois sentidos da via no momento da visita de Temer.

De acordo com a concessionária que administra a rodovia, no mesmo momento, eram 4 km de paralisação, que impedia apenas a passagem de caminhoneiros.

As manifestações na região produtora de soja, milho e algodão começaram no dia 1º de agosto e se intensificaram nesta sexta.

Para evitar incidentes, a segurança do presidente recolheu garrafinhas plásticas de água mineral que estavam com convidados da usina e com jornalistas.

A última vez em que um presidente da República havia estado na região foi em 2014, quando a presidente Dilma Rousseff participou do lançamento da safra de soja.

SEDUZIDO

Depois de visitar de um campo de algodão, onde posou em meio à plantação e subiu em uma máquina que faz a colheita, Temer disse ter lembrado de sua infância em Tietê (SP), quando, segundo ele, ajudava o pai.

"O que me encantava era a brancura do algodão, a ideia de que algodão representava uma pureza que permitia, no caso do meu pai, que meu pai vendesse algodão e nos colocasse na escola e permitisse que nós, com o pouco da agricultura que ele praticava, pudesse, com aquela brancura do algodão, volto a dizer, me seduzia, eu sentia, nitidamente, que era aquilo que me permitia ir ao grupo escolar, ao ensino médio e, depois, à faculdade de direito", disse Michel Temer. 

MT Agora - Daniel Carvalho | Folha de São Paulo

Mais Noticias

RenovaBio

RenovaBio representa avanço para setor de biocombustíveis de MT

Tarifa Branca

Saiba as vantagens e riscos de aderir à tarifa branca de energia

Restituição de Imposto de Renda

Receita abre consulta a lotes residuais do Imposto de Renda de 2008 a 2017

eSocial para Empresas

Primeira fase de implantação do eSocial para empresas começa hoje

02/01/2018 -

Preços da gasolina e do diesel terão a primeira variação de 2018 nesta quarta-feira (03)

O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis.

02/01/2018 -

Salário mínimo, tarifa branca, nova idade para sacar PIS/Pasep: veja o que muda em 2018 e pode afetar seu bolso

Novas leis alteram valores de benefícios e contribuições, além de mudar regras para microempreendedores e empresas. Veja lista do G1.

13/12/2017 -

Número de consumidores inadimplentes em MT cresceu 1,61% em novembro, segundo pesquisa

Os dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

29/11/2017 -

Confira as vagas de emprego do Sine de Lucas do Rio Verde

Para saber mais detalhes, os interessados devem procurar a unidade de atendimento do Sine na Galeria Central de Serviços, localizada na Av. Paraná, n. 766 S, sala 06, Centro.

28/11/2017 -

Governo de MT prorroga isenção de ICMS para taxistas até 2019

A medida beneficia cerca de mil contribuintes que atuam somente como taxistas profissionais autônomos, incluindo também os Microempreendedores Individuais (MEIs).

28/11/2017 -

Comércio de Sorriso atenderá em horário especial no mês de dezembro

A partir do dia 26 de dezembro o horário de atendimento voltará ao normal.

28/11/2017 -

Aneel anuncia bandeira tarifária vermelha 1 em dezembro com valor de R$ 3 a cada 100 kWh

Em novembro, devido à estiagem, agência havia elevado custo da energia para vermelho 2, o mais alto da escala. Aneel explicou que melhora nos níveis de reservatórios permitiu redução da tarifa.

28/11/2017 -

Sicredi inova e lança a própria máquina de cartões

Instituição financeira cooperativa entra no mercado de adquirências e oferece aos seus associados pessoas jurídicas e profissionais autônomos mais um produto, e o melhor, com preços competitivos

27/11/2017 -

Confira as vagas de emprego do Sine de Lucas do Rio Verde para essa segunda-feira

O horário de atendimento é das 7h às 13h.

23/11/2017 -

Empresas e indústrias em Lucas do Rio Verde criam mais de 100 novas vagas de trabalho

O saldo positivo foi divulgado esta semana pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

22/11/2017 -

Sorriso termina mês demitindo mais funcionários, aponta Caged

Em outubro, conforme o levantamento, foram registradas 1.216 contratações e 1.227 demissões no município, resultando no fechamento de 11 vagas formais

22/11/2017 -

Excelência conquista maior prêmio concedido pela ASMAT

A Excelência Carnes Suínas, localizada em Nova Mutum-MT figura por tanto entre os maiores fornecedores de Mato Grosso o que eleva também a região do Centro Norte do estado no panorama das agroindústrias.

20/11/2017 -

No melhor mês de outubro em 4 anos, Brasil cria 76 mil vagas formais de trabalho

Foi o sétimo mês seguido em que as contratações com carteira assinada superaram as demissões no país. Resultado de outubro também foi o melhor de 2017.

20/11/2017 -

Mais de 55% do total de desempregados em MT são pretos e pardos, diz IBGE

Ao todo, o estado tem 160 mil pessoas sem emprego. Para os especialistas, os números apontam o preconceito intrínseco na sociedade.

16/11/2017 -

Petrobras reduz gasolina em 3,8%, maior queda desde o início de julho

Redução ocorre em meio à queda nos preços internacionais.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora