Gestão No Futebol

2015 mostrou que futebol brasileiro não aprendeu nada com o 7 a 1

Mais de um ano depois da maior derrota da seleção brasileira, o futebol no país continua longe de aprender com seus erros.

Fonte:MT Agora - IG
19 de Dezembro de 2015 as 03h 12min

As expectativas para 2015 eram grandes. Mudanças no calendário dos estaduais, maior tempo de pré-temporada, a volta da seleção brasileira às Eliminatórias da Copa tentando apagar o fatídico 7 a 1 para a Alemanha no Mundial passado e a primeira vez que o calendário da Série A do Campeonato Brasileiro pararia em datas Fifa.

Com certeza era um ano em que as pequenas mudanças poderiam fazer a diferença. Mas fazendo um balanço a poucos dias da virada para 2016 a impressão é outra.

Corrupção na Confederação Brasileira de Futebol, eliminação precoce da seleção na Copa América, dificuldades nas Eliminatórias e a falta de organização nos campeonatos prometem um próximo ano obscuro para o futebol.

Tour nas arenas

Cássio, goleiro do Corinthians, comentou em fevereiro, durante programa do canal Fox Sports, que promover jogos em sequência nas arenas construídas pelos País para a Copa do Mundo é algo cansativo, pela distância entre uma e outra. Para o atleta, não se tem mais um preparo físico adequado para aguentar de três a quatro horas de vôo e uma partida de 90 minutos em seguida.

Desde o fim a Copa de 2014, CBF e promotores tentam colocar partidas de grandes equipes em arenas pouco utilizadas

Após a Copa, como Brasília, Cuiabá e Manaus

Durante a conversa, o ex-técnico do Atlético Mineiro, Levir Culpi, chegou a comentar sobre as atitudes de Luxemburgo e Felipão em relação à arbitragem: “O Vanderlei e o cara de pau do Felipão fizeram um pedido. Eles querem mais liberdade para reclamar com o árbitro. Eles querem apitar o jogo. O Felipão, quando jogam a moeda, sempre acha que está sendo prejudicado”, brincou o treinador.

Coincidentemente, uma das frases mais reproduzidas neste Brasileirão foi a declaração do próprio Levir em relação aos árbitros “O Brasileiro de 2015 já está manchado pela arbitragem. Não me lembro de ter havido uma tamanha comoção”, declarou o treinador, que durante algumas rodadas continuou reclamando.

Corrupção e venda na CBF

Em maio, o jornal "O Estado de S.Paulo" publicou uma reportagem sobre documentos que comprovavam acordo entre a CBF e a empresa ISE para jogos da seleção brasileira. Os contratos obtidos descreviam que os jogadores convocados deveriam atender a critérios de parceiros comerciais. À frente dessa operação estava Ricardo Teixeira, então presidente da entidade.

O substituto de Teixeira na presidência da CBF, Marco Polo del Nero, chegou a declarar que os contratos não eram ruins, já que os jogos da seleção na época davam prejuízo “Nós chegamos já tinha esse contrato, temos de cumprir. Eu não chego a dizer que é ruim. Porque quando a gente jogava no Brasil não chegava a tirar esse valor (US$ 1,05 milhão). Hoje quanto é isso? R$ 3 milhões é pouco? Se analisar, hoje o contrato é bom.”

No mesmo mês, o ex-presidente da CBF José Maria Marin foi preso durante operação na Suíça que ficou conhecida como Fifagate. A polícia suíça juntamente com o FBI prenderam sete dirigentes da Fifa e cinco executivos por corrupção e extorsão. O brasileiro foi acusado de receber propina durante a Copa América e a Copa do Brasil, em 2014.

No começo de dezembro, Del Nero também entrou na mira do FBI e após ser denunciado pediu licença da presidência. A CBF anunciou uma eleição para a escolha do novo vice-presidente (substituir Marin) para amanhã com aliado de Del Nero concorrendo sozinho pelo cargo.

Partiu Sibéria, Eurico!

Eurico Miranda, presidente do Vasco da Gama, protagonizou a frase do ano: “Se o Vasco cair eu me mudo para a Sibéria”.

O mandatário soltou o desafio em agosto, quando o time ainda estava em último lugar da tabela. Eurico ainda disse que a palavra rebaixamento era proibida nos arredores da colina. Resultado? Mais um rebaixamento, o terceiro em oito anos.

Trapaça

Em outubro, o jogador da Ponte Preta Alexandro marcou um gol irregular no duelo contra o Coritiba, vencido pelo time paulista por 3 a 0. A bola resvalou no braço do atacante, que no fim do jogo confirmou a irregularidade.

Porém, o que chamou atenção foi o modo irônico com o que Alexandro reconheceu o erro: “Acho que pegou um pouquinho, mas o que vale é o gol. Manda eles reclamarem lá na Federação”, brincou ao sair de campo.

Dança das cadeiras

A temporada ficou marcada pela constante troca de técnicos. De todos os 20 clubes da elite do Brasileirão, apenas um se manteve no cargo para 2016, justamente o campeão Tite, do Corinthians. Ao todo, foram 35 mudanças de comando.

Vida difícil para a seleção brasileira

Dos jogadores titulares no fatídico 8 de julho de 2014, na semifinal contra a Alemanha, apenas dois foram convocados para a Copa América - David Luiz e Fernandinho. A “renovação” do elenco era a esperança dos torcedores em conquistar o título e esquecer a campanha traumática da Copa do Mundo em casa, porém outro vexame foi visto.

A seleção brasileira apresentou um futebol ruim em praticamente toda a competição. Na fase de grupos ficou em primeiro com seis pontos (duas vitórias e uma derrota) e nas quartas de final caiu para o Paraguai na disputa de pênaltis.

A dependência do atacante Neymar, por mais que negada pelos jogadores e pelo técnico Dunga, foi vista mais uma vez. O desequilíbrio do astro com a camisa canarinho também. Neymar foi expulso ainda no segundo jogo, contra a Colômbia, quando se envolveu em confusão com Murillo e Baca.

Além da eliminação precoce durante a Copa América, o Brasil correu o risco de terminar o ano fora da zona de classificação das eliminatórias sul americanas para a Copa de 2018, na Rússia.

Na primeira rodada, uma pancada do Chile, 3 a 0. Na segunda, vitória em casa sobre a Venezuela por 3 a 1. No terceiro jogo, o clássico contra a Argentina poderia ser um divisor de águas. As duas seleções estavam mal e precisavam do resultado para crescer na tabela e na confiança dos torcedores. O resultado? Empate em 1 a 1.

Pressionadíssimo, o Brasil jogou a vida contra o Peru na Arena Fonte Nova, na Bahia, e teve um bom desempenho. Com a combinação dos resultados, terminou em 3º lugar na classificação geral e se acabasse agora, estaria com a vaga garantida no Mundial.

Apesar do alívio, a sequência de jogos não é animadora. Uruguai, Paraguai, Equador (líder) e Colômbia até o meio do ano que vem. Será um longo ano.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Esportes

Efeito Pandemia

Pandemia impacta desempenho dos times favoritos nas ligas da Europa

Liverpool e Real Madrid estão atrás de Everton e Real Sociedad

19 de Outubro de 2020 as 10h50

Esporte

Série B: Guarani bate o líder Cuiabá e deixa o Z-4; Avaí e CSA empatam

Cuiabá segue no topo da tabela, com 32 pontos

14 de Outubro de 2020 as 09h34

Esporte Solidário

Esporte solidário: MT Hemocentro organiza evento que reúne atletas para doar sangue

Os atletas e voluntários que queiram praticar esporte e ajudar a salvar vidas já podem se inscrever para a terceira edição da Corrida Pela Vida.

06 de Outubro de 2020 as 13h50

E-Sports

Lucas do Rio Verde terá segunda edição do Campeonato de E-Sports

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 25/09 na Prefeitura

14 de Setembro de 2020 as 14h41

Tabela

FMF divulga tabela básica de retomada do Mato-grossense Martinello Sicredi 2020

A FMF divulgou na tarde desta quinta-feira (10), a tabela básica da retomada do Campeonato Mato-grossense Martinello Sicredi 2020.

11 de Setembro de 2020 as 09h22

Brasileirão

Luverdense desiste de disputar Campeonato Brasileiro da Série D; Sinop foi convidado para a disputa

O Luverdense oficializou nesta sexta-feira (14), a desistência na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

17 de Agosto de 2020 as 13h02

FMF

Federação descarta usar apenas Copa FMF para indicar times aos torneios nacionais

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) já descartou qualquer possibilidade de usar a Copa FMF como única competição a indicar os representantes de Mato Grosso nos torneios nacionais do próximo ano.

29 de Abril de 2020 as 09h40

Capacitação Profissional

Seplag publica normativa para servidores em grupo de risco, teletrabalho e revezamento

Medida de capacitação profissional visa o estímulo ao aperfeiçoamento técnico dos servidores na prestação de serviços, bem como o complemento da carga horária de trabalho definida no Decreto n° 416/2020, durante o período da pandemia da Covid-1

13 de Abril de 2020 as 14h41

Coronavírus

SES é notificada sobre quarta morte por Covid-19 em MT

Caso foi registrado pelo município de Rondonópolis

13 de Abril de 2020 as 14h37

Coronavírus

Crise de Coronavírus impacta eventos esportivos pelo mundo todo

No Brasil, como de costume, as medidas demoraram para serem tomadas, mas aconteceram.

17 de Março de 2020 as 13h12

Jogos Suspensos

CBF suspende todos os campeonatos nacionais por tempo indeterminado

A FMF já havia determinado o fechamento ao público de todos os jogos da rodada deste fim de semana.

16 de Março de 2020 as 04h16

Mato-grossense 2020

No duelo dos desesperados, deu Luverdense sobre o Mixto

O Verdão do Norte precisava vencer o adversário para escapar do terceiro rebaixamento em pouco mais de três anos e entrou em campo decidido a escrever outra história.

16 de Março de 2020 as 04h09

Estadual

Jogo com o Mixto é tratado como final de campeonato pelo Luverdense

O jogo de domingo, será tenso e terá um grau de dramaticidade jamais visto no Passo das Emas.

13 de Março de 2020 as 04h35

Talento

Onde o atacante brasileiro Gabriel Jesus se encaixa no Manchester City?

Sua ida para o Manchester City representou um novo desafio para o brasileiro

03 de Março de 2020 as 22h36

Luverdense

Ídolo da torcida, Zé Roberto deixa comando técnico do Luverdense com retrospecto negativo

A gota d’água foi a derrota acachapante para o Poconé, na casa do adversário. A equipe foi goleada de forma impiedosa, marcando gols de várias formas, até de calcanhar.

11 de Fevereiro de 2020 as 09h22

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO