Esportes

Esperando repetir 2014, Maico Gaúcho quer evitar rebaixamento do Luverdense

Ex-jogador do LEC e atual gerente de futebol da equipe, ele esperar repetir o desempenho de 2014.

Técnico Interino | 17 de Julho de 2018 as 21h 56min
MT Agora - Expresso MT

Em 2014, quando estreou na Série B, o Luverdense viveu momentos de euforia no primeiro turno e de desespero no returno. A equipe chegou a frequentar o G-4 da competição, mas perdeu ritmo na segunda parte do campeonato e beirou a zona de rebaixamento. Sem o técnico Junior Rocha na reta final, a equipe foi dirigida por Maico Gaúcho. Depois de conquistar vitórias importantes em casa e fora de casa, o LEC conseguiu manter distância do Z-4 e terminou em 12º lugar.

Agora, novamente Maico Gaúcho assume o comando técnico da equipe com a tarefa de juntar os cacos e evitar o descenso. Ex-jogador do LEC e atual gerente de futebol da equipe, ele esperar repetir o desempenho de 2014. “Como naquela ocasião obviamente que o nosso objetivo principal era buscar o acesso novamente, mas infelizmente por incompetência nossa, me incluo totalmente dentro disso, a gente não conseguiu e estamos brigando aí agora para permanecer na série C, que também não é de mérito, mas para a realidade que o Luverdense enfrentava nos últimos 4 anos, infelizmente a gente não esperava”, analisou o novo comandante.

Maico disse que o futebol moderno não reserva tempo de lamentação ou comemoração e que o grupo tem que virar a página para cumprir o objetivo principal do momento, que é a manutenção da equipe na Série C. Falando como gerente de futebol, Maico Gaúcho elogiou o ex-treinador e lamentou que a dispensa tenha sido o caminho para que a equipe retome as vitórias na competição nacional. “O Luizinho deu o seu melhor, um cara super profissional, não temos nenhum tipo de reclamação, mas quando as coisas não andam, nos resultados, a gente tem que tomar algum tipo de atitude”, resumiu, assinalando que os pequenos detalhes fizeram a diferença na trajetória, principalmente no segundo turno. Como exemplo, o novo treinador citou que os dois gols na derrota para o Volta Redonda saíram de jogada de bola parada, uma deficiência visível da equipe. “No fechamento do primeiro turno a gente era defesa menos vazada. Em três jogos a gente tomou nove gols”, nas derrotas para Operário-PR, Cuiabá e Botafogo-SP. 

Pra retomar as vitórias, Maico terá pouco tempo pra primeira decisão. No domingo encara o Tupi, penúltimo colocado, mas apenas um ponto atrás do Luverdense. E o novo treinador terá problemas para escalar a equipe. Paulo Renê e Kaique, suspensos, Cleberson Tiarinha e Ariel contundidos são desfalques certos. “É um confronto direto. Vamos tentar tirar desses atletas o que eles ainda não deram, que eu sei que ele tem para dar, e buscar a vitória aqui. Sei que não vai ser fácil, mas também não é nada impossível”, ressaltou, acrescentando que a equipe terá que ter mudança de postura pra conseguir alcançar seu objetivo. “Quero que a equipe brigue pela Série que está jogando. Hoje é a Série C e os atletas não podem se enganar que estão jogando Série A. Depois que sair daqui podem jogar, mas agora é Série C”.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO