Esportes

Luverdense vai com força máxima para enfrentar o rebaixado Joinville

Os dois se enfrentam no próximo domingo (05).

Série C | 31 de Julho de 2018 as 15h 46min
Fonte: Portal Da Cidade | Oliveira Neto

Foto: Portal Da Cidade

A boa notícia para o torcedor de Lucas do Rio Verde é que seu clube de coração, o Luverdense, não corre mais risco de cair para a série D. Isso porque os ainda faltam três partidas para o final do campeonato e os time da área da degola, ou seja os últimos da tabelas, vão ter confronto entre si e a pontuação dos últimos 4 da tabelas está abaixo dos 19 pontos.

Depois que Maico Gaúcho assumiu como treinador, a equipe emplacou duas vitórias, e diga-se de passagem, convincentes. Venceu o Tupi-MG por 3 a 0, e o Bragantino 3 a 1 em casa, e chegou aos 21 pontos, ocupando assim a 5ª colocação do grupo B do brasileirão da série C. 

A notícia é motivadora. O LEC tem ainda até chances de chegar à zona de Classificação. Só precisa vencer as partidas que lhe resta e torcer pelo fracasso do Bragantino que atualmente ocupa a 4ª colocação do grupo com 25 pontos. 

Aliás, por falar nisso, o que será que aconteceu com time vinha capengando e de repente deu essa explosão e se superou com tanta velocidade? Nossa reportagem foi ao Passo das Emas em busca dessa resposta. 

“Primeiro não foi o Maico somente, foi o grupo. A gente conseguiu criar nessas duas partidas o perfil que é preciso ter pra jogar uma série C e dentro das características que os atletas têm, eu montei o sistema de jogo, Encaixei a parte tática a nossa transição defensiva pro setor ofensivo, até chegar no ultimo terço. Nós temos jogadores bastante agressivos, que têm recursos como é o caso do Tiarinha, Lucas Braga, Rubinho e a gente tinha que aproveitar isso. Tira isso deles que a principal dificuldade que a gente vinha tendo dentro da competição. A gente não conseguia chegar com qualidade no ultimo terço. A nossa linha de trás vinha sofrendo muito com gols de bola parada, gols com infiltração. Então eu dei uma sustentação maior com os dois volantes por dentro, liberando nosso laterais, o Itaqui, o Adriano e assim como Paulinho têm muita força, muito pulmão pra correr o jogo todo. A gente não vinha usando eles. Vínhamos trazendo a marcação pro nosso campo. Isso vinha nos tornando um time comum então isso foi um dos agravante que fez com que déssemos a virada nessas duas últimas partidas”, explicou fantasticamente Maico Gaúcho. 

Porém, como diria o velho torcedor Raimundo Cella, “não precisava ser com tanto sofrimento!”. Realmente seu Raimundo, o time acordou um pouco tarde, mas para o Luverdense as coisas nunca foram fáceis e foi devido as dificuldades que o clube é reconhecido nacionalmente com grandes revelações para o futebol nacional. 

Entre outros, o Luverdense revelou um dos grandes talentos do futebol nacional, o volante Cazú que hoje atua no sub-20 do Flamengo/RJ. Isso não é qualquer coisa.

Mas voltando ao desafio da equipe na série C, a próxima partida do Luverdense será contra o Joinville-SC que, matematicamente está rebaixado. 

Para o próximo domingo (05) na partida contra o Joinville Maico Gaúcho vai com força máxima.

“Não temos baixa nenhuma por cartão que já uma coisa boa, poder escolher tranquilamente os atletas. Temos dois retornando do departamento médico que é o Itaqui e o Rafael Silva, que ainda não temos a certeza e até quarta ou quinta-feira vamos saber se eles vão aguentar às sessões de treinamento, porque a intensidade de um jogo é bem maior que a de treino. Mas como nos dois últimos jogos tivemos alguns desfalques e os que entraram foram bem, então a gente tem que dar valor ao elenco todo né? e quem tiver disposição com certeza será bem valorizado e a gente vai estar pronto pra enfrentar o Joinville”, destacou.

O torcedor sempre pergunta: 'será que ainda há chances de classificação?', Maico responde com simplicidade:

“A chance ainda há enquanto houver matemática a gente não desiste né? Eu falei após o jogo que desistir é pros fracos e tenho certeza que dentro do nosso elenco não tem nenhum que hoje abriu mão disso. Tanto que alguns atletas têm propostas de outros clubes e nenhum deles pediu pra sair. Porque acreditam que algo mais possa vir acontecer. Eu acho que o Bragantino vem protelando a classificação e cada vez as pernas vão pesando mais. A gente tem esses dois jogos. Acho que a tabela acabou nos favorecendo. A gente pega o Joinville já rebaixado. Vamos com um respeito enorme mas a gente tem que ir lá buscar o resultado e depois a gente vai observar os jogos adversários, ver o que vai dar pra que se tudo der certo, se Deus quiser na última rodada a gente chegar vivo pra daí sim, se a gente passar de fase aí a coisa complica. Eu acho que a gente vai surpreender muita gente”.

Luverdense e Joinville se enfrentam na Arena Joinville no próximo domingo (05), em jogo válido pela penúltima rodada da fase de grupos. O último duelo será contra o Operário, no Passo das Emas, dia 11 de agosto.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Parcialmente nublado

21º

COTAÇÃO