Esportes

Sem projeto, COT UFMT segue atrasado; entrega deve ser em outubro

Plano inicial do governo de Mato Grosso era terminar a obra em maio deste ano.

Adiado | 11 de Março de 2016 as 05h 00min
MT Agora - Globo Esporte MT

COT UFMT (Foto: Robson Boamorte)

Com obras retomadas em outubro de 2015 após mais de um ano parado, o Centro Oficial de Treinamento da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) segue em ritmo lento e com o prazo se esgotando para o término. A intenção do Governo de Mato Grosso era entregar o empreendimento até maio, mas já admite que tudo só deve ficar pronto em outubro, um mês antes de Cuiabá sediar os Jogos Universitários Brasileiros – JUBs. O COT será o primeiro em Mato Grosso a ter uma pista de atletismo com padrão internacional.

- Estamos com problema com o consórcio responsável. Além disso, há pendências como falta de projetos da obra. Já cobramos para que isso se resolve. Demos mais um mês de prazo aos responsáveis - relatou o secretário Eduardo Chilletto, titular da Secretaria de Cidades.

Desde a retomada da obra, apenas 36,8% do que estava previsto foram executados pelo consórcio. Os projetos restantes estão a cargo da Fundação Uniselva, de responsabilidade da Universidade Federal de Mato Grosso.

- A irregularidade fiscal e trabalhista do consórcio construtor também é outro apontamento feito pelos técnicos da Secid. Até o momento a comprovação necessária não foi apresentada ao Estado, situação que impede o pagamento de valores passivos e de medições futuras - diz uma nota no site do governo.

O governo de Mato Grosso já estuda formas de rescindir o contrato, apesar que isso impactaria ainda mais no atraso da obra. Recentemente, o Ministério Público Federal (MPF) divulgou que apura irregularidades na execução da obra, que começou ainda em 2013. Há indícios de superfaturamento.

A obra

Orçado inicialmente em R$ 15,8 milhões teve alguns aditivos que levaram o valor para quase R$ 25 milhões. A obra do COT UFMT conta com 74% dos serviços executados e é de responsabilidade do Consórcio Campus Universitário, formado pelas empresas Engeglobal e Três Irmãos. Ao todo, o projeto prevê a construção de 5,4 mil metros quadrados. A obra, que teve ordem de serviço assinada em março de 2013, tinha prazo de execução de 300 dias e deveria ter sido finalizado no início do ano de 2014 para utilização durante a Copa do Mundo.

 Idealizado pelo professor José Afonso Portocarrero, o projeto do COT UFMT conta com capacidade para 1,5 mil torcedores, campo de futebol, além de instalação das estruturas de arquitetura, fundações, terraplanagem, drenagem, pavimentação, estrutura metálica, instalações hidrossanitárias, elétricas, telecomunicações, luminotécnica, climatização e ventilação, prevenção e combate a incêndio, paisagismo, gramado e comunicação visual.  

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO