Estado

Acordo anunciado pelo governo é pra ludibriar e desmobilizar movimento, acusa Baitaca

Baitaca pediu que os demais integrantes do movimento e apoiadores dessa mobilização façam o papel das grandes emissoras de TV e desmintam o anunciado acordo

Greve | 24 de Maio de 2018 as 22h 20min
MT Agora - Expresso MT

O acordo anunciado agora a noite pelo Governo Federal de que teve apoio de entidades ligadas ao setor de transporte é apenas uma tentativa de ludibriar e desmobilizar o movimento dos caminhoneiros. Essa é a posição de Gilson Baitaca, um dos porta vozes dos movimentos que envolvem caminhoneiros.

Baitaca está em Brasília e durante todo o dia acompanhou as reuniões e negociações envolvendo o governo federal e as entidades que representam empresas e caminhoneiros autônomos. Em áudio e vídeo gravados e distribuídos nas redes sociais, ele argumenta que o governo tentou, ao longo do dia, desmobilizar o movimento. “Passaram a tarde fazendo discurso, apelando pra o movimento ceder e dar uma trégua. O movimento não cedeu porque tem itens da pauta que não foram atendidos”, explicou.

Os itens a que Baitaca se refere dependem do Congresso Nacional, são a redução do preço dos combustíveis, em especial o óleo diesel, e o projeto 121 de 2017. Os dois são considerados os itens mais importantes da pauta defendida pelo movimento e vão dar sobrevida as empresas e caminhoneiros autônomos. “Não houve nenhum acordo. O governo pegou assinatura de duas ou três entidades e soltou na imprensa que houve um acordo a fim de estabelecer uma trégua. E não houve acordo nenhum porque eu estava o tempo todo junto, eu e mais oito ou dez companheiros, todos aqui gravando áudios e vídeos pra soltar nas redes sociais”, explicou.

Baitaca pediu que os demais integrantes do movimento e apoiadores dessa mobilização façam o papel das grandes emissoras de TV e desmintam o anunciado acordo. “Da nossa parte nós vamos aguardar a votação no Senado. Se não aprovar no Senado não existe trégua e muito menos parar a mobilização. Espero que vocês consigam compartilhar o máximo de vezes possível e que chegue a cada recanto desse país, pra que todos saibam que houve uma armação, esperteza do governo sobre o setor, tentando ludibriar e passar essa mensagem no final da noite pra desmobilizar”, acusou Baitaca.

Outros vídeos de lideres do movimento de outras regiões também estão sendo compartilhados, todos acusando o governo de criar o acordo pra desmobilizar a categoria, esvaziando o movimento.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

25º

COTAÇÃO