Estado

Balanço em MT aponta apreensão de 1 tonelada de peixes em 45 dias de piracema

No mesmo período do ano passado, 268,5 kg foram apreendidos. De acordo com o governo, o total de multas aplicadas ultrapassa R$ 93 mil.

Rios De MT | 20 de Novembro de 2017 as 15h 36min
MT Agora - G1 MT

Fiscalização é feitas nos rios de Mato Grosso (Foto: Sema/Divulgação)

Cerca de 1 tonelada de peixes foi apreendida em Mato Grosso nos 45 primeiros dias do período proibitivo de pesca, segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema). No mesmo período do ano passado, 268,5 kg foram apreendidos. A piracema teve início no dia 1 de outubro e segue até 31 de janeiro 2018. De acordo com o governo, o total de multas aplicadas já ultrapassa R$ 93 mil.

Durante o período de fiscalização, 395 pessoas foram abordadas e orientadas sobre a pesca no período proibitivo; 172 veículos vistoriados, 18 embarcações e 32 mil iscas fiscalizados.

Além disso, autos de infrações envolvendo produtos utilizados durante a pesca como rede, tarrafa, barco, varas, molinetes, entre outros.

Durante a piracema, só será permitida a modalidade de pesca de subsistência, praticada artesanalmente por populações ribeirinhas e/ou tradicionais, como garantia de alimentação familiar.

Piracema

Segundo o Conselho Estadual da Pesca (Cepesca) a piracema coincide com a estação das chuvas, quando os peixes migratórios se deslocam rumo à cabeceira dos rios, em busca de alimentos e condições adequadas para o desenvolvimento das larvas e dos ovos.

A desova também pode ocorrer após grandes chuvas, com o aumento do nível da água nos rios, que ficam oxigenadas e turvas. Quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO