Câmara abre CPI para apurar dívida da Sanecap

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Cuiabá decidiu nesta terça-feira (7), pela abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a dívida de R$ 119 milhões que a Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) acumula com a Ce

08/02/2012 - 10:33:12

   

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Cuiabá decidiu nesta terça-feira (7), pela abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a dívida de R$ 119 milhões que a Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) acumula com a Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat), há mais de 10 anos.

A apresentação da proposta de investigação partiu do presidente do Legislativo, Júlio Pinheiro (PTB), que acredita haver um desvio de cerca de R$ 69 milhões diante desta dívida integral, sendo de apenas R$ 50 milhões o real débito em contas de energia elétrica. 

O presidente da Casa acredita que o valor cobrado pela Cemat está acima do praticado no mercado e acusa a concessionária de cobrança abusiva de até quatro horas por dia, o que resulta nos altos valores.

“Não abrimos anteriormente a CPI, porque naquele momento tinha o embate entre a rede Cemat e a prefeitura e poderiam entender como retaliação. Por isso, atendendo ao pedido da própria rede Cemat, a Câmara Municipal de Cuiabá aprovou por unanimidade a abertura da CPI da Cemat”, disse Júlio se referindo ao processo de concessão da Sanecap, que foi palco de disputa judicial entre o órgão e a Cemat.

De acordo com o presidente será realizada uma “grande auditoria” para verificar a real dívida da empresa, porque segundo seus cálculos pessoais, “alguém pegou R$ 50 milhões”. “Temos que verificar a conivência do município e a posição da Rede Cemat, pois há dois lados que se uniram fortemente para lesar o erário público e lesar o cidadão cuiabano, tanto por parte do Executivo quanto da Cemat”, afirmou.

A mesma opinião é defendida pelo vereador Clovito Hugueney (PTB), que afirmou haver irregularidades nas contas em questão. “Tem gente que pegou dinheiro do Executivo. Claramente tem coisa errada e temos que investigar”.

Ex-prefeitos

Júlio explicou que os ex-prefeitos Roberto França e Wilson Santos deverão ser convocados para prestar esclarecimentos, já que a dívida é referente ao período em que ambos estiveram à frente da prefeitura. O vereador questiona a assinatura de Wilson em um documento que reconhecia a dívida. 

“Particularmente se devesse um centavo eu saberia o porquê, só não entendo a prefeitura assinar um documento sem antes realizar uma auditoria para só depois reconhecer a dívida. Não entendo como uma empresa como a Sanecap que tem 10 anos de vida, pode acumular uma dívida de R$ 119 milhões. Estranhamente esta dívida foi ajuizada em 2007 quando já somava uma dívida de R$ 68 milhões e passados cinco anos, realiza o pagamento de R$ 9 milhões e mesmo assim a dívida salta par ao valor atual”, afirmou. 

Outro lado

A Cemat possui um sistema de cobrança diferenciado para empresas de grande porte, como é o caso da Sanecap, indústrias e hospitais de todo o Estado, que exigem fornecimento de energia de alta tensão. Neste Grupo A, diferente do que ocorre com consumidores que integram o Grupo B – casas -, o valor cobrado no horário definido como “de pico”, das 18h às 21h é superior o que justificaria a dívida com o órgão.

Porém, está em andamento um estudo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para que até 2013, esta cobrança seja unificada, passando a ser padrão para os dois grupos.

CPI da Sanecap ou da Cemat?

Clovito chegou a anunciar que não assinaria o documento que dava abertura a CPI por conta do nome da comissão, denominada como “CPI da Cemat”. Segundo ele, não se pode abrir uma CPI para apurar irregularidades numa empresa privada, sendo correto, portanto, que a comissão mudasse o nome para CPI da Sanecap.

“Consultei um jurista e ele me informou que investigar uma empresa privada por meio de uma CPI é ilegal, e que a comissão pode ser facilmente cancelada com um mandado de segurança. Vamos investigar as contas de energia da Sanecap e não a Cemat”, defendeu ele, que após conversa com o presidente da casa, se convenceu de que a investigação deverá girar em torno justamente das contas da Sanecap e não especificamente sobre a Cemat. 

Com informações do Mato Grosso Notícias

Mais Noticias

Levantamento

BR-163: Trecho sob concessão registra queda de 30% nas mortes de motociclistas

Acidente

Homem é atingido por raio enquanto pilotava moto na chuva e morre em fazenda em MT

Balanço Epidemiológico

Mato Grosso tem 42 casos suspeitos de influenza e 8 mortes, diz secretaria

Saúde

Oferta de leitos de UTI em Mato Grosso cresce 73% entre 2015 e 2017

11/04/2018 -

Prefeito de Querência (MT) atropela anta e carro sai da pista na BR-070

Fernando Gorgen (PSB) e outros dois passageiros seguiam pela BR-070 no momento do acidente. Segundo a assessoria, ninguém ficou ferido.

11/04/2018 -

Duas carretas se envolvem em colisão na BR-163 em Sinop

Nos dois casos as causas e responsabilidades do acidente serão apuradas.

11/04/2018 -

Sinfra debate pavimentação de rota que vai reduzir em 370 km escoamento da safra

Com a pavimentação da rodovia, o escoamento da produção poderá ser feito de forma direta pela MT-140, economizando assim uma rota de 370 quilômetros de distância.

11/04/2018 -

Idoso morre afogado após escorregar em barranco e cair em rio em MT, diz polícia

Salvador Leandro Duarte, de 68 anos, estava embriagado quando se escorregou e caiu no Rio Araguaia em Araguaiana.

09/04/2018 -

Homem morre após cair dentro de bueiro sem tampa em Sinop (MT)

Suspeita é de que Celeste Lemes tenha morrido afogado depois de cair em bueiro. No entanto, perícia ainda deve apontar causas da morte.

09/04/2018 -

Após denúncia, fiscalização aponta irregularidades e interdita balanças de aeroporto de MT

Três das 20 balanças do Aeroporto Marechal Rondon apresentaram falhas. Uma delas apontou erro de pesagem de 2kg acima do permitido, em desfavor do consumidor.

09/04/2018 -

Motociclista é atingido por ônibus ao seguir na contramão e morre em Rondonópolis (MT)

Motociclista estava com uma mulher na garupa e invadiu a contramão na rua. Moradores dizem que é comum esse tipo de infração nessa região.

09/04/2018 -

Mais de 200 motoristas são flagrados furando pedágio em rodovia de MT

Em 2017, quase 2 mil motoristas furaram o pedágio na MT-130. Concessionária diz que em 6 anos deixou de lucrar mais de R$ 500 mil com as evasões.

09/04/2018 -

Mercearia onde assaltante foi morto durante tentativa de roubo em Cuiabá é incendiada

Na semana passada, dono de mercearia reagiu a um assalto e atirou em jovem de 28 anos, que morreu. Segundo a polícia, a suspeita é de que o incêndio tenha sido motivado por vingança.

09/04/2018 -

Vândalos derrubam dois radares eletrônicos na BR-163 em Sinop (MT)

Desde o início do ano, mais de 6 equipamentos foram depredados no mesmo trecho administrado por concessionária.

09/04/2018 -

Enfrentamento da hanseníase em Mato Grosso é prioridade de governo

Com a intensificação de busca ativa e de mutirões de diagnóstico, o governo do Estado e os municípios detectaram 3.426 casos novos da doença em 2017

05/04/2018 -

Creche é fechada após forro desabar por infestação de pombos em Cuiabá

Na segunda-feira (2), parte do teto da despensa da creche desabou por não suportar a quantidade de fezes e ninhos no local.

05/04/2018 -

Motorista de carreta estava bêbado e provocou acidente que matou casal e filha de 4 anos em MT, diz laudo

Acidente na BR-163 matou Lucas Buffon, Poliana de Lara e a filha deles. Motorista de carreta mentiu em depoimento dizendo que carro da família havia invadido a pista dele.

05/04/2018 -

Mais dois radares de fiscalização eletrônica na BR-163 são derrubados em Sinop

Os aparelhos, localizados nos quilômetros 823 e 824, nas proximidades do bairro Alto da Glória, foram encontrados danificados, esta manhã.

05/04/2018 -

Samu abre processo seletivo com 90 vagas em Mato Grosso

Vagas são para enfermeiros, técnicos de enfermagem, motorista de ambulância, auxiliar administrativo e assistente administrativo.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora