Caminhões parados em rodovia no PA causam prejuízo a transportadoras de MT e atrasam escoamento da produção

Caminhoneiros passam até 125 horas retidos em rodovia, segundo o Dnit. Chuvas em trecho em obras na serra dificultam passagens de veículos de carga.

05/02/2018 - 22:06:57

   

Caminhões estão sendo puxados por máquinas na BR-163 para chegarem aos portos do Pará (Foto: João Miranda/Arquivo pessoal)

Transportadoras das regiões médio-norte e norte de Mato Grosso contabilizam um prejuízo diário de R$ 9 milhões após caminhoneiros que seguem para os portos do Pará passarem dias parados na BR-163. Pelo menos mil veículos carregados, em sua maioria, com soja, enfrentam dificuldades em um trecho não pavimentado da rodovia, na subida da serra do município de Moraes Almeida (PA).

Nesta segunda-feira (5), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou, por meio de nota, que os caminhões estão sendo retidos em Novo Progresso por pelo menos 125 horas, a fim de evitar acúmulo de veículos em Moraes Almeida, onde o tempo de parada é estimado em 9 horas.

“A fila de caminhões em Novo Progresso está sendo liberada gradativamente. Mesmo com o clima seco, a pista continua escorregadia, o que dificulta a tração dos caminhões nos trechos em aclives”, diz trecho da nota.

Segundo Geison Tanchela, gerente de uma transportadora, o prejuízo no faturamento é resultado dos dias a mais de viagem, uma vez que, normalmente, o tempo médio para fazer o transporte dos grãos de Mato Grosso aos portos do Pará – Miritituba e Santarém – é de cinco dias.

“Hoje são mil caminhões parados a um custo de frete de R$ 220 por tonelada, fechando a conta de algo em torno R$ 9 milhões por dia a todas as transportadoras que transportam os grãos para esses dois portos”, disse.

Dificuldades na estrada
O caminhoneiro João Carlos Miranda, de 42 anos, mora em Guarantã do Norte, a 721 km de Cuiabá, e percorre semanalmente o trecho até os portos, há um ano e meio. Na última semana, ele passou quatro dias parados na rodovia e conta que, apesar de ter alguns pontos de estrada “lisa”, o que deixa a pista escorregadia, o pior trecho é a serra de Moraes Almeida.

“Eu só consegui passar quando a chuva deu uma trégua. A parte crítica tem uns 100 metros só, mas estavam precisando usar duas patrolas e um trator para puxar os caminhões, porque é uma subida e, com a obra sendo feita no local e as chuvas, fica difícil passar com o veículo carregado”, disse.

De acordo com Miranda, os caminhoneiros ficam sem banheiro, água ou comida na região, contando com a ajuda de fazendeiros e sitiantes que cedem alimento e água potável na entrada das fazendas.

No domingo (4), conforme o caminhoneiro, alguns motoristas chegaram a bloquear a rodovia, em protesto pela situação. O bloqueio não foi confirmado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) até a publicação desta matéria.

“Eu estou com o caminhão carregado de novo, mas não vou sair daqui para ficar parado na estrada. Só saio quando arrumarem a situação”, afirmou.

Mais prejuízos
Conforme o gerente Geison Tanchela, os dias de espera na estrada prejudicam, ainda, a qualidade dos grãos transportados, além de atrasarem o escoamento da produção.

“Os caminhões são projetados para o transporte dos grãos, para serem usados como armazéns, eles não têm um sistema para cuidar da produção. Esses grãos novos, da safra de 2018, podem sofrer um processo de avaria devido ao grande índice de umidade, o que só vai ser mensurado quando a carga for descarregada”, avaliou.

O custo de manutenção dos veículos também aumenta, uma vez que os caminhões acabam apresentado prejuízos mecânicos após serem forçados e arrastados por máquinas para se moverem na estrada.

Ele afirma que, apesar dos prejuízos causados, a viagem até os portos do Pará ainda são mais baratas do que o transporte da produção para o porto de Santos (SP).

“Mesmo com a situação da rodovia, cujos problemas são recorrentes, ainda se paga menos. Em vista da logística e do custo do transporte, é muito mais viável optar pelos portos do Pará”, afirmou.

MT Agora - Lislaine dos Anjos | G1

Mais Noticias

Efeito da Manifestação

Voos com destino a aeroporto em MT são cancelados por falta de combustível, diz prefeitura

Manifestação

Ato cívico marca quinto dia de manifesto de caminhoneiros contra aumento de combustíveis

Bloqueio

Cargas de milho e combustível são escoltadas pela PRF e passam por bloqueios em MT

Paralização

Servidores penitenciários de MT fazem paralisação por três dias e visitas são suspensas

24/05/2018 -

Acordo anunciado pelo governo é pra ludibriar e desmobilizar movimento, acusa Baitaca

Baitaca pediu que os demais integrantes do movimento e apoiadores dessa mobilização façam o papel das grandes emissoras de TV e desmintam o anunciado acordo

24/05/2018 -

Consumidores devem denunciar preços abusivos de combustível em MT durante greve dos caminhoneiros, orienta Procon

Gerente de Fiscalização do Procon afirma que preços não podem subir por causa da greve. Autarquia informou que foi aberta uma investigação preliminar para apurar o caso.

24/05/2018 -

Secretaria de Segurança de MT adota medidas de racionamento de combustível e suspende parcialmente viagens

Sesp afirma que foram determinadas as suspensões de viagens e uso de veículos para expediente da secretaria, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, PM e Politec e que a prioridade é a atividade operacional.

24/05/2018 -

Representante de caminhoneiros em MT diz que greve não se resume à redução do diesel e cita outras reivindicações

Valor cobrado por eixos erguidos em pedágios e aprovação de projeto de lei que determina valor mínimo para fretes no país também estão na pauta. Greve os caminhoneiros completa quatro dias nesta quinta-feira (24).

24/05/2018 -

Protesto de caminhoneiros já causa reflexos em MT

Em Mato Grosso, o protesto se intensificou ao atingir 15 pontos de BRs, como a 163, 364 e 070.

24/05/2018 -

Operação da Anatel mira distribuição de produtos piratas em MT e em mais 6 estados

Fiscalização ocorre desde o início da manhã e tem como alvo 15 empresas distribuidoras de equipamentos de telecomunicações.

24/05/2018 -

Anunciada redução de 10% no diesel para tentar acabar com protesto de caminhoneiros

Milhares de carretas carregadas com combustível, alimentos, materiais para construção, gás de cozinha, grãos e diversos outros produtos estão paradas nas rodovias.

24/05/2018 -

Greve dos caminhoneiros afeta transporte escolar por falta de combustível e chegada de frota a concessionárias em MT

Com estoque de combustível acabando nos postos, a prefeitura do município decidiu suspender nesta quarta-feira (23) o transporte de parte dos alunos.

24/05/2018 -

Motoristas de aplicativo de transporte fazem manifestação e se juntam a caminhoneiros em paralisação em MT

Motoristas se juntaram a caminhoneiros que protestam contra o preço do combustível na BR-364, em Cuiabá. Eles fizeram carreta e buzinaço na cidade.

15/05/2018 -

Mulher que morreu negociou plásticas por rede social e CRM-MT faz alerta para cirurgias a preços baixos

Amigo de Edléia Daniele Ferreira Lira, de 33 anos, que morreu depois de fazer lipoaspiração e mamoplastia, disse que ela pagou R$ 50 para participar de grupo em rede social e tratar dos detalhes das cirurgias.

14/05/2018 -

Governo do Estado apresenta balanço das 13 edições da Caravana da Transformação

Desde o seu início, em 2016, o programa realizou mais de 61 mil cirurgias e atendeu mais de 330 mil pessoas em todo o estado.

14/05/2018 -

Em quatro meses, quase 50 agências bancárias foram alvos de ataques em MT

Polícia Civil tem realizado operações no estado contra assaltantes de bancos. Segundo a polícia, são poucas as ocorrências em que os bandidos conseguem levar o dinheiro.

10/05/2018 -

Maior aeroporto de MT está entre os 14 do país com mais reclamações de preços altos na venda de alimentos

A informação consta numa pesquisa realizada pela Secretaria Nacional de Aviação Civil. Notas dadas pelos próprios passageiros variam entre zero e cinco pontos.

09/05/2018 -

Fraudes em 93 seguros-desemprego são identificadas em MT e Ministério do Trabalho bloqueia R$ 463 mil que seriam pagos

Maioria dos casos foram registrados em Cuiabá, Rondonópolis e Barra do Garças. Segundo o órgão, sistema Antifraude já gerou economia de quase RS 1 bilhão aos cofres públicos.

07/05/2018 -

Venda de carros novos em MT no mês de abril cresce o dobro da média nacional

Aumento foi de 4,20% no Brasil, de acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Em abril, foram emplacados 8.053 veículos no estado.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora