Estado

Cargas de milho e combustível são escoltadas pela PRF e passam por bloqueios em MT

Segundo a polícia, escolta deve continuar sendo feita em caso de caminhões com insumos e cargas perecíveis. Veículos de passeio, ônibus, motocicletas têm tráfego liberado.

Bloqueio | 25 de Maio de 2018 as 10h 26min
MT Agora - G1

Caminhoneiros fazem bloqueio em diversos pontos de estradas federais e estaduais em Mato Grosso, desde segunda-feira (21) (Foto: TV Centro América)

Caminhões carregados com milho, ração e combustível foram escoltados por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para passarem pelos bloqueios feitos pelos caminhoneiros em greve em todo o país. Nesta sexta-feira (25), pelo menos 28 pontos das rodovias federais e estaduais do estado seguem bloqueados.

Segundo a PRF, as escoltas foram feitas na quarta-feira (23) e na quinta-feira (24), por determinação da Superintendência Regional.

Ao todo, sete carretas carregadas com milho foram escoltadas por uma viatura da PRF por cerca de 15 km na BR-163, em Diamantino, a 209 km de Cuiabá. A carga tinha como destino criadouros de aves e suínos.

Já na BR-364, em Cuiabá, os policiais deram apoio a três caminhões com combustível para aviação que precisavam seguir até o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana da capital.

Segundo a PRF, as escoltas devem continuar a ser realizadas, principalmente para os veículos com cargas de insumos para tratamento de água, remédios, produtos perecíveis, ração animal e combustíveis.

Durante a passagem pelos pontos de manifestação, as equipes têm determinando a retirada dos veículos da pista de rolamento, o que, de acordo com a polícia, tem sido atendido de modo pacífico pelos caminhoneiros em diversos pontos de concentração.

Veículos de passeio, ônibus, motocicletas e os com cargas perecíveis e vivas têm o tráfego liberado nos pontos de concentração dos manifestantes, segundo a PRF.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

25º

COTAÇÃO