Recadastramento

Cerca de 40% dos servidores estaduais ainda não se recadastraram

Do total que ainda falta, cerca de 11 mil sequer iniciaram o recadastramento, enquanto aproximadamente 7 mil não concluíram e 1.500 ainda não foram validados pela chefia imediata.

01 de Setembro de 2017 as 20h 00min

Faltando menos de um mês para o término do recadastramento dos servidores públicos do Estado de Mato Grosso, que termina dia 29 de setembro, ainda não concluíram o processo cerca de 40% dos 48.374 servidores aptos a realizarem a atualização cadastral este ano.

A informação é do balanço parcial do recadastramento dos servidores efetivos, comissionados e empregados públicos do Estado de Mato Grosso de 2017, divulgado neta sexta-feira (01.09) pela Secretaria de Estado de Gestão (Seges), por meio da Gerência de Indicadores de Pessoal.

Alguns órgãos, como a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Inovação (Seciteci), e Secretaria de Estado de Saúde (SES) ainda têm mais de 50% de seus servidores sem concluir a atualização cadastral.

Do total que ainda falta, cerca de 11 mil sequer iniciaram o recadastramento, enquanto aproximadamente 7 mil não concluíram e 1.500 ainda não foram validados pela chefia imediata.

Estão dispensados do procedimento apenas servidores contratados, aposentados e aqueles que entraram em exercício a partir de primeiro de julho deste ano e que se aposentarem durante o período de recadastramento.

Em 2017, o processo foi modernizado, sendo feito pela primeira vez de modo 100% online, sem impressão de papel.

Penalidades

A Seges alerta a todos que este ano, além da suspensão dos salários, também será aberto um Processo Administrativo Disciplinarem desfavor do servidor que não atualizar suas informações cadastrais.

Além disso, o servidor inadimplente terá que instaurar um processo de regularização contendo requerimento padrão preenchido, comprovante de conclusão da atualização cadastral extemporânea, que deverá ser impresso ao final da atualização via internet, e cópia das três ultimas folhas de frequência.

No ano passado, 1.122 servidores deixaram de realizar a atualização cadastral e tiveram os salários bloqueados até a regularização. Portanto, é de suma importância que o servidor faça o seu recadastramento para evitar inconvenientes.

Como funciona

O link para realizar o recadastramento está disponível no site da Seges. O servidor preencherá o formulário online e após a conclusão do recadastramento, a chefia imediata receberá uma mensagem por e-mail para atestar com um clique, em tempo real, a atualização cadastral no sistema.

Após esta primeira etapa, o servidor receberá um link de confirmação por e-mail, pelo qual deve concluir o processo.

MT Agora - Seges-MT

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO