Cirurgias oftalmológicas devolvem qualidade de vida e promovem reinserção social

Em 13 minutos, a aposentada Nair Rodrigues Baum, 79 anos, moradora de Campo Verde, foi operada

11/12/2017 - 07:36:29

   

A longa espera de 10 anos por cirurgias de catarata nos dois olhos chegou ao fim nesse fim de semana para a aposentada Iraci da Silva Viana, moradora da comunidade São Francisco, em Rondonópolis. Iraci é uma das milhares de pessoas atendidas na Caravana da Transformação, realizada pelo Governo do Estado em Rondonópolis e que atende a moradores de 19 municípios da região Sul.

Para o ano que vem, a aposentada faz planos de voltar a estudar o ensino supletivo que teve de interromper por não conseguir enxergar. “A esperança voltou a ser luz para os meus olhos. O atendimento que recebi dos profissionais foi dez. É sinal que ainda tem uns que olham pra gente”, relatou Iraci Viana.

Em 13 minutos, a aposentada Nair Rodrigues Baum, 79 anos, moradora de Campo Verde, foi operada. O tempo recorde foi cronometrado pela filha dela, Ana, que disse estar maravilhada com a qualidade e rapidez do atendimento. Para Nair, voltar a enxergar foi o melhor presente de natal que já ganhou.

“Somos quatro filhos e já estávamos planejando custear a cirurgia em clínica particular. Chegamos a fazer o orçamento em Cuiabá; a operação em dois olhos custaria mais de oito mil reais, fora a consulta que custaria quatrocentos e oitenta reais. Quando soubemos da chegada da Caravana, corremos para agendar a nossa mãe. Na sexta-feira chegamos para a consulta e já ficamos sabendo que no mesmo dia ela seria operada. Ficamos surpresos com a agilidade do serviço, não imaginávamos que era desse jeito”, destacou Ana Baum.

Esses relatos são comuns entre os pacientes atendidos pela Caravana da Transformação. 

“Esses resultados representam efetivamente a grande transformação social na vida dessas pessoas que há décadas foram privadas de terem uma vida social e familiar normal, por não enxergar. A ação tem promovido a integração dessas pessoas à sociedade e melhorado o convívio familiar. Somente a sociedade pode avaliar a importância da Caravana", destacou Wagner Simplício, assessor especial do Gabinete Coletivo da Secretaria de Estado de Saúde. 

A avaliação técnica relativa aos números de atendimentos na saúde é surpreendente e incontestável. De acordo com Simplício, a décima primeira edição da Caravana na região de Rondonópolis é a maior de todas e com uma dimensão social gigantesca. 

Do dia 3 até o dia 9, ou seja, em uma semana, haviam sido realizados mais de 38 mil procedimentos de saúde (consultas, exames e cirurgias). “Os números demonstram que o governo, quando decidiu pelo projeto da Caravana, conhecia a necessidade desses cidadãos que estavam na lista de espera pela cirurgia oftalmológica; uma realidade social que não poderia e nem pode ser ignorada por um gestor público”, destaca o representante da SES.

 A Caravana da Transformação tem como foco principal a saúde pública e gratuita ao cidadão. O investimento é 100% feito com recurso da receita própria do Estado. Além do investimento financeiro, o governo investe também com a parte técnica. Todos os procedimentos são criteriosamente analisados, avaliados e aprovados por técnicos da Vigilância em Saúde da SES/MT. O setor de regulação do SUS monitora o agendamento e, após autorizar, cada procedimento é lançado no sistema para fazer o custeio dos serviços de saúde, informou Simplício. 

Nos dias 8 e 9, Wagner Simplício acompanhou a dinâmica de atendimento da empresa 20/20, contratada para realizar os serviços de oftalmologia; conversou com pacientes que aguardavam para cirurgia e os que já haviam sido operados, para avaliar o nível de satisfação; esteve reunido com a equipe técnica da SES/MT para analisar as tarefas de cada área e definir futuras adequações necessárias.

A Superintendente de Vigilância em Saúde, Maria de Lourdes Girardi, também participou da reunião. “Essas avaliações internas são uma rotina para que possamos melhorar cada vez mais a qualidade do serviço prestado à população e garantir segurança à saúde de todos”, afirmou a superintendente.

Na manhã deste sábado, Simplício acompanhou a visita do governador Pedro Taques aos estandes da Caravana e relembrou o esforço político e administrativo do Governo em manter e ampliar serviços para a região sul; destacando, por exemplo, o financiamento não-obrigatório de UTIs no Hospital Filantrópico da Santa Casa de Rondonópolis, mesmo sem habilitação desse serviço por parte do Ministério da Saúde e da própria Secretaria de Estado de Saúde. 

“O Estado não conta com o apoio financeiro federal e mesmo assim custeia com recurso próprio o funcionamento das UTIs, além de pagar 150% a mais pelas diárias de internação do que é previsto na tabela nacional do SUS”, salientou. 

"O governo fecha o ano com uma das maiores caravanas e em um polo aglutinador de grande dimensão populacional, tendo como carro-chefe a saúde 100% pública e gratuita aos moradores da região Sul do Estado. O usuário do Sistema Único de Saúde estadual tem um ganho social que é a qualidade de vida melhor e de reinserção, e esse diferencial não tem como medir, somente quem foi atendido e recuperou a sua visão e os seus familiares podem fazer essa avaliação", concluiu Wagner Simplício.

A equipe técnica da SES/MT permanecerá na Caravana até a finalização dos atendimentos. O cronograma de trabalho prevê cirurgias até o dia 17 de dezembro e os atendimentos de pós-operatório de até trinta dias. 

A rotina diária de trabalho dos servidores da saúde na caravana começa às 5 horas da madrugada e se estende até o último atendimento médico. Após o término da Caravana, o setor de fiscalização de contrato analisará os comprovantes de atendimentos para poder autorizar o pagamento dos serviços realizados pela empresa especializada contratada.

MT Agora - Rose Velasco | SES-MT

Mais Noticias

Coaching

Mato Grosso é destaque na revista Exame por implantar coaching na gestão pública

Acima do Peso

Cuiabá é a capital do Centro-Oeste com mais habitantes acima do peso, diz pesquisa

Frota de Veículos

Frota de veículos em Mato Grosso aumenta quase 60% em quatro anos

Pedágio

Tarifa de pedágio na MT-235 fica mais cara

04/01/2018 -

CGE alerta servidores sobre conhecimento da legislação e deveres funcionais

A principal vertente do Programa de Controle Disciplinar é a prevenção, ou seja, orientar os servidores acerca do que devem e não podem fazer no ambiente de trabalho

04/01/2018 -

Rodovias estaduais registram 12 acidentes sem vítima fatal

O número é menor que o registrado no mesmo período do ano passado, quando houve 15 acidentes.

04/01/2018 -

Governo repassa mais de R$ 2,3 bilhões aos municípios

Valor é referente ao período de janeiro a novembro de 2017 e foi maior que o enviado no mesmo período de 2016 às prefeituras

04/01/2018 -

Serviços essenciais, energia elétrica e saneamento lideraram reclamações no Procon em 2017 em MT

De acordo com o levantamento, divulgado nesta quarta-feira (3), de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2017, o Procon realizou 31.641 atendimentos.

03/01/2018 -

Transportados sem nota fiscal, 290 celulares avaliados em R$ 136 mil são apreendidos

Apreensão ocorreu no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. A empresa responsável deve responder a um Termo de Apreensão e Depósito (TAD).

02/01/2018 -

Mato Grosso terá 21 dias de feriados e pontos facultativos em 2018

Nos órgãos públicos e no Poder Executivo serão 10 pontos facultativos. Os feriados e pontos facultativos não devem afetar a prestação dos serviços considerados essenciais.

02/01/2018 -

PRF registra 2 mortes e redução de 10% de feridos em acidentes no Ano Novo em MT

Foram realizados 606 testes de alcoolemia, 1,5 mil registros de veículos com excesso de velocidade. Ainda, 32 motoristas ou passageiros estavam sem cinto de segurança.

02/01/2018 -

Padre de MT causa polêmica após postar foto com arma em rede social

Thiago Bruno publicou a imagem no WhatsApp Status e causou polêmica nas redes sociais. Um amigo dele gravou um vídeo alegando que a arma é objeto de decoração.

28/12/2017 -

Número de colisões frontais reduz 28% na BR-163

Quantidade de mortos caiu 42,5% em 2017, em relação a 2016

21/12/2017 -

Fluxo de veículos leves aumenta 65% na BR-163

Maior movimento durante o feriado prolongado é previsto para esta sexta-feira (22)

18/12/2017 -

Sefaz realiza Plantão Fiscal na região norte

Para ficar em dia com as obrigações fiscais, os devedores devem renegociar suas dívidas e efetuar, em janeiro de 2018, a solicitação para que ocorra uma nova inclusão como optante do Simples Nacional.

13/12/2017 -

FAB faz operação para resgatar corpos de família que estava em avião que caiu em área de mata em MT

Família decolou de distrito em Colniza em direção à Juara, no sábado (9). Os destroços do avião foram encontrados numa região de mata a 24 km de Juruena.

13/12/2017 -

Professora morre após carro ser esmagado por caminhão em rodovia de MT

Professora de 79 anos morreu no local do acidente, na BR-070, em Barra do Garças. Motorista disse à PRF que a vítima fazia uma ultrapassagem no momento do acidente.

13/12/2017 -

Criança de 3 anos é resgatada a 7 metros de altura ao ficar presa em corrimão de escada rolante em aeroporto em MT

Segundo a PM, o menino foi entregue aos pais sem lesões e ferimentos. Caso foi registrado no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

13/12/2017 -

Professora é internada após ingerir perfume supostamente colocado por aluno em garrafa d'água em MT

Minutos antes, professora tinha chamado a atenção de aluno que estava borrifando perfume em sala de aula, segundo o marido dela. Maria Célia de Oliveira Schoenherr é alérgica a perfume.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora