Saúde

Contratos com empresas de home care são rompidos por falta de pagamento em MT e pacientes ficam sem atendimento

Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que está fazendo uma licitação para contratar empresas para assumir o serviço.

06 de Fevereiro de 2019 as 23h 44min

Serviço de home care está suspenso — Foto: TVCA/ Reprodução

O governo do estado rompeu dois contratos com empresas prestadoras de serviços de home care e os pacientes ficaram sem atendimento. Uma criança de 1 ano que tinha pneumonia esperou pelo serviço durante 6 meses, mas não conseguiu. Há dois meses, ela morreu no Pronto Socorro de Cuiabá com infecção hospitalar.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que está fazendo uma licitação para contratar empresas para assumir o serviço que foi encerrado pela Qualycare e Help Vida.

Enquanto isso, o governo está fazendo contratações emergenciais para atender aos pacientes que não podem esperar, mas a alta demanda pode atrasar o início dos atendimentos.

Atualmente, Mato Grosso tem 84 pacientes que recebem atendimento médico em casa, segundo a SES. A empresa que atendia a maioria deles, a Qualycare, fechou as portas, alegando falta de pagamento.

A empresa informou que tem R$ 8 milhões para receber do governo.

A ex-mulher de um paciente atendido pelo serviço de home care e que está na cama há 11 anos, desde que sofreu um acidente de carro no fim de 2007, disse que ele está sem atendimento há duas semanas. O paciente teve fraturas na coluna e lesões na medula e, desde então, depende de atendimento de enfermagem 24 horas. O atendimento domiciliar tinha sido obtido por meio da Justiça há três anos.

Rosi Almeida é quem está cuidando dele. Ela disse que os remédios e o material para os curativos já estão acabando. Além disso, a aposentadoria de um salário-mínimo que ele recebe não dá para comprar as sondas que ele precisa usar todos os dias.

“Ele tem que tomar remédios controlados e estar sempre acompanhado, pois ele tem convulsões. É necessário que uma enfermeira esteja sempre ao lado dele, mas isso foi suspenso”, disse.

O presidente da Associação das Famílias de Homecare, Clebson Santos, ressaltou que os pacientes que dependem do serviço não podem voltar aos hospitais, pois correm risco de pegar uma infecção hospitalar.

“Com esses pacientes voltando ao hospital eles correm risco eminente de morte, pois a imunidade deles é baixa. Eles não têm condições de ficar no hospital”, afirmou.

Na semana passada, uma vistoria do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) encontrou problemas em 17 unidades hospitalares do estado. Entre eles, medicamentos vencidos e material esterilizado guardado perto do lixo contaminado.

“As bactérias dos ambientes hospitalares são mais agressivas do que as que estão presentes em casa”, disse a médica infectologista Daniene de Assis.

Help Vida nega rompimento de contrato

Por meio de nota, a empresa Help Vida garante que o atendimento continua sendo feito normalmente.

"A empresa em nenhum momento rompeu seu contrato de prestação de serviços com o Estado, tendo prestado de forma ininterrupta serviços de home care nos últimos 6 anos e chegou a ter sob sua responsabilidade 55 pacientes dentre os quais 33 de Alta Complexidade com Ventilação Mecânica;

Que apesar de todas as dificuldades financeiras impostas pela SES/MT no governo anterior, a empresa nunca abandonou seus pacientes e continua a mantê-los em suas residências de forma estável;

O último contrato assinado com o Estado se encerrou em 10/12/2018, contudo a empresa continua prestando o serviço regularmente a seus pacientes sem qualquer intercorrência.

Dia 04/02/2019 a empresa sagrou-se vencedora do Pregão 048/2019 (Lotes 1 e 3) e continuará prestando serviços para as cidades de Cuiabá, Várzea Grande e agora Tangará da Serra, passando a atender um total de 77 pacientes.

Que o paciente retratado pela reportagem nunca foi paciente da Help Vida e é residente de cidade que não é atendida pela empresa".


Fonte: Ricardo Mello | TV Centro América

COMENTARIOS

Mais de Estado

Conflitos Mortais

Conflitos no campo aumentam em MT e fazem 28 mil vítimas em 2018, aponta CTP

Relatório mostra dados de famílias despejadas, vítimas de pistolagem, conflitos por terra indígena, sem-terra envolvidos em conflitos e outros.

24 de Abril de 2019 as 09h20

Paralização

Professores da Unemat paralisam atividades nesta quarta-feira

A previsão é que professores de todos os campus paralisem as atividades durante os três turnos, retomando às atividades na quinta-feira

23 de Abril de 2019 as 21h40

Sem títulos

Agricultores têm dificuldades para criar peixes em viveiros construídos há 15 anos por falta de títulos das terras

Cinturão Verde, em Cuiabá, já foi considerado polo de piscicultura do estado. A produção no local pode chegar a 300 toneladas de pescado por ano.

23 de Abril de 2019 as 10h26

Reajuste

Reajuste no diesel chega às bombas e deixa caminhoneiros de MT preocupados

O aumento anunciado pelo governo federal foi de 4,8%. Caminhoneiros dizem que 70% do valor do frete é gasto com combustível e, além disso, tem os custos com manutenção, pedágio, e outras despesas.

23 de Abril de 2019 as 10h25

Abertura Oficial

Governo integra cerimônia de lançamento da 17ª Campanha de Vacinação das Américas

Em Mato Grosso, o principal objetivo é imunizar 847.137 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários.

22 de Abril de 2019 as 19h54

Cáceres

Reeducandos constroem cidade cenográfica da Paixão de Cristo

O evento reuniu aproximadamente três mil pessoas e teve um espaço construído especialmente para contar a história da paixão e morte de Jesus, com 85 metros de cenário, 150 atores, em uma hora e meia de duração

22 de Abril de 2019 as 19h51

Recuperação Judicial

Procon estadual alerta consumidores que compraram passagens com a Avianca

Segundo Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), 18 aeronaves da companhia serão gradualmente retiradas de operação esta semana.

22 de Abril de 2019 as 19h50

Páscoa Social

Crianças e adultos em vulnerabilidade recebem ovos de páscoa

Ação foi coordenada pela primeira-dama Virginia Mendes

20 de Abril de 2019 as 11h14

Atendimento Médico

Médica é afastada no 1º dia de trabalho, após atender jovem com perfuração no pulmão em UPA e mandá-lo para casa

Paciente foi levado novamente à unidade de saúde e outro médico diagnosticou a perfuração. Jovem continua internado e, segundo a família, estado de saúde é grave.

19 de Abril de 2019 as 10h11

Atividades Práticas

Jornalistas vivenciam atividades práticas do Corpo de Bombeiros

Nove profissionais da imprensa participaram neste sábado (13), no período da manhã e da tarde, do cotidiano dos bombeiros no combate a incêndios, resgate e salvamentos.

15 de Abril de 2019 as 09h37

Acidente Fatal

Colisão frontal mata um e deixa dois em estado grave no Nortão

A colisão frontal ocorreu ontem à noite, no quilômetro 1.035 da BR-163, em Matupá.

14 de Abril de 2019 as 18h35

Piracema

Período da piracema será entre outubro de 2019 e janeiro de 2020 em MT

MT é o 1º estado a definir o período de defeso com base em critérios científicos.

13 de Abril de 2019 as 19h27

Troca de Radares

Concessionária conclui troca de radares na BR-163 entre Sinop e Nova Mutum; cinco em funcionamento

A fiscalização de usuários e aplicação de multas é de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Já a concessionária, além de instalar, tem que garantir manutenção e o funcionamento dos equipamentos.

10 de Abril de 2019 as 09h48

Pedagiômetro

Projeto quer 'pedagiômetro' para divulgar valor arrecadado com a cobrança de pedágio em MT

Projeto é de autoria do deputado Sílvio Fávero (PSL) e tramita na Casa de Leis desde o dia 27 de março, quando foi lido aos demais parlamentares.

09 de Abril de 2019 as 19h20

Títulos Cancelados

Mais de 50 mil eleitores de MT que não votaram nas três últimas eleições podem ter o título cancelado

Eleitor que não fizer regularização fica impedido votar, obter passaporte, tomar posse em cargo público, entre outros. Situação individual pode ser consultada através da internet, no site do TRE.

09 de Abril de 2019 as 09h30

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você concorda com a decisão do TRE que cassou o mandato da senadora Selma Arruda?

Sim

Não

Parcial
veja +

COTAÇÃO