CRM-MT suspende registro de médico condenado por 15 estupros e morte

Médico foi condenado por morte de bebê em Porto dos Gaúchos (MT). Ginecologista está preso em RO por abusar pacientes em consultas.

27/03/2017 - 11:42:40

   

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) suspendeu temporariamente o registro profissional do médico ginecologista Pedro Augusto Ramos da Silva, condenado no ano passado pela Justiça de Rondônia a 130 anos de prisão por abusar sexualmente de 15 pacientes durante exames ginecológicos, naquele estado e, em 2013, pela morte de um bebê, em Porto dos Gaúchos, a 644 km de Cuiabá. Ele está preso desde 2015 e cumpre pena em Ariquemes (RO). O G1 não localizou a defesa do médico.

A presidente do CRM-MT, Mária de Fátima de Carvalho Ferreira, afirmou que a suspensão ocorre em todos os conselhos da categoria onde ele está inscrito. "Se isso não for feito, ele pode pedir o visto provisório. [O registro] fica suspenso em um estado e ele pode atuar em outro", afirmou.

Ela explicou que a conduta dele foi investigada pelo Conselho Regional de Medicina do Acre em um processo ético profissional, aberto em 2012, o qual concluiu que ele foi considerado culpado e recebeu a pena de suspensão do exercício por 30 dias.

A Justiça de Mato Grosso o condenou a dois anos e quatro meses de prisão em regime aberto pelo crime de homicídio culposo pela morte de paciente. A pena, no entanto, foi substituída pelo pagamento de 60 salários mínimos e prestação de serviços comunitários.

Na sentença, o juiz Ricardo Nicolino de Castro, da Vara Única de Porto dos Gaúchos, diz que o médico não agiu como deveria ao ter suspenso o médico receitado corretamente, além de não ter receitado o remédio como deveria, em desacordo com a idade da criança.

Ele foi acusado de negligência, imprudência e imperícia. O juiz ainda considerou a dor causada à família do bebê. "Os pais perderam a filha primogênita, razão pela qual deve pesar em desfavor do réu. A vítima, de apenas dois meses, de modo algum contribuiu à prática do crime, razão pela qual deve sopesar em desfavor do réu", diz trecho da decisão.

A decisão teve como base uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o qual apontou que em dezembro de 2007 e em janeiro de 2008, no Hospital Municipal de Porto dos Gaúchos o médico causou a morte do bebê por não ter observado regra técnica da profissão. Ele foi denunciado pelo crime de homicídio culposo por negligência.

A consulta com ele foi feita depois que a criança já estava sendo medicada com remédios indicados por outro médico. Segundo consta da ação, depois de apresentar febre, o bebê começou a tomar antibiótico, remédio para febre e passou por exames.

No entanto, três dias depois dessa primeira consulta, a mãe retornou ao hospital com a menina, que foi examinada por Pedro Augusto, que suspendeu o antibiótico receitado anteriormente pelo outro médico, não solicitou exames e disse à mãe que a criança não tinha nada.

A mãe retornou ao médico várias vezes, pois o bebê não parava de chorar, e em todas elas o profissional alegava que a menina estava bem, pois estava mamando. Em uma dessas consultas, ele receitou um medicamento não recomendado para menores de 12 anos e pediu um exame. Esse exame de sangue apontou que a criança estava com anemia grave e, então, o médico receitou uma vitamina.

"Mesmo tendo o exame revelado avançado quadro anêmico, disse que a criança estava com um pouquinho de anemia e receitou Rarical, um simples polivitamínico", diz a decisão. Como não vinha avanço no quadro da filha, a mãe a levou a um hospital de uma cidade vizinha e lá foi diagnosticada anemia, novamente. Dois dias depois, a criança faleceu e o laudo da morte indicou sepcemia, decorrente de infecção urinária não tratada adequadamente.

MT Agora - Pollyana Araújo | G1

Mais Noticias

Acidente Fatal

Motociclista morre ao invadir pista contrária e bater em carro na MT-343

Privatização

Audiência pública para discutir concessão do maior aeroporto de MT deve ser realizada na terça (19)

Obra Da Copa 2014

Ao invés de vagões, canteiros do VLT em Cuiabá devem receber plantas ornamentais

Acidente Fatal

Motociclista morre esmagado entre duas carretas que trafegavam no mesmo sentido da BR-163 em MT

15/06/2018 -

Acidente entre carretas mata motorista na BR-163 em MT

O acidente envolve cinco carretas e há interdição total da pista. Os outros três motoristas não tiveram ferimentos.

15/06/2018 -

BRF anuncia encerramento de produção de aves em Campo Verde (MT) e avicultores se preocupam

Dos 76 avicultores do município, 51 trabalham exclusivamente com os aviários. Prejuízo afeta também o município que, segundo a prefeitura, deve ter queda na arrecadação.

15/06/2018 -

Campanha contra a gripe é prorrogada para vacinar mais de 90 mil pessoas em MT

O último levantamento da Secretaria de Estado e Saúde (SES) apontou que Mato Grosso vacinou 85,47% da meta. Com isso, ainda precisavam ser vacinadas 96 mil pessoas.

15/06/2018 -

Cães abandonados em casa doentes e sem comida devem ser colocados para adoção após resgate em MT

Doze cães foram encontrados trancados dentro de uma casa em Cuiabá, na quinta-feira (14). Eles estavam extremamente magros e doentes, segundo a polícia.

15/06/2018 -

Doze cães abandonados dentro de casa trancada são resgatados em Cuiabá

Mulher alugou casa e deixou o local abandonando os animais. Cães serão examinados, levados para um abrigo e, posteriormente, colocados para adoção.

14/06/2018 -

Motorista morre em acidente envolvendo 4 carretas na BR-364 em MT

A identidade da vítima não foi divulgada. Um caminhoneiro teve fratura na perna e foi levado para o PS de Várzea Grande. Os outros envolvidos não tiveram ferimentos.

14/06/2018 -

MT tem 5 casos de suspeita de febre amarela sob investigação no 1º quadrimestre do ano

Os cinco casos de suspeita da doença foram registrados na região Norte do estado. Nessa quarta-feira (13), a Secretaria de Saúde de Primavera do Leste informou que existe um paciente com suspeita de febre amarela no município

14/06/2018 -

Duas pessoas morrem e 5 ficam feridas em acidente de carro na MT-010

Dois carros de passeio bateram de frente e um homem e uma mulher morreram. Uma criança de 3 anos fraturou um braço.

13/06/2018 -

Jovem morre ao sofrer descarga elétrica enquanto cortava árvore com facão em MT

Paulo César dos Santos, de 21 anos, fazia um ''bico'' quando sofreu a descarga elétrica. Segundo a polícia, ele faleceu na hora do incidente.

13/06/2018 -

Acidente mata índio e outro motociclista em Tangará da Serra (MT)

Duas motos bateram de frente e vítimas morrem no local. Acidente ocorreu na MT-358 a 20 km da Cachoeira Salto das Nuvens.

13/06/2018 -

Trechos das BRs 163 e 070 em MT ganham novos radares com velocidade máxima permitida de 60 km/h

Doze radares começam a funcionar a partir desta quinta-feira (14).

13/06/2018 -

Cratera causa acidentes com carros e põe casas em risco de desabamento em MT

Segundo os moradores, crianças, motos e carros já caíram no buraco formado pelas chuvas. Cratera fica na Rua das Garças, no Bairro Jardim das Paineiras, em Rondonópolis.

13/06/2018 -

Mais de 22% das famílias de MT pretendem comprar produtos relacionados à Copa, diz pesquisa

Produtos mais procurados devem ser itens de vestuário masculino, feminino e infantil, seguidos de alimentos e bebidas, TVs, celulares e eletroeletrônicos.

13/06/2018 -

Professores de Nova Ubiratã (MT) paralisam atividade por um dia para cobrar piso salarial

Categoria está em estado de greve e deve decidir sobre o movimento ainda esta semana. Em ofício, a prefeitura informou que não pode atender a solicitação dos professores.

13/06/2018 -

Produtores rurais de MT são autuados pelo Ibama por cultivar soja transgênica em área indígena

As multas aplicadas aos agricultores totalizam mais de R$ 129 milhões. Associações indígenas também foram autuadas e multadas em R$ 5 milhões.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora