CRM-MT suspende registro de médico condenado por 15 estupros e morte

Médico foi condenado por morte de bebê em Porto dos Gaúchos (MT). Ginecologista está preso em RO por abusar pacientes em consultas.

27/03/2017 - 11:42:40

   

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) suspendeu temporariamente o registro profissional do médico ginecologista Pedro Augusto Ramos da Silva, condenado no ano passado pela Justiça de Rondônia a 130 anos de prisão por abusar sexualmente de 15 pacientes durante exames ginecológicos, naquele estado e, em 2013, pela morte de um bebê, em Porto dos Gaúchos, a 644 km de Cuiabá. Ele está preso desde 2015 e cumpre pena em Ariquemes (RO). O G1 não localizou a defesa do médico.

A presidente do CRM-MT, Mária de Fátima de Carvalho Ferreira, afirmou que a suspensão ocorre em todos os conselhos da categoria onde ele está inscrito. "Se isso não for feito, ele pode pedir o visto provisório. [O registro] fica suspenso em um estado e ele pode atuar em outro", afirmou.

Ela explicou que a conduta dele foi investigada pelo Conselho Regional de Medicina do Acre em um processo ético profissional, aberto em 2012, o qual concluiu que ele foi considerado culpado e recebeu a pena de suspensão do exercício por 30 dias.

A Justiça de Mato Grosso o condenou a dois anos e quatro meses de prisão em regime aberto pelo crime de homicídio culposo pela morte de paciente. A pena, no entanto, foi substituída pelo pagamento de 60 salários mínimos e prestação de serviços comunitários.

Na sentença, o juiz Ricardo Nicolino de Castro, da Vara Única de Porto dos Gaúchos, diz que o médico não agiu como deveria ao ter suspenso o médico receitado corretamente, além de não ter receitado o remédio como deveria, em desacordo com a idade da criança.

Ele foi acusado de negligência, imprudência e imperícia. O juiz ainda considerou a dor causada à família do bebê. "Os pais perderam a filha primogênita, razão pela qual deve pesar em desfavor do réu. A vítima, de apenas dois meses, de modo algum contribuiu à prática do crime, razão pela qual deve sopesar em desfavor do réu", diz trecho da decisão.

A decisão teve como base uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o qual apontou que em dezembro de 2007 e em janeiro de 2008, no Hospital Municipal de Porto dos Gaúchos o médico causou a morte do bebê por não ter observado regra técnica da profissão. Ele foi denunciado pelo crime de homicídio culposo por negligência.

A consulta com ele foi feita depois que a criança já estava sendo medicada com remédios indicados por outro médico. Segundo consta da ação, depois de apresentar febre, o bebê começou a tomar antibiótico, remédio para febre e passou por exames.

No entanto, três dias depois dessa primeira consulta, a mãe retornou ao hospital com a menina, que foi examinada por Pedro Augusto, que suspendeu o antibiótico receitado anteriormente pelo outro médico, não solicitou exames e disse à mãe que a criança não tinha nada.

A mãe retornou ao médico várias vezes, pois o bebê não parava de chorar, e em todas elas o profissional alegava que a menina estava bem, pois estava mamando. Em uma dessas consultas, ele receitou um medicamento não recomendado para menores de 12 anos e pediu um exame. Esse exame de sangue apontou que a criança estava com anemia grave e, então, o médico receitou uma vitamina.

"Mesmo tendo o exame revelado avançado quadro anêmico, disse que a criança estava com um pouquinho de anemia e receitou Rarical, um simples polivitamínico", diz a decisão. Como não vinha avanço no quadro da filha, a mãe a levou a um hospital de uma cidade vizinha e lá foi diagnosticada anemia, novamente. Dois dias depois, a criança faleceu e o laudo da morte indicou sepcemia, decorrente de infecção urinária não tratada adequadamente.

MT Agora - Pollyana Araújo | G1

Mais Noticias

Levantamento

BR-163: Trecho sob concessão registra queda de 30% nas mortes de motociclistas

Acidente

Homem é atingido por raio enquanto pilotava moto na chuva e morre em fazenda em MT

Balanço Epidemiológico

Mato Grosso tem 42 casos suspeitos de influenza e 8 mortes, diz secretaria

Saúde

Oferta de leitos de UTI em Mato Grosso cresce 73% entre 2015 e 2017

11/04/2018 -

Prefeito de Querência (MT) atropela anta e carro sai da pista na BR-070

Fernando Gorgen (PSB) e outros dois passageiros seguiam pela BR-070 no momento do acidente. Segundo a assessoria, ninguém ficou ferido.

11/04/2018 -

Duas carretas se envolvem em colisão na BR-163 em Sinop

Nos dois casos as causas e responsabilidades do acidente serão apuradas.

11/04/2018 -

Sinfra debate pavimentação de rota que vai reduzir em 370 km escoamento da safra

Com a pavimentação da rodovia, o escoamento da produção poderá ser feito de forma direta pela MT-140, economizando assim uma rota de 370 quilômetros de distância.

11/04/2018 -

Idoso morre afogado após escorregar em barranco e cair em rio em MT, diz polícia

Salvador Leandro Duarte, de 68 anos, estava embriagado quando se escorregou e caiu no Rio Araguaia em Araguaiana.

09/04/2018 -

Homem morre após cair dentro de bueiro sem tampa em Sinop (MT)

Suspeita é de que Celeste Lemes tenha morrido afogado depois de cair em bueiro. No entanto, perícia ainda deve apontar causas da morte.

09/04/2018 -

Após denúncia, fiscalização aponta irregularidades e interdita balanças de aeroporto de MT

Três das 20 balanças do Aeroporto Marechal Rondon apresentaram falhas. Uma delas apontou erro de pesagem de 2kg acima do permitido, em desfavor do consumidor.

09/04/2018 -

Motociclista é atingido por ônibus ao seguir na contramão e morre em Rondonópolis (MT)

Motociclista estava com uma mulher na garupa e invadiu a contramão na rua. Moradores dizem que é comum esse tipo de infração nessa região.

09/04/2018 -

Mais de 200 motoristas são flagrados furando pedágio em rodovia de MT

Em 2017, quase 2 mil motoristas furaram o pedágio na MT-130. Concessionária diz que em 6 anos deixou de lucrar mais de R$ 500 mil com as evasões.

09/04/2018 -

Mercearia onde assaltante foi morto durante tentativa de roubo em Cuiabá é incendiada

Na semana passada, dono de mercearia reagiu a um assalto e atirou em jovem de 28 anos, que morreu. Segundo a polícia, a suspeita é de que o incêndio tenha sido motivado por vingança.

09/04/2018 -

Vândalos derrubam dois radares eletrônicos na BR-163 em Sinop (MT)

Desde o início do ano, mais de 6 equipamentos foram depredados no mesmo trecho administrado por concessionária.

09/04/2018 -

Enfrentamento da hanseníase em Mato Grosso é prioridade de governo

Com a intensificação de busca ativa e de mutirões de diagnóstico, o governo do Estado e os municípios detectaram 3.426 casos novos da doença em 2017

05/04/2018 -

Creche é fechada após forro desabar por infestação de pombos em Cuiabá

Na segunda-feira (2), parte do teto da despensa da creche desabou por não suportar a quantidade de fezes e ninhos no local.

05/04/2018 -

Motorista de carreta estava bêbado e provocou acidente que matou casal e filha de 4 anos em MT, diz laudo

Acidente na BR-163 matou Lucas Buffon, Poliana de Lara e a filha deles. Motorista de carreta mentiu em depoimento dizendo que carro da família havia invadido a pista dele.

05/04/2018 -

Mais dois radares de fiscalização eletrônica na BR-163 são derrubados em Sinop

Os aparelhos, localizados nos quilômetros 823 e 824, nas proximidades do bairro Alto da Glória, foram encontrados danificados, esta manhã.

05/04/2018 -

Samu abre processo seletivo com 90 vagas em Mato Grosso

Vagas são para enfermeiros, técnicos de enfermagem, motorista de ambulância, auxiliar administrativo e assistente administrativo.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora