CRM-MT suspende registro de médico condenado por 15 estupros e morte

Médico foi condenado por morte de bebê em Porto dos Gaúchos (MT). Ginecologista está preso em RO por abusar pacientes em consultas.

27/03/2017 - 11:42:40

   

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) suspendeu temporariamente o registro profissional do médico ginecologista Pedro Augusto Ramos da Silva, condenado no ano passado pela Justiça de Rondônia a 130 anos de prisão por abusar sexualmente de 15 pacientes durante exames ginecológicos, naquele estado e, em 2013, pela morte de um bebê, em Porto dos Gaúchos, a 644 km de Cuiabá. Ele está preso desde 2015 e cumpre pena em Ariquemes (RO). O G1 não localizou a defesa do médico.

A presidente do CRM-MT, Mária de Fátima de Carvalho Ferreira, afirmou que a suspensão ocorre em todos os conselhos da categoria onde ele está inscrito. "Se isso não for feito, ele pode pedir o visto provisório. [O registro] fica suspenso em um estado e ele pode atuar em outro", afirmou.

Ela explicou que a conduta dele foi investigada pelo Conselho Regional de Medicina do Acre em um processo ético profissional, aberto em 2012, o qual concluiu que ele foi considerado culpado e recebeu a pena de suspensão do exercício por 30 dias.

A Justiça de Mato Grosso o condenou a dois anos e quatro meses de prisão em regime aberto pelo crime de homicídio culposo pela morte de paciente. A pena, no entanto, foi substituída pelo pagamento de 60 salários mínimos e prestação de serviços comunitários.

Na sentença, o juiz Ricardo Nicolino de Castro, da Vara Única de Porto dos Gaúchos, diz que o médico não agiu como deveria ao ter suspenso o médico receitado corretamente, além de não ter receitado o remédio como deveria, em desacordo com a idade da criança.

Ele foi acusado de negligência, imprudência e imperícia. O juiz ainda considerou a dor causada à família do bebê. "Os pais perderam a filha primogênita, razão pela qual deve pesar em desfavor do réu. A vítima, de apenas dois meses, de modo algum contribuiu à prática do crime, razão pela qual deve sopesar em desfavor do réu", diz trecho da decisão.

A decisão teve como base uma denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), o qual apontou que em dezembro de 2007 e em janeiro de 2008, no Hospital Municipal de Porto dos Gaúchos o médico causou a morte do bebê por não ter observado regra técnica da profissão. Ele foi denunciado pelo crime de homicídio culposo por negligência.

A consulta com ele foi feita depois que a criança já estava sendo medicada com remédios indicados por outro médico. Segundo consta da ação, depois de apresentar febre, o bebê começou a tomar antibiótico, remédio para febre e passou por exames.

No entanto, três dias depois dessa primeira consulta, a mãe retornou ao hospital com a menina, que foi examinada por Pedro Augusto, que suspendeu o antibiótico receitado anteriormente pelo outro médico, não solicitou exames e disse à mãe que a criança não tinha nada.

A mãe retornou ao médico várias vezes, pois o bebê não parava de chorar, e em todas elas o profissional alegava que a menina estava bem, pois estava mamando. Em uma dessas consultas, ele receitou um medicamento não recomendado para menores de 12 anos e pediu um exame. Esse exame de sangue apontou que a criança estava com anemia grave e, então, o médico receitou uma vitamina.

"Mesmo tendo o exame revelado avançado quadro anêmico, disse que a criança estava com um pouquinho de anemia e receitou Rarical, um simples polivitamínico", diz a decisão. Como não vinha avanço no quadro da filha, a mãe a levou a um hospital de uma cidade vizinha e lá foi diagnosticada anemia, novamente. Dois dias depois, a criança faleceu e o laudo da morte indicou sepcemia, decorrente de infecção urinária não tratada adequadamente.

MT Agora - Pollyana Araújo | G1

Mais Noticias

Tragédia Familiar

Homem morre em acidente seis dias depois do filho também falecer em Mato Grosso

Dados

MT tem redução no número de divórcios e aumento de casamentos, diz levantamento do IBGE

Manifestação

Manifestantes sem-terra bloqueiam rodovia em MT para cobrar reforma agrária

Concessão

Nova empresa começou a administrar rodoviária de Cuiabá nesta quinta-feira

14/11/2017 -

Programação de obras na BR-163 é mantida durante feriado

O cronograma elaborado pela Rota do Oeste prevê quatro frentes de trabalho durante o dia e um no período noturno, abrangendo trechos de cinco municípios.

14/11/2017 -

Criança é transferida após fechamento de UTI pediátrica da Santa Casa de Rondonópolis (MT) por falta de dinheiro

Cirurgias eletivas foram suspensas por falta de recursos para custear despesas. Governo do estado realizou o repasse de R$ 868 mil referentes ao mês de julho.

14/11/2017 -

Motorista dorme ao volante, bate em uma barra de cimento e capota

O motorista não sofreu nenhum ferimento.

14/11/2017 -

Criança de 1 ano para na UTI após se afogar em piscina em MT

Apesar do susto, a saúde da criança é estável.

14/11/2017 -

Diabetes atinge 184 mil em Mato Grosso

Hoje é comemorado o Dia Mundial do Diabetes, data criada para conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce

14/11/2017 -

Mulher de 58 anos morre após capotar caminhonete em rodovia de MT

Ela chegou a ser socorrida por uma equipe do SAMU e levada para a UPA 24 Horas de Tangará da Serra com fortes dores pelo corpo, mas não resistiu e veio a óbito.

14/11/2017 -

Motorista fica em estado grave após capotar veículo em rodovia de MT

De acordo com a Polícia Militar, ele perdeu o controle do veículo e capotou.

14/11/2017 -

Governo de Mato Grosso recebe R$ 170 milhões para investimentos

Os acordos com os governos da Alemanha e do Reino Unido foram assinados na manhã desta terça-feira (14.11), em Bonn, durante a Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Clima

14/11/2017 -

Professora de MT vence concurso com projeto sobre carrinho de rolimã e ganha viagem para a Irlanda

Daisy Selinger explicou que objetivo do projeto era integrar pais, filhos e comunidade à escola e que as crianças deixassem a tecnologia de lado. Além da viagem, professora também ganhou R$ 5 mil e vaga na etapa nacional do concurso em SP.

14/11/2017 -

IFMT: Inscrições para Processo Seletivo com 555 vagas em Cursos Técnicos Subsequentes são prorrogadas

A prova será no dia 17 de dezembro, das 14 às 17h30.

14/11/2017 -

Período de chuvas exige cautela de motoristas nas rodovias de MT

Responsável por 850,9 quilômetros da BR-163 no Estado, a Rota do Oeste traz algumas dicas de direção preventiva e segurança para auxiliar motoristas a enfrentarem as dificuldades de trafegar na chuva.

14/11/2017 -

Trator desce ribanceira e prensa agricultor que morre em MT

Devido a gravidade dos ferimentos o homem morreu no local.

13/11/2017 -

Motorista bêbado atropela e mata pedestre, abandona veículo e é preso ao tentar se esconder em casa vizinha em MT

Motorista alegou à polícia que tentou socorrer a vítima, mas fugiu depois que testemunhas tentaram agredi-lo. Acidente ocorreu na noite de sábado (11), em Pontal do Araguaia.

13/11/2017 -

Menino de 13 anos tem o pé empalado por vergalhão após pular muro de escola em MT

Vergalhão de construção ficou cravado no pé do adolescente, em Cuiabá. Corpo de Bombeiros foi acionado e menino passou por cirurgia para retirar o objeto.

13/11/2017 -

Criança de 3 anos morre após TV cair sobre ela em Sinop (MT)

Menino subiu em estante e aparelho caiu sobre ele. Ele foi encaminhado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora