Programa Mais Médicos

De 15 vagas abertas com a saída de cubanos em município de MT, 3 são preenchidas e pacientes são atendidos por enfermeiros

Tangará da Serra foi o município de MT que recebeu maior número de profissionais por meio do programa Mais Médicos. População que depende do atendimento de saúde pública já sente os reflexos e reclama do atendimento.

27 de Novembro de 2018 as 13h 53min

Pacientes so atendidos por enfermeira por falta de mdicos Foto: TVCA/ Reproduo

Das 15 vagas abertas nas unidades de saúde de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, com a saída dos cubanos do programa Mais Médicos, três foram preenchidas por novos médicos que revalidaram o diploma para atuar no país. O município era o que mais tinha profissionais contratados por meio do programa federal.

Os 15 médicos cubanos que trabalhavam no município deixaram o município na sexta-feira (23).

A falta de médicos tem deixado a população sem atendimento. Leni Aparecida de Souza Pimenta, por exemplo, procurou o posto de saúde do Bairro Jardim Morada do Sol, para se consultar com um médico sobre as dores na coluna e foi atendid apenas por uma enfermeira. Depois, foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

“O meu problema é na coluna, eu sento e as minhas pernas travam e eu não consigo levantar”, disse.

No posto do Bairro Jardim Cidade Alta uma enfermeira está atendendo e fazendo os encaminhamentos. Até a situação ser regularizada, o secretário de Saúde de Tangará da Serra, Itamar Bonfim, afirmou que está convocando os médicos inscritos no edital para atuar no município, até o dia 14 de dezembro.

“Estamos pedindo que procurem imediatamente a secretaria, para que a gente possa revalidar no sistema e ele possa assumir”, afirmou.

No último dia 20, o governo federal publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (20) o edital com 132 vagas para o programa Mais Médicos em Mato Grosso. No país, são cerca de 8,5 mil vagas abertas para substituir médicos cubanos.

Revalida

A médica caribenha Yoleisbis Lopez Rodriguez, não fazia parte do projeto Mais Médicos devido à falta de vagas, e agora está trabalhando após a abertura do novo edital. Ela e o marido, que também é médico, vivem no país há quatro anos. O casal revalidou o diploma para continuar trabalhando no Brasil.

“Eu fiquei aqui porque tenho uma filha brasileira. Eles atualizaram o edital no Diário Oficial da União que a gente tinha que se apresentar do dia 23 deste mês até o dia 14 de dezembro”, contou.

Sem acordo

O governo de Cuba decidiu sair do programa Mais Médicos depois que o presidente eleito Jair Bolsonaro declarou que mudaria os termos do acordo. Bolsonaro afirmou que pretendia impor revalida aos profissionais cubanos, além de salário integral e liberdade para trazer as famílias.

Em Mato Grosso, dos 258 profissionais do programa, 132 eram cubanos e estão deixando o país. O número de cubanos representa mais de 50% do total de médicos do programa no estado.

Sobre o Programa Mais Médicos

  • Foi criado em julho de 2013 para ampliar o atendimento médico principalmente em regiões mais carentes.
  • Em agosto de 2013, fechado acordo com a Opas para participação de médicos cubanos.
  • Participação de brasileiros formados no Brasil aumentou 38% entre 2016 e 2017, de acordo com o Ministério da Saúde.
  • Programa tem 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).
  • Atende cerca de 63 milhões de brasileiros, de acordo com o Ministério da Saúde.
  • Participação de cubanos no programa tinha sido renovada no início deste ano por mais cinco anos.
  • Levantamento do governo divulgado em 2016 apontou que o programa é responsável por 48% das equipes de Atenção Básica em municípios com até 10 mil habitantes.
  • Em 1.100 municípios atendido pelo programa, o Mais Médicos representava 100% da cobertura de Atenção Básica, de acordo com dados divulgados em 2016.

Fonte: José Pereira | TV Centro América

COMENTARIOS

Mais de Estado

Servidor Afastado

Governo afasta fiscal flagrado ao receber R$ 300 em propina para liberar carga em aeroporto

Servidor foi preso após denúncia do dono da carga por agentes da Delegacia Fazendária.

23 de Maio de 2019 as 21h13

Devolução

Ex-governador de MT diz que devolveu mais dinheiro à Justiça do que o valor desviado dos cofres públicos: 'Infinitamente maior'

Silval Barbosa foi solto em 2017 depois de passar dois anos preso e de devolver mais de R$ 46 milhões em bens. Segundo ele, dinheiro foi adquirido pela família ao longo de mais de 20 anos.

22 de Maio de 2019 as 10h19

Saúde

Casos de Chikungunya caem 90% em MT, segundo SES

Notificações de Zika também registram queda de 870 para 136, entre 2018 e 2019.

21 de Maio de 2019 as 09h38

Delegacias Fechadas

Mais três delegacias são fechadas em MT conforme plano anunciado pelo governo este ano

Também encerraram as atividades as delegacias de Alto Paraguai, Nova Marilândia e Santo Afonso.

21 de Maio de 2019 as 09h34

Contratos Suspensos

Governo de MT suspende contratos com empresas que receberam por plantões não realizados no Samu e Hemocentro

As empresas também foram multadas nos valores de R$ 321.900,00 e R$ 23.666,47, respectivamente.

18 de Maio de 2019 as 17h03

UTI

Após morte de bebês, secretário anuncia reabertura de leitos de UTI e novos funcionários para Hospital Regional de Sinop

Com as novas medidas, o HR deve operar em sua capacidade máxima, com 86 leitos no total, podendo chegar a média de 350 cirurgias realizadas por mês.

17 de Maio de 2019 as 09h45

Dengue

Governo alerta municípios sobre risco de contaminação de variação grave do vírus da dengue

A orientação é para que os profissionais de saúde dos municípios notifiquem todos os casos suspeitos de dengue, chicungunha e vírus da zika.

17 de Maio de 2019 as 09h42

Investigação

MP instaura inquérito para investigar leis assinadas por ex-governador de MT concedendo isenção fiscal a empresas

Conforme o inquérito, Taques assinou três leis estaduais que deram incentivos fiscais para operações de madeira em tora, feijão e suíno em pé.

16 de Maio de 2019 as 21h27

Depressão e Síndrome do Pânico

Mais de 600 professores de MT se afastaram para tratar depressão e síndrome do pânico em 2018

Mais de 2 mil profissionais se afastaram para tratamento de saúde no ano passado.

16 de Maio de 2019 as 21h25

NFC-E

Sefaz altera regras para cancelamento da nota fiscal do consumidor

As mudanças atendem ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e passam a valer a partir do dia 03 de junho.

16 de Maio de 2019 as 21h13

Uso de Tecnologia

Drones vão intensificar a atuação do Fisco e da segurança pública em Mato Grosso

Dentre os novos pilotos estão servidores da Sefaz, das Polícias Militar, Civil e Judiciária, Corpo de Bombeiros, Politec, Ciopaer, Gefron, Defesa Civil e Marinha.

16 de Maio de 2019 as 21h09

No Palácio

Governador recebe reivindicações de produtores e vai analisar a pauta

Durante a reunião, o governador expôs a situação econômica do Estado e todas as ações que já foram tomadas até o momento para reduzir a máquina pública e buscar o equilíbrio fiscal.

16 de Maio de 2019 as 21h08

Recursos

Mauro Mendes não descarta corte de recursos na Unemat

A Unemat aderiu à greve das universidades federais, que reclamam dos cortes de 30% no orçamento

15 de Maio de 2019 as 10h29

Educação

UFMT, IFMT, Unemat e escolas aderem à mobilização contra bloqueios de recurso da educação

Nesta quarta-feira (15), alunos e professores das instituições devem se reunir na Praça Alencastro, em Cuiabá, em um ato político.

15 de Maio de 2019 as 10h02

Gastos

Governo de MT gasta mais de R$ 3 milhões em passagens aéreas entre janeiro e maio deste ano

Deste total, R$ 18.543,00 foram gastos em janeiro, R$ 1,427.834,00 em fevereiro, R$ 145.536,00 em março, R$ 1.474,456,00 em abril e R$ 5.306,00 entre os dias 1º e 14 de maio.

15 de Maio de 2019 as 09h55

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO