Em Mato Grosso, 62% das rodovias são classificadas como regular, ruim ou péssima

O anuário mostra que 67% das rodovias foram aprovadas quanto à sinalização e apenas 33% reprovadas.

05/06/2017 - 07:33:36

   

Mato Grosso tem 62% da sua malha rodoviária reprovadas, recebendo as classificações regular, ruim ou péssima. Os dados são do Anuário da Confederação Nacional do Transporte (CNT) que analisa a evolução dos modais rodoviários no país. No Estado foram percorridos 4.731 quilômetros em 2016 e, desse total, apenas 38% (1.802 km de rodovias estaduais e federais) foram aprovados, ou seja, estão em ótimo ou bom estado de conservação.

Analisando apenas o pavimento das rodovias, os índices também não são bons. A reprovação é de 63% e 37% aprovados. Já no quesito sinalização, a situação é melhor em Mato Grosso. O anuário mostra que 67% das rodovias foram aprovadas quanto à sinalização e apenas 33% reprovadas.

Vale ressaltar também que apesar dos dados gerais continuarem negativos, os números apresentados esse ano apontam uma melhora em relação a 2005, quando começaram os levantamentos e o anuário da CNT classificou como reprovados 87,6% dos trechos avaliados à época. Estes índices permaneceram até 2014. Em 2015 a avaliação já começou a subir, mas ainda com reprovação acima dos 60%.

Análise feita pela CNT aponta que a qualidade e o crescimento da malha rodoviária em todo o país não acompanham a demanda de infraestrutura para o escoamento da produção nem para o deslocamento de pessoas. A frota de veículos aumentou 194,1%, de 2001 para 2016, mas as rodovias continuam com graves problemas de qualidade, comprometendo a segurança. No ano passado, mais da metade dos trechos avaliados pela CNT apresentaram problemas. Do total da malha, 1,7 milhão de km, apenas 12,2% (210.618,8 km) têm pavimento.

Até 2016 o Estado tinha 10.687 km de rodovias pavimentadas, sendo 3.970 km em rodovias federais e 6.697 km nas estaduais. Para Gilson Baitaca, integrante do Movimento dos Transportadores de Grãos (MTG), e que há mais de 13 anos atua na área, de forma geral a malha rodoviária pode ser considerada ruim. Conforme ele, a pavimentação e recuperação asfáltica ainda precisam ganhar qualidade e celeridade. “Tudo está acontecendo de forma muito lenta, deixando ainda muito a desejar”.

Baitaca ressalta que nas regiões de maior produção de grãos no Estado, o governo não tem conseguido manter com frequência nem mesmo os tapas buracos. Ele destaca que as rodovias estaduais que estão em melhores condições, mesmo estando ainda longe do que seria ideal, são as pedagiadas como, por exemplo, a MT-449 que liga Lucas do Rio Verde a Itanhangá. Diante desse cenário e apesar de não concordar com a concessão de rodovias no Estado, o caminhoneiro ressalta que o modelo tem se mostrado um mal necessário. “Se ainda temos vias que podemos considerar um pouco melhores, isso ocorre porque as concessionárias são obrigadas a investir. E infelizmente nós que já pagamos uma série de tributos, ainda precisamos pagar duas vezes para termos investimentos em estradas”.

Conforme ele, o que se tem visto é que o pouco que é investido pelo governo está sendo destinado a regiões de pouca demanda, as regiões de produção onde é necessário, os investimentos não têm ocorrido.

Em relação às rodovias federais, Baitaca destaca que também não estão em condições que podem ser consideradas ideias, inclusive aquelas que estão sob concessão. Conforme ele, a BR-163, uma das principais vias do Estado, possuiu um trabalho de tapa buracos “vergonhoso”. “Temos visto que empresas concessionárias, envolvidas em grandes escândalos, não tem tido condições de mantê-las em estado aceitável”.

Umas das rodovias federais que mantém um padrão de qualidade um pouco melhor é a BR-364, no trecho entre o Trevo do Lagarto até Vilhena (RO). “Mas isso porque o fluxo também é menor, mas de qualquer forma tem conseguido manter um padrão melhor que as outras”.

Para o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo Duarte, o levantamento feito pela CNT demonstra que Mato Grosso teve uma evolução considerável na qualidade das estradas e o resultado se deve, em parte, ao fato de o governo de Mato Grosso, por meio da Sinfra, ter concluído 1.430 km de asfalto nos 2 primeiros anos da atual gestão, considerando as obras de pavimentação (712 km) e de reconstrução (718 km) executadas pelo programa Pró-Estradas.

“Os números da pesquisa revelam que o planejamento estratégico elaborado, e que vem sendo executado pelo governo de Mato Grosso, estão no rumo certo. Isso porque o Estado tem, ano após ano, melhorado suas rodovias”.

Por meio de nota, a secretaria destacou que na classificação geral da pesquisa, Mato Grosso é o estado do Centro-Oeste com maior número de estradas consideradas ótimas no ano de 2016. “Como efeito de comparação, no ano de 2013 Mato Grosso ocupava o penúltimo lugar no ranking do CentroOeste quando o assunto era a qualidade das estradas, a partir de aspectos como a qualidade do pavimento e a sinalização das vias. À época, apenas 30 km da malha de Mato Grosso tinha sido avaliada como ótima, passando para 98 km em 2014, 445 km em 2015 e 620 km em 2016”, diz trecho.

Em relação ao índice que aponta que 62% malha rodoviária foi considerada regular, ruim e péssima, a secretaria informou que tem trabalhado de forma estruturada para mudar esta realidade. “Pela primeira vez na história, o programa Pró-Estradas implantou ações focadas, não somente na pavimentação de novos trechos, mas também na reconstrução de rodovias que foram recebidas por esta gestão, em avançado estado de degradação, e também de manutenção de rodovias pavimentadas e não pavimentadas estaduais”.

MT Agora - Só Notícias

Mais Noticias

Acidente

Motorista perde controle, bate contra paredão e fica preso às ferragens em MT

Estudo

Empresas fazem estudo para exploração da Arena Pantanal pela iniciativa privada

Encontrada Inconsciente

Professora é encontrada ferida e desacordada as margens de rodovia de MT após show

Incêncio

Carreta carregada com algodão pega fogo em Mato Grosso

20/11/2017 -

Homem morre após ser soterrado enquanto trabalhava em garimpo em Mato Grosso

Ele foi socorrido, mas chegou sem vida ao hospital.

20/11/2017 -

Deficiente auditivo é atropelado por homem que empinava moto em MT

Vítima, de 45 anos, não resistiu e morreu no local; caso aconteceu em Rondonópolis.

20/11/2017 -

Com repasses atrasados, fundação que administra hospital em Sinop (MT) pede ao governo suspensão de contrato

Os 495 funcionários, incluindo os médicos, serão demitidos nos próximos 15 dias. Funcionários estão em greve há mais de dois meses para cobrar salários atrasados.

20/11/2017 -

Balanço em MT aponta apreensão de 1 tonelada de peixes em 45 dias de piracema

No mesmo período do ano passado, 268,5 kg foram apreendidos. De acordo com o governo, o total de multas aplicadas ultrapassa R$ 93 mil.

20/11/2017 -

Adolescente morre após colisão entre moto e carreta na Rodovia dos Imigrantes em MT

Acidente ocorreu em trecho em Várzea Grande, região metropolitana da capital, neste domingo (19). Vítima era passageira da moto e morreu no local.

20/11/2017 -

Fluxo de veículos na BR-163 em MT deve ter aumento de 42% no feriado da Consciência Negra

Ao todo, são esperados quase 250 mil automóveis entre veículos leves e pesados circulando nas rodovias do estado.

20/11/2017 -

Casal morre por asfixia dentro de carro e corpos são encontrados nus em MT

Cleiton Ficner, de 28 anos, e Anágela Alencar, de 24 anos, tinham um relacionamento amoroso. Segundo a polícia, o casal aspirou monóxido de carbono expelido pelo carro.

19/11/2017 -

Deputado estadual sai ileso após caminhonete bater em anta na BR-163 em MT

Oscar Bezerra (PSB) viaja com um amigo e os dois não sofreram ferimentos. Ele disse que dirigia o veículo quando o animal cruzou a estrada, próximo de Brasnorte.

16/11/2017 -

Homem morre em acidente seis dias depois do filho também falecer em Mato Grosso

Um homem de 44 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (15) após colidir a moto que pilotava com um caminhão Volvo prata, na rodovia MT-430, na região do município de Confresa

16/11/2017 -

MT tem redução no número de divórcios e aumento de casamentos, diz levantamento do IBGE

Houve diminuição de 9% nos divórcios em 2016 em relação a 2015. Um total de 17.327 casamentos foram realizados no ano passado.

16/11/2017 -

Manifestantes sem-terra bloqueiam rodovia em MT para cobrar reforma agrária

Famílias acampadas cobram agilidade nos processos de desapropriação de áreas a fim de promover a reforma agrária.Trecho da BR-163 está totalmente interditado e PRF orienta motoristas a evitarem essa rota.

16/11/2017 -

Nova empresa começou a administrar rodoviária de Cuiabá nesta quinta-feira

Empresa fecha contrato emergencial por seis meses e já tem avançado com licitação para concessão definitiva por 30 anos.

14/11/2017 -

Programação de obras na BR-163 é mantida durante feriado

O cronograma elaborado pela Rota do Oeste prevê quatro frentes de trabalho durante o dia e um no período noturno, abrangendo trechos de cinco municípios.

14/11/2017 -

Criança é transferida após fechamento de UTI pediátrica da Santa Casa de Rondonópolis (MT) por falta de dinheiro

Cirurgias eletivas foram suspensas por falta de recursos para custear despesas. Governo do estado realizou o repasse de R$ 868 mil referentes ao mês de julho.

14/11/2017 -

Motorista dorme ao volante, bate em uma barra de cimento e capota

O motorista não sofreu nenhum ferimento.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora