Prisão

Ex-procurador é preso em Fórum de Cuiabá após depor sobre fraudes

Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, depôs nesta quarta. Segundo o MPE, ele teria descontado cheques da propina em factorings..

17 de Fevereiro de 2016 as 22h 47min

O ex-procurador do estado, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o “Chico Lima”, foi preso nesta quarta-feira (17) quando saía do Fórum de Cuiabá, após depor durante audiência de instrução da ação penal decorrente da Operação Sodoma, que investiga um esquema de fraude na concessão de benefícios fiscais.

O procurador aposentado é um dos denunciados na operação e era monitorado por meio de tornozeleira eletrônica por determinação da juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Selma dos Santos Arruda. Além dele, ainda devem depor o ex-governador Silval Barbosa e os ex-secretários de estado Pedro Nadaf e Marcel de Cursi.

O advogado Otávio Gargaglione, que defende o ex-procurador, afirmou que foi surpreendido pela prisão. “Ele mal conseguiu descer a rampa de acesso ao fórum e já foi preso. Ainda não sei o motivo da prisão”, disse.

A prisão do ex-procurador foi determinada pela juíza Selma Arruda atendendo ao pedido feito pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), em denúncia protocolada há uma semana, em decorrência da Operação Seven. Chico Lima é apontado nas investigações como membro de uma organização crminosa liderada pelo ex-governador Silval Barbosa para o desvio de R$ 7 milhões dos cofres públicos estaduais por meio da aquisição fraudulenta e superfaturada, por parte do estado, de uma área de 721 hectares.

Denúncia

Consta na denúncia feita pelo Gaeco que o ex-procurador seria um dos líderes do esquema, dividindo as decisões do primeiro escalão com Silval Barbosa e o ex-secretário da Casa Civil Pedro Nadaf. A sua posição na organização criminosa é uma das razões apontadas pela juíza como determinantes para motivar a sua prisão preventiva.

De acordo com o MPE, em 2002, o médico Filinto Correa da Costa - também denunciado à Justiça - negociou com o governo do estado a venda de um terreno pelo valor de R$ 1,8 milhão. Ocorre que, no ano de 2014, parte dessa mesma área foi novamente vendida ao governo, dessa vez pelo valor de R$ 7 milhões.

Segundo o Gaeco, o esquema também contou com a participação do ex-presidente do Intermat, Afonso Dalberto, e de dois servidores da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), sendo que os dois servidores seriam os responsáveis pela elaboração de pareceres favoráveis a manobra e da minuta de decreto.

Conforme o Gaeco, o processo de aquisição irregular da área tramitou pela Sema, Secretaria Estadual de Administração (extinta na gestão atual), Casa Civil e pelo Intermat. Ao final da tramitação do processo, foi realizado o pagamento da área, apontado como indevido pelo Gaeco, uma vez que as terras já pertenciam ao estado.

Na decisão pela prisão preventiva do ex-procurador, a juíza Selma Arruda afirma que, para que a compra fraudulenta fosse homologada, Chico Lima e Pedro Nadaf teriam ordenado ao ex-presidente do Intermat para que fizesse a avaliação da área, o que ele teria se recusado inicialmente, mas aprovado após a publicação de um decreto do ex-governador, que consolidava a negociata.

'Conselheiro'

Consta ainda na decisão que Chico Lima teve participação ativa e decisiva no esquema investigado e que "atuava, ao que tudo parece, como um conselheiro, dando suporte jurídico e possibilitando a abertura das portas para que os planos criminosos se concretizassem".

Conforme a juíza, as provas produzidas durante as investigações são suficientes para que se conclua, ainda que durante o indiciamento, que o ex-procurador foi "um dos principais interlocutores e articuladores da empreitada criminosa".

"Assim, a prisão preventiva é a única medida eficiente para se atingir o fim colimado na hipótese vertente de preservação da ordem pública, como também de garantia da instrução criminal e da aplicação da lei penal, visto que somente o total apartamento do representado do convívio social é idôneo a prevenir a continuidade da atividade delitiva, acautelar o meio social, bem como garantir a produção das provas", afirmou a juíza, na decisão.

Influência e risco de fuga

Selma Arruda pontua que Chico Lima tem "projeção social elevada e fortíssimo poder político" e que, solto, "certamente dificultará a produção de outras provas", tendo acesso a servidores e documentos necessários na instrução criminal. "Sendo assim, a prisão visa, ainda, impedir que o representado perturbe ou impeça a livre produção das provas", diz trecho da decisão.

A juíza indica, ainda, que a possibilidade de que o ex-procurador fuja do país é iminente, caso permaneça em liberdade, pois possui residência fora do Brasil, e que nem mesmo o uso de tornozeleira eletrônica poderia evitar a evasão, uma vez que o dispositivo pode ser "facilmente rompido".

"Não há perseguição, detenção ou outra providência capaz de evitar a fuga, até porque, tão logo rompida, a tornozeleira deixa de enviar à central de monitoramento a real localização do usuário", afirmou a juíza.

A juíza finaliza a decisão afirmando que Chico Lima é "elemento contumaz e de alta periculosidade" e que, assim como os outros réus no processo, "não pretende parar de praticar crimes, eis que continua na liderança da organização criminosa, atuando de modo a mantê-la forte, atuante e intacta".


MT Agora - G1 MT

COMENTARIOS

Mais de Estado

Honraria

Presidente do STF visita Mato Grosso na 5ª feira e será condecorado

A honraria tem o objetivo de homenagear pessoas naturais ou jurídicas que tenham prestado relevantes serviços à Justiça mato-grossense ou à cultura jurídica.

15 de Julho de 2019 as 23h58

Acidente

Motocicleta bate em animal silvestre e passageira tem traumatismo craniano em MT

Mulher foi transferida de avião para uma unidade de saúde com recursos em neurologia.

15 de Julho de 2019 as 23h52

Levantamento

MT registra 12 mortes por raiva em animais atacados por morcegos em 11 propriedades neste ano

Esse animais são mamíferos de hábitos noturnos, e alimentam-se do sangue de outros animais. Os morcegos transmitem o vírus da raiva.

15 de Julho de 2019 as 23h49

Aeroporto Marechal Rondon

Volume de importações aumenta e proporciona alta de 28,3% na movimentação de carga em MT

Índice de movimentação registrado no primeiro semestre foi de 33,6 toneladas de produtos.

15 de Julho de 2019 as 23h42

Levantamento

MT tem a 3ª maior taxa de morte de crianças e adolescente por motivos acidentais do Brasil

Com 13,98 mortes a cada 100 mil habitantes, Mato Grosso só fica atrás de Roraima (24,71) e Amapá (26,66). Os dados do levantamento fazem referência aos dados de 2017.

15 de Julho de 2019 as 23h37

Ranking

MT ocupa 5º colocação em geração solar do país, segundo pesquisa de associação nacional

Entre os municípios, Cuiabá ocupa a sétima posição no ranking nacional.

15 de Julho de 2019 as 23h28

Teve Alta Médica

Criança de 1 ano estrangulada pelo pai com abraçadeira tem alta médica em MT

Exame apontou que a menina teve o crânio fraturado e perda de parte da coordenação motora. Ela deu entrada no hospital em estado grave e ficou internada por oito dias.

15 de Julho de 2019 as 23h15

Período Proibitivo De Queimadas

Período Proibitivo de Queimadas começa nessa segunda-feira (15.07)

O Decreto publicado no Diário Oficial proíbe o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo entre os dias 15 de julho e 15 de setembro. Em áreas urbanas as queimadas são proibidas o ano todo.

15 de Julho de 2019 as 23h04

Estudo

Pesquisa da Unemat aborda as relações entre animais humanos e não humanos nas cidades

O estudo aborda sobre as relações entre animais e humanos e não humanos.

15 de Julho de 2019 as 22h55

Queimadas

Com recorde em número de focos de calor, período proibitivo em MT começa nesta segunda-feira (15)

Com 5.325 registros de janeiro a junho de 2019, o estado bateu o recorde em número de focos de calor, segundo o Inpe. Período proibitivo segue até o dia 15 de setembro.

15 de Julho de 2019 as 11h18

Investigação

Dois ônibus escolares pegam fogo em pátio de secretaria em Vila Rica (MT)

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade. A prefeitura acredita que um dos veículos tenha tido um curto-circuito, o que provocou o incêndio nos dois ônibus.

15 de Julho de 2019 as 11h15

Invasão

Hackers invadem site do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de MT e postam foto de arma

O internauta que tenta acessar o endereço encontra uma mensagem com a silhueta de uma arma e a seguinte mensagem: “[#] Faça Seu Papel, Pois Ninguém Vai Faze-lo (Sic) Pra Você [#]”.

15 de Julho de 2019 as 11h13

Ataque De Animal Silvestre

Cachorro é atacado por jacaré durante brincadeira com o dono e morre em parque de Cuiabá

Caso foi confirmado pela administração do parque e pela prefeitura.

15 de Julho de 2019 as 00h26

Incidente

Barcos com pescadores afundam durante competição em festival de pesca no Pantanal em MT

Equipe organizadora prestou atendimento aos pescadores e ninguém se feriu.

15 de Julho de 2019 as 00h18

Sustentabilidade

Secretaria de Meio Ambiente apresenta Política Florestal de Mato Grosso a engenheiros

Apresentação ocorreu em comemoração ao Dia do Engenheiro Florestal.

15 de Julho de 2019 as 00h10

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO