Estado

Governador lança edital para construção da 1ª ferrovia estadual que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá, passando por Mutum e Lucas

Obra terá 700 km de extensão e vai ligar a Capital ao Norte e Sul do Estado

Fonte:Secom Mato Grosso
19 de Julho de 2021 as 17h 30min

Governador Mauro Mendes anuncia edital de chamamento público para construção de ferrovia estadual em Mato Grosso - Foto por: Mayke Toscano/Secom-MT

O governador Mauro Mendes lançou o edital do chamamento público para a construção da primeira ferrovia estadual em Mato Grosso. A cerimônia ocorreu na tarde desta segunda-feira (19.07), em Cuiabá, com a presença de autoridades federais e estaduais.

A ferrovia estadual é uma obra pioneira e histórica para o estado e vai interligar Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, além de se conectar com a malha ferroviária nacional.

“Esse modal é muito importante para a saída dos grãos, mas também conecta a indústria e o comércio de Mato Grosso com o mercado nacional. A indústria de alimentos, de etanol, vai passar por essa ferrovia. E temos toda a segurança jurídica para fazer. Daqui a alguns anos ouviremos o apito do trem daqui de Cuiabá até o médio-norte”, pontuou.

De acordo com Mauro Mendes, a ferrovia estadual vai formar um dos corredores logísticos mais versáteis do país e melhorar de forma expressiva a capacidade de escoamento de Mato Grosso, cuja estimativa é de chegar, em 2030, a produzir 120 milhões de toneladas de grãos por ano.

Outro ponto positivo citado pelo governador é que o trecho vai desafogar significativamente o transporte pelas rodovias, o que beneficia não só o fluxo de ir e vir da população, mas a qualidade das estradas.

“Essa solução teve a importante participação da Assembleia Legislativa, que aprovou a lei que regulamentou as ferrovias. Quero destacar também o apoio da nossa base na bancada federal e dos 23 deputados estaduais que assinaram documento de apoio à ferrovia. Esse ato só foi possível porque tantos outros atos foram dados por muitas pessoas ao longo do tempo. Por todos aqueles que trabalharam para isso, meu muito obrigado, em nome de todos os mato-grossenses”, declarou.

O deputado federal Neri Geller destacou que a iniciativa “vai ser um marco na história dos modais de transporte do país”.

“Essa ferrovia vai concorrer com a BR-163, BR-174, com a Fico, com a Ferrogrão. Queremos as três ferrovias lá. Vamos estar na trincheira para defender essa obra”, sublinhou.

O presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi, pontuou que Mato Grosso se tornou o primeiro estado do país a tomar uma iniciativa como essa.

“Não é à toa que Mato Grosso hoje é um estado diferenciado, pois tem feito os recursos chegarem na ponta. Trazer a ferrovia é um desejo de muitos e muitos anos. Hoje foi dado mais um passo importante nessa direção”, disse.

Conforme o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, a ferrovia também vai diminuir os custos logísticos dos produtores, uma vez que o frete ferroviário reduziu mais de 35% nos últimos cinco anos.

Gallo afirmou que essa obra faz com que Mato Grosso dê um grande salto na atração de investimentos e competitividade. Exemplo disso é que mais de 250 empresas do Distrito Industrial de Cuiabá poderão usar a ferrovia para escoar seus produtos e receber insumos, cenário que deve estimular a instalação de novas indústrias.

“Estamos falando de um investimento de R$ 12 bilhões que vai gerar mais de 235 mil empregos. Vai potencializar muito a economia, não só do agronegócio, mas da indústria e comércio”, ressaltou.

Também participaram do evento o vice-governador Otaviano Pivetta; os senadores Carlos Fávaro, Jayme Campos e Wellington Fagundes; a suplente de senador, Margareth Buzetti; os deputados federais Neri Geller e Nelson Barbudo; o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi; os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco e Paulo Araújo; os prefeitos Leonardo Bortolin (Primavera do Leste), Alexandre Lopes (Campo Verde), Miguel Vaz (Lucas do Rio Verde) e Leandro Félix (Nova Mutum); os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Marcelo de Oliveira (Infraestrutura), Cesar Miranda (Desenvolvimento Econômico), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Alexandre Bustamante (Segurança Pública) e Francisco Lopes (Procuradoria Geral); além de representantes de segmentos econômicos, de forma presencial e online.

A ferrovia

A implantação da ferrovia estadual está amparada pela lei federal 12.379/2011, que permite a criação de linha férrea de abrangência exclusivamente estadual, e pela criação e regulamentação do Subsistema Ferroviário de Mato Grosso, na Lei Complementar 685/2021, regulamentada pelo Decreto 881/2021.

O objetivo do modal é integrar o Estado com o sistema federal de ferrovias e com os demais estados; integrar os modais logísticos de Mato Grosso; reduzir o custo para transporte da produção, com mais competitividade; ampliar a circulação de produtos e ampliar alternativas para o transporte da produção.

A obra será iniciada em até seis meses após a emissão da licença ambiental de instalação. A previsão é que o Terminal de Cuiabá seja concluído até o 2º semestre de 2025 e o de Lucas do Rio Verde até o 2º semestre de 2028.

O edital

Pelo edital, as empresas interessadas terão 45 dias para apresentar propostas. O investimento estimado é de R$ 12 bilhões e a vencedora terá prazo de 45 anos para operar.

Para participar da concorrência, a empresa deverá apresentar requisitos como: manifestação formal de interesse; relatório dos aspectos logísticos e urbanísticos, com características do transporte, especificações da operação compatíveis com a integração multimodal e estimativa de prazo para execução do projeto; estimativa do custo do projeto, baseada em preços de mercado; e capacidade econômico-financeira para execução, com capital social e patrimônio líquido de no mínimo 10% do valor do projeto (R$ 1,2 bilhão).

Se financiado com recursos de terceiros, a interessada deverá comprovar a financiabilidade do projeto mediante carta de instituição financeira de primeira linha. Também terá que apresentar atestado de capacidade técnica, fornecido por empresa registrada no CREA que comprove a experiência do Profissional Qualificado da empresa na realização das atividades necessárias.

A empresa vencedora será aquela que apresentar o menor prazo para implantação, a maior capacidade de movimentação, e a maior cobertura do território estadual.

Foi definido o modelo privado de exploração, pois nesse formato o Estado faz a chamada pública e as empresas se habilitam a participar de seleção para fazer os investimentos, por sua conta e risco.

Além disso, a infraestrutura ferroviária poderá ser compartilhada pela empresa vencedora com outra empresa de transporte ferroviário que venha a prestar serviços no Estado. Isso garante a concorrência na prestação do serviço, que terá fiscalização da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager-MT).


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Entidade Pública Estadual

Lei declara CDL Lucas como entidade de utilidade pública estadual

Iniciativa do deputado Sebastião Rezende permitirá que entidade firme convênios com instituições públicas

23 de Setembro de 2021 as 21h41

Estado

Primeira-dama entrega mil cestas básicas para famílias atendidas pela Paróquia São José Operário

A iniciativa é parte do programa SER Família Solidário. Famílias recebem cestas mensalmente

23 de Setembro de 2021 as 19h30

Estado

Ações sociais da primeira-dama são ressaltadas por autoridades no 1º Encontro Regional com Líderes Comunitários

O evento aconteceu em Rondonópolis e teve o objetivo de aproximar Governo do Estado e líderes comunitários

23 de Setembro de 2021 as 19h00

Estado

SP inicia projeto para recuperar mil moradias precárias em Heliópolis

Ação beneficia famílias com renda de até cinco salários mínimos

23 de Setembro de 2021 as 19h00

Estado

Compromisso honrado: Governo de MT dá voz ao movimento comunitário, afirma deputado Thiago Silva

Parlamentar, que iniciou na vida pública como presidente de bairro em Rondonópolis, destacou atendimento de demandas do setor

23 de Setembro de 2021 as 16h45

Estado

Nova Mutum sedia etapa estadual de basquete e vôlei dos Jogos Escolares Mato-grossenses

Competição começa nesta quinta-feira (23.09) e prossegue até domingo (26.09) com disputas entre equipes escolares de todo o Estado

23 de Setembro de 2021 as 16h45

Estado

Procon-MT visita novo Centro de Operação Integrado da Energisa

Essa supervisão em tempo real do sistema elétrico ganha mais eficiência

23 de Setembro de 2021 as 16h15

Estado

Governador faz parceria com prefeito e destina R$ 40 milhões para asfaltar distritos industriais

Anúncio foi feito em reunião com deputados, prefeito, vereadores e lideranças

23 de Setembro de 2021 as 15h45

Estado

“Pedimos um Governo do Estado próximo da população e estamos sendo atendidos nas principais demandas”, afirma líder comunitária

Mauro e Virginia Mendes se reuniram com lideranças de 19 municípios durante o 1º Encontro Regional com Líderes Comunitários

23 de Setembro de 2021 as 15h45

Estado

Ações e programas da Sedec serão temas de palestra em Aripuanã

Nesta manhã, o secretário Celso Banazeski participou da inauguração do CAE do município

23 de Setembro de 2021 as 15h15

Estado

PM fará solenidade de troca de comando da 21ª CIPM nesta sexta-feira (24)

Evento será na Praça Alencastro, na capital.

23 de Setembro de 2021 as 14h30

Estado

Escola Penitenciária promove capacitação para servidores que atuam com cães farejadores

Evento que teve início nesta quinta-feira (23.09), pretende otimizar desempenho de condutores e da ferramenta auxiliar do trabalho policial, que são os cães farejadores

23 de Setembro de 2021 as 13h45

Estado

Prefeitura de SP vai manter distribuição de marmitas

Executivo disse que ação passou por fase de transição

23 de Setembro de 2021 as 13h00

Estado

População recebe orientações sobre os perigos da associação de álcool e direção

Ação foi realizada em região de bares na avenida Beira-Rio

23 de Setembro de 2021 as 10h30

Estado

Ministra da Agricultura destaca que todo o país vai ganhar com a construção da 1ª Ferrovia Estadual

A construção da ferrovia prevê 730 quilômetros de linha férrea que vão interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde

23 de Setembro de 2021 as 10h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO