Dívidas

Governador alega dívidas bilionárias e prorroga estado de calamidade financeira em MT

O primeiro decreto neste sentido foi assinado em janeiro deste ano e possuía validade de seis meses, motivo pelo qual foi prorrogado por mais 120 dias.

Fonte:Fonte: G1
18 de Julho de 2019 as 07h 34min

Palácio Paiaguás, sede do governo de Mato Grosso — Foto: Assessoria

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), prorrogou, nessa quarta-feira (17), o decreto de calamidade financeira, que prevê uma série de medidas de controle, reavaliação e contenção de todas as despesas públicas efetivadas no âmbito do Poder Executivo, com o objetivo de reequilibrar as finanças do Estado.

A prorrogação foi publicada em edição extra do Diário Oficial que circulou na quarta-feira. O primeiro decreto neste sentido foi assinado em janeiro deste ano e possuía validade de seis meses, motivo pelo qual foi prorrogado por mais 120 dias.

De acordo com o governador, apesar dos 'inúmeros esforços realizados neste primeiro semestre, ainda é necessária a continuidade das medidas de controle, pois a atual gestão recebeu o estado com dívidas bilionárias'.

A inadimplência, explicou ele, atingiu até mesmo os prestadores dos serviços mais essenciais à população, a exemplo do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), locação de viaturas para policiamento e materiais básicos da manutenção das escolas.

Nas palavras do governador, nos primeiros seis meses, o estado diminuiu valores de contratos, renegociou dívidas e enxugou cargos comissionados e contratados. Ele justificou que o 'esforço' precisa continuar.

No decreto que prorrogou a calamidade financeira, o governador citou o fato de o Estado não ter recebido o Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), relativo a 2018, e 'inexistir previsão para pagamento em 2019'.

Outro ponto mencionado foi o estouro das despesas permitidas por lei com folha salarial.

De acordo com o Relatório de Gestão Fiscal do 1º Quadrimestre de 2019, fechado em 31 de abril do corrente ano, o índice de gastos com despesas de pessoal permanece 8,12% acima do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que representa uma extrapolação de R$ 1.256.280.013,37.

Mauro Mendes relatou que o deficit financeiro acumulado entre janeiro a junho deste ano é superior a R$ 832 milhões, sendo que o deficit financeiro projetado para este ano é de R$ 2,25 bilhões.

Também pesou na decisão de prorrogar o decreto o fato de existir incerteza sobre a aprovação, em prazo hábil, da operação de crédito com o Banco Mundial, que refinanciaria a dívida com o Bank of America e traria grande alívio ao caixa do Estado.

As medidas
Dentre as determinações previstas no decreto está a reavaliação de todas os contratos e licitações em vigor e a serem instaurados no decorrer do ano.

Medida visa buscar o reequilíbrio financeiro para que o Estado volte a ter capacidade de investir nas áreas prioritárias

Além dos contratos, o decreto determina também economia com despesas de serviços essenciais como telefonia, energia elétrica, água, limpeza, locação de veículos e imóveis, mão de obra terceirizada, recursos humanos, entre outros.

O texto impõe que o Governo dê prioridade a investimentos nas áreas essenciais, como a folha de pagamento e os repasses à segurança, saúde, educação e assistência social ao cidadão.

Os repasses prioritários para as pastas, conforme estabelece o decreto, devem ser feitos depois que o Estado concluir as transferências constitucionais e legais para os municípios e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), além dos duodécimos aos poderes, pagamento da dívida pública, tarifas de serviços públicos, folha de pessoal e dos serviços de mão de obra terceirizada.

De acordo com o decreto, a concessão ou ampliação de incentivo fiscal também deve obedecer a critérios mais rígidos, de forma a comprovar o interesse público e o retorno à sociedade.

Será obrigatório que qualquer renúncia fiscal tenha o impacto orçamentário-financeiro estimado no exercício em que iniciará sua vigência, e nos dois seguintes.

O decreto também mantém a suspensão de pagamento de horas extras, exceto para as atividades na segurança pública e saúde, se justificado o interesse público.

Para não gerar custos extras, estão suspensos afastamentos de servidores públicos para a realização de cursos que demandem a substituição do servidor por outro profissional. A exceção é para os casos em que o afastamento já tenha sido autorizado.

Também continua proibida a concessão de licença-prêmio, se essa ação implicar na contratação temporária de substituto para o servidor que sair de licença. A licença-prêmio é uma licença remunerada que o funcionário tem direito na proporção de três meses para cada cinco anos de serviço.

Outra medida importante foi a suspensão da cessão de servidores do Estado para outros Poderes ou Governo Federal, cujos salários continuavam a ser pagos pelo Executivo.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Leilão

Governo realiza leilão de imóvel, avião e veículos apreendidos em ações de combate ao tráfico de drogas em MT

Dentre os bens listados está uma aeronave, modelo Cessna T210N, Prefixo PT-LXE, com capacidade para cinco passageiros e lance inicial de R$ 30 mil

16 de Janeiro de 2020 as 08h36

Bandeira Branca

Consumidores de MT podem aderir à tarifa branca em 2020; entenda como funciona

Em Mato Grosso, postos tarifários e os valores das tarifas residenciais por quilowatt-hora (kWh) da tarifa branca já foram definidos pela concessionária Energisa

16 de Janeiro de 2020 as 08h33

Atendimento Psicológico

MPE aguarda sentença de ação que requer atendimento psicológico aos militares em MT

Ação foi anexada ao Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2019, que conclui haver mais policiais vítimas de suicídio do que assassinados no horário de trabalho.

16 de Janeiro de 2020 as 08h32

Exportações

Exportação de carne bovina cresce quase 22% em MT em 2019; aumento é atribuído à abertura do mercado chinês

Rebanho também cresceu cerca de 11%, alcançando o número de 30,34 milhões de cabeças de gado.

16 de Janeiro de 2020 as 08h30

Transplante

Transplante de rins volta a ser feito pelo SUS em MT após 10 anos suspenso; quase mil precisam da cirurgia

Programa de transplante renal iniciou em 1999. No entanto, a última cirurgia de transplante de rim realizada no estado aconteceu em maio de 2009.

16 de Janeiro de 2020 as 08h28

Fortalecimento do Comércio

MT registrou aumento de 18% no número de microempreendedores em 2019

Conforme Eliane Chaves, técnica do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a formalização dos trabalhadores é uma tendência nacional.

16 de Janeiro de 2020 as 08h01

Processo Seletivo

Unemat faz processo seletivo para contratar professores com salário de até R$ 6,2 mil

Vagas são para cadastro de reserva nas unidades de Cáceres e Tangará da Serra A jornada de trabalho é de 20 horas semanais, com remuneração de acordo com a titulação,

16 de Janeiro de 2020 as 08h00

Balança Móvel

DNIT implanta balança móvel para barrar excesso de cargas em rodovia federal de Mato Grosso

Conforme o documento, está proibido o tráfego de veículos com o Peso Bruto Total Combinado (PBTC) acima de 48,50 toneladas.

15 de Janeiro de 2020 as 11h53

Efeito Nargilé

Jovem internada há 14 dias faz post dizendo que pneumonia se agravou pelo uso de narguilé e pede orações

Mara Maysa Barbosa, de 18 anos, está internada no Pronto Socorro de Várzea Grande. Ela disse que começou a usar narguilé aos 14 anos e que aos 16 o uso começou a ser diário.

15 de Janeiro de 2020 as 00h42

Turismo

Governo abre vagas para guias de turismo que queiram atuar no Parque Serra Azul em MT

O profissional poderá acompanhar turistas no Centro de Atendimento ao Visitante, Discoporto, Mirante do Cristo e Trilha das Cachoeiras. O cadastro deve ser feito até o dia 07 de março.

14 de Janeiro de 2020 as 08h22

Recompensa

Lei aprovada pelo governo de MT prevê pagamento de recompensa por informações sobre crimes

Informações vagas e imprecisas não serão consideradas. Funcionamento do sistema, forma e valores de pagamentos da recompensa ainda devem ser definidos pelo governo.

14 de Janeiro de 2020 as 08h18

Acidente

Barco com 7 pessoas vira no Rio Teles Pires em MT e vítimas são localizadas com ajuda de helicóptero

Equipes da PM, Corpo de Bombeiros e Ciopaer fizeram buscas aéreas, terrestres e fluvial até localizarem as vítimas às margens de rio.

13 de Janeiro de 2020 as 14h47

Lady no Santuário

Seis semanas após chegar em MT, Santuário mostra melhora da elefanta Lady em foto de antes e depois

A primeira foto foi tirada alguns dias antes de chegar ao santuário, ainda no zoológico do qual foi resgatada, em João Pessoa (PB), e a outra, feita nesta semana.

13 de Janeiro de 2020 as 14h41

Embriaguez

Mais de 160 motoristas foram detidos por embriaguez ao volante em 2019 em MT

Além disso, 426 carteiras de habilitação (CNH) e 780 veículos foram recolhidos.

13 de Janeiro de 2020 as 14h32

Balaço de Acidentes

Número de mortes diminui 17% no trecho sob concessão da BR-163

No ano passado foram registradas 97 vítimas contra 117 em 2018

08 de Janeiro de 2020 as 15h23

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO