VLT

Grupo de mobilidade se reúne em Cuiabá para discutir viabilidade do VLT

O VLT já custou mais de R$ 1 bilhão e ainda há parcelas do empréstimo feito para a construção, que somam R$ 12 milhões por mês.

Por: Marina Martins | TV Centro América
13 de Agosto de 2019 as 23h 15min

Obra do VLT está parada desde dezembro de 2014 — Foto: Mayke Toscano/Gcom-MT

Membros do grupo de trabalho sobre o sistema de mobilidade da região metropolitana farão visitas para saber como estão as condições do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e até onde as obras avançaram. A ideia é fazer um diagnóstico da situação do VLT para decidir se há viabilidade técnica e operacional, mas há vários entraves pra se resolver. 

Enquanto isso, um grupo de técnicos da Secretaria de Infraestrutura prepara um relatório detalhado junto com a Controladoria Geral do Estado (CGE) sobre tudo o que foi feito até agora. 

Conforme o chefe do escritório de representação de Mato Grosso em Brasília, Carlos Fávaro, uma série de questões ainda deve ser discutida. 

“São ações judiciais, a própria delação do ex-governador Silval Barbosa que narra os fatos envolvendo corrupção e causou a anulação do contrato com o consórcio na Justiça, além da viabilidade da tarifa”, afirmou. 

Registros de componentes das partes superior e interna dos vagões mostram que a manutenção é periódica e eles estão em boas condições. 

O VLT já custou mais de R$ 1 bilhão e ainda há parcelas do empréstimo feito para a construção, que somam R$ 12 milhões por mês. 

Esta semana, o movimento Pró-VLT - uma organização da sociedade civil - discutiu a conclusão do percurso que vai do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, até o Porto, em Cuiabá, totalizando 3,5 km. 

O grupo de trabalho precisa ainda atualizar o valor da tarifa. Para isso, além dos dados de origem e destino do transporte coletivo da região metropolitana, vai levar em conta a demanda de passageiros, a distância percorrida pela frota (inclusive de ônibus), o custo operacional e os custos de investimentos do operador. 

No Rio de Janeiro (RJ), por exemplo, a passagem custa R$ 3,80. Mas o consórcio que administra o VLT pediu a rescisão do contrato na Justiça por causa de dívidas da prefeitura, que fez uma parceria público privada, mas não está conseguindo bancar o sistema por falta de retorno. 

Em Santos (SP), a tarifa ficou em R$ 4,40 e é de responsabilidade da empresa metropolitana de transportes urbanos, que também opera as linhas de ônibus. 

Em Cuiabá e Várzea Grande, a troca de modal não foi totalmente descartada. 

O grupo tem até novembro para apresentar uma alternativa para a questão. 


COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Investigação apura tortura a presos por membros de organização criminosa no maior presídio de MT

Após as agressões, os presos receberam atendimento médico e foram trocados de cela.

17 de Setembro de 2019 as 16h57

Estado

Marido acusado de matar mulher grávida de cinco meses é condenado a 69 anos de prisão em MT

Emerson Diego Pestana da Silva também terá que pagar indenização à família da vítima no valor de R$ 50 mil. Crime foi registrado em 2017, em Alta Floresta.

17 de Setembro de 2019 as 16h42

Estado

Menina de 9 anos morre afogada após almoçar e entrar em piscina de plástico em MT

A criança foi retirada da piscina por familiares e levada para a policlínica do bairro, ainda respirando, mas desacordada.

17 de Setembro de 2019 as 16h36

Estado

Jovem é arrastado por correnteza durante banho de rio, se afoga e corpo é localizado 2 dias depois em MT

Corpo de rapaz de 23 anos foi encontrado pelos bombeiros a aproximadamente 7 km do local onde se afogou .

17 de Setembro de 2019 as 16h31

Estado

Edital lançado pelo governo de MT credencia médicos legistas para atender 17 municípios que não têm Politec

Governador explicou que todos os profissionais habilitados participarão de um treinamento para atuar.

17 de Setembro de 2019 as 16h25

Estado

Assaltantes invadem casa, fazem família refém e roubam dois carros em Cuiabá

A família foi amarrada e trancada dentro de um banheiro da casa.

17 de Setembro de 2019 as 16h21

Estado

Ibama apreende madeira ilegal e aplica R$ 4,7 milhões em multas em 20 fazendas em MT

Fiscais suspeitam que madeira foi retirada da Terra Indígena Areões onde 219 mil hectares foram destruídos por queimadas. Ninguém foi preso.

17 de Setembro de 2019 as 16h14

Estado

Pai e filho são encontrados mortos fora de avião que caiu e explodiu em MT, dizem bombeiros

A aeronave pegou fogo ao bater no solo. Um morador flagrou o momento em que o avião perdeu altitude e caiu; pai era empresário e o filho, engenheiro.

17 de Setembro de 2019 as 16h07

Estado

Inscrição para concurso do Coren-MT pode ser feita até domingo; salário chega a R$ 5,6 mil

São ofertadas 21 vagas para os cargos de enfermeiro, administrador, assistentes de administração (nível médio) e técnico em secretariado.

17 de Setembro de 2019 as 16h04

Estado

Moradores de 58 municípios mato-grossenses são premiados pela Nota MT

Dos 996 premiados, cerca de 60% são moradores de Cuiabá; Várzea Grande teve 107 ganhadores

17 de Setembro de 2019 as 15h59

Estado

Saúde faz mutirão de serviços e entrega aparelhos auditivos, cadeiras de rodas e próteses

Outros diversos serviços serão ofertados entre quarta e sexta-feira (18 e 20), das 8h às 17h, no Cridac, em Cuiabá

17 de Setembro de 2019 as 15h55

Estado

Homem é preso por tráfico e com bilhete com pedido de compra de drogas

Durante uma busca na casa do suspeito, os policiais encontraram um bilhete com pedido de droga.

17 de Setembro de 2019 as 15h49

Estado

Procon-MT concorre a vagas nos conselhos de usuários das empresas de telecomunicações

A votação está aberta até quarta-feira, dia 18 de setembro, no site das operadoras.

17 de Setembro de 2019 as 15h39

Estado

Alunos aprendem a preservar a natureza com aulas práticas de química

Os estudantes desenvolveram várias atividades trabalhando com a decantação, destilação, filtração, peneiração, mistura cristalina, sifonação e separação magnética que é encontrado nas recicladoras de lixo.

17 de Setembro de 2019 as 15h32

UTI Aérea

UTI aérea é comprada nos EUA e governador diz que deve economizar com transporte de pacientes em MT

Aeronave custou cerca de 650 mil dólares aos cofres públicos. Atualmente, o estado gasta em R$ 1,5 milhão a R$ 2 milhões mensais com transporte de pacientes.

17 de Setembro de 2019 as 14h10

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Quem é o maior responsável pelas queimadas em Mato Grosso?

A população

As autoridades públicas

Os órgãos ambientais

O clima

Parcial
veja +

COTAÇÃO