Estado

Manifestantes sem-terra bloqueiam rodovia em MT para cobrar reforma agrária

Famílias acampadas cobram agilidade nos processos de desapropriação de áreas a fim de promover a reforma agrária.Trecho da BR-163 está totalmente interditado e PRF orienta motoristas a evitarem essa rota.

Manifestação | 16 de Novembro de 2017 as 21h 51min
MT Agora - G1 MT

Manifestantes bloqueiam BR-163 entre Nova Santa Helena e Itaúba (Foto: PRF-MT/Divulgação)

Cerca de 100 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) bloqueiam desde as 6h (7h no horário de Brasília) desta quinta-feira (16) trecho da BR-163, entre os municípios de Itaúba e Nova Santa Helena, a 599 km e a 622 km de Cuiabá, respectivamente, para cobrar reforma agrária. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a rodovia está interditada nos dois sentidos.

"Orientamos aos motoristas que evitem passar por esse trecho para que não fiquem parados no bloqueio. Nessa região nem o telefone celular funciona", afirmou o policial rodoviário federal Leonardo Ramos.

No documento entregue à PRF, o MST diz que a manifestação tem a participação de moradores de quatro assentamentos da região norte do estado. São eles: União Recanto Cinco Estrelas e Boa Esperança, no município de Novo Mundo, a 791 km de Cuiabá; Renascer, de Nova Guarita, a 667 km da capital, e Irmã Dorothy Stang, de Nova Canaã do Norte, a 696 km de Cuiabá.

Segundo o ofício, a manifestação será realizada entre 6h e 11h, sendo retomada à tarde, com bloqueio das 13h às 17h. "Esperamos sensibilizar as autoridades competentes e a opinião pública para que sejam garantidos os nossos direitos e que sejam cumpridas nossas pautas", diz o documento.

Os manifestantes cobram a reforma agrária desses assentamentos e detalham a situação de cada um deles. No Assentamento Irmã Dorothy Stang, por exemplo, os sem-terra cobram do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) o cumprimento do prazo para que os técnicos vistoriem a área da Fazenda JAP a fim de desapropriá-la.

Eles também reivindicam que o Incra faça um levantamento em todos os acampamentos para a distribuição de cestas básicas às famílias que estão em situação de vulnerabilidade social, enquanto aguardam a terra.

Sobre o Assentamento União Recanto Cinco Estrelas, em Nova Canaã do Norte, o MST reivindica da Justiça Federal a imissão de posse da área, com base em uma decisão já dada pelo juiz federal de Sinop, a 503 km de Cuiabá, Murilo Mendes, e "autorize o Incra a assentar as famílias que estão muito tempo debaixo de lona esperando serem assentadas, como de conhecimento das autoridades".

No ofício, os assentados, em defesa dos moradores do Acampamento Boa Esperança, em Novo Mundo, cobram agilidade no processo de retomada da Fazenda Araúna. O processo, segundo o MST, está concluso para sentença.

Também consta na pauta de reivindicações a agilidade no andamento do processo a respeito da desapropriação de uma área em Nova Guarita, para beneficiar os moradores do Acampamento Renascer e que os processos que estavam suspensos voltem a tramitar.

"Que os processos suspensos por conta de uma perícia voltem a tramitar para fins de reforma agrária o mais rápido possível, pois a mesma não tem nenhum fundamento legal, sem porte de documentos que comprovem o resultado dessa perícia, já que o Incra e a AGU (Advogacia Geral da União) têm se manifestado contra, com documentações que comprovam que a Gleba Gama é área da União", diz trecho do documento.

Os sem-terra também pedem um posicionamento do Ministério Público Federal (MPF) acerca da mororidade nos trâmites para a reforma agrária. "Já são mais de 10 anos de espera na luta por uma terra, na sua totalidade área da União".

COMENTARIOS

Mais de Estado

Danos

Exploração de garimpo em Poconé (MT) causa rachaduras em paredes de casas, reclamam moradores

Município tem 28 mineradoras licenciadas, sendo quatro delas que atuam em perímetro urbano. Secretaria Municipal de Meio Ambiente deve enviar equipe para avaliar a área explorada.

21 de Agosto de 2018 as 13h08

Foi Morta No Paraguai

Corpo de estudante de medicina achada morta no Paraguai é velado em Câmara de Vereadores em MT

Erika de Lima Corte, de 29 anos, foi achada morta em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. O corpo dela foi levado para o município de Pontal do Araguaia (MT), onde é velado.

21 de Agosto de 2018 as 12h57

Acidente

Caminhonete capota após atingir animais em rodovia em Mato Grosso

Com o impacto, a caminhonete teve uma das lanternas traseiras arrancadas, lateral esquerda amassada e o capô também ficou danificado.

20 de Agosto de 2018 as 21h17

Decisão Da Justiça

Polícia doa 171 pares de tênis apreendidos para famílias carentes de Cuiabá

Ao todo, cerca de 30 famílias devem ser beneficiadas com a doação dos produtos. Tênis foram apreendidos em 2015 durante operação contra comércio de produtos falsos.

20 de Agosto de 2018 as 21h02

Clima

Nova frente fria atinge alguns municípios de Mato Grosso

A nova frente fria que chegou neste domingo (19) ao Sul do Brasil é acompanhada de uma grande e forte massa de ar polar e atinge parte do Centro-Oeste, diminuindo a temperatura em algumas cidades também em Mato Grosso.

20 de Agosto de 2018 as 20h51

Campanha De Vacinação

Mais de 50% do público-alvo ainda deve ser vacinado contra polio e sarampo em MT

O objetivo é imunizar 202.216 crianças de um ano até quatro anos, 11 meses e 29 dias de idade. Campanha de vacinação segue até o dia 31 de agosto em todo o país.

20 de Agosto de 2018 as 20h35

Veja Mais
Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Ensolarado com muitas nuvens

27º

COTAÇÃO