Estado

Mato Grosso é destaque na revista Exame por implantar coaching na gestão pública

O resultado mensurado até o momento foi a criação de metas para o acompanhamento de processos internos

Coaching | 22 de Janeiro de 2018 as 08h 26min
MT Agora - Lorena Bruschi | Seges-MT

Assinatura do decreto que institucionaliza o coaching na gestão pública de Mato Grosso.

A secretaria de Estado de Gestão (Seges) foi destaque na revista nacional de negócios Exame pelo trabalho realizado com o Coach na Gestão Pública. A reportagem aborda o panorama da busca pela produtividade e qualidade dos serviços no setor público do País, e cita Mato Grosso pelo resultado animador com a implantação do coaching no serviço público.

O Programa de Liderança e Coaching para os Gestores Públicos teve início em novembro de 2015 com o objetivo de transformar gestores públicos em líderes coaches, e assim contribuir com transformação da cultura do setor público. Em sua 18ª edição, o programa ja capacitou mais de 400 líderes e atendeu mais de 20 secretarias do Estado.

“É muito importante ver este trabalho dando certo, a formação dos líderes contribui para a cultura da eficiência, e da excelência no serviço prestado para a sociedade que tanto queremos consolidar cada vez mais no serviço público”, conta o secretário de Gestão, Júlio Modesto. 

O resultado mensurado até o momento foi a criação de metas para o acompanhamento de processos internos, conta o secretário Ajunto de Gestão de Pessoas, Carlos Campello. Ele cita que antes do sistema, a papelada chegava a ficar parada cinco meses na mesa de um funcionário, sem resolução. Agora o prazo estimado é de um mês. 

Capacitação

Os cursos são ministrados após uma seleção dos gestores. A seleção é realizada por meio de uma palestra de apresentação e alinhamento do Programa para que o gestor tenha consciência de como funciona o processo e decida se poderá cumprir todas as etapas. Os que desejarem participar e não puderem em detrimento do número de vagas entram para uma lista de espera para realizarem o curso em outra oportunidade.

Após a seleção, são enviadas as pesquisas para elaboração do conteúdo que será ministrado no decorrer das 40 horas divididas em quatro módulos que compõem o programa, juntamente com as ações extraclasse. A dinâmica dos trabalhos é interativa e reflexiva, utilizando como metodologia o coaching, aprendizagem experiencial e andragogia. Utilizam-se também várias ferramentas que auxiliam no desenvolvimento de cada líder dentro do processo.

Após a implantação do coaching como ferramenta começou a preparação dos novos líderes pelo projeto “Academia de Novos Líderes”. A intenção é fomentar na cultura organizacional do Estado a preparação de servidores com conhecimento técnico e habilidade comportamental e assim alavancar o Poder Executivo, com resultados positivos com menos custo. A busca de servidores que irão atuar como facilitadores ultrapassou a 1000 candidatos que se disponibilizaram a participar deste novo projeto. Isso já é um reflexo da implantação do coaching como ferramenta de liderança.

A mentora deste programa é a servidora pública e master coach Tatiane Barbieri que idealizou o Programa que foi institucionalizado como programa de governo por meio da assinatura de decreto e que fez Mato Grosso ser o primeiro estado do país a ter coaching instituído na gestão pública. Conforme Barbieri, além de melhorar a área profissional, a metodologia também melhora a vida pessoal e assim temos servidores mais felizes e produtivos.

Veja a matéria completa na revista Exame aqui.  

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

24º

COTAÇÃO