Estado

Médicos credenciados a plano de saúde só atendem bem se houver o pagamento de consulta

Pagando bem, agenda tem

Redação | 01 de Março de 2012 as 13h 01min
MT Agora - Diário de Cuiabá

Em Cuiabá, diversos médicos credenciados à Unimed que atuam em clínicas e consultórios estão cobrando pela primeira consulta e dificultando ou criando pretextos para continuar atendendo os segurados pelo convênio da cooperativa de serviços médicos e hospitalares. 

Nesta semana, uma segurada, que prefere não ser identificada, passou horas ao telefone tentando agendar uma consulta com um ginecologista. Ela conseguiu somente depois do contato com o quinto consultório. 

Em comum entre os quatro primeiros médicos estava a exigência do pagamento da primeira consulta. Os valores informados variavam de R$ 200 a R$ 300. 

A reportagem constatou não apenas a cobrança para esse primeiro contato médico-paciente, como verificou, em alguns casos, que pelo convênio não há vagas para os próximos nove meses. Isso mesmo, até o final do ano nenhum segurado conseguirá agendar consulta pelo convênio. 

Entretanto, se concordar em pagar o valor estipulado pelo médico, no caso em questão R$ 300, terá vaga na “atribulada” agenda dele para a próxima semana. 

O presidente da Unimed, João Bosco de Almeida Duarte, afirma que a cooperativa faz o acompanhamento do processo de marcação de consultas e que em especialidades como ginecologia e psiquiatria o tempo médio tem variado de dois a cinco dias, menos que o previsto em resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que obriga os planos a ofertar o atendimento médico básico, consultas de pediatria, ginecologia e clínica geral em, no máximo, sete dias. Para urgência e emergência deve ser imediato. 

Médico especialista na área de Urologia, João Bosco argumenta ainda que em vários casos trata-se de uma preferência do paciente ou cliente, que acaba optando pelo pagamento particular do médico “famoso” e que, conforme ele, também atende outros planos de saúde. 

Porém, João Bosco reconhece que atitude não é correta e que a Unimed conta com serviço de atendimento ao cliente (SAC – 0800-647-3008) e uma central de agendamento de consultas, que são mecanismos que os cooperados podem utilizar para garantir o atendimento. 

“O SAC conta com 15 funcionários. O cooperado liga, deixa o telefone e o funcionário providencia o agendamento. Muitas vezes na hora é resolvido”, afirma. Reclamações também podem feitas à ouvidoria da cooperativa, por meio do site www.unimedcuiaba.com.br. 

Conforme João Bosco, caso seja confirmado que o médico vem dificultando o atendimento, ele é chamado para dar explicação. “O paciente tem direito e o médico tem que ter disponibilizar um horário para atender”, afirma. 

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

30º

COTAÇÃO