Prevenção

MPE, MPF e MPT notificam Governador a suspender decreto que libera comércio

Foi estabelecido um prazo de 24 horas para que o governador se manifeste se irá, ou não, cumprir a recomendação.

Fonte: Clênia Goreth | Assessoria
26 de Março de 2020 as 17h 35min

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho requereram ao governador Mauro Mendes a suspensão dos efeitos do Decreto 426/2020, que relaxou as medidas restritivas de prevenção ao coronavírus, liberando praticamente todo tipo de atividades comerciais e industriais. O ofício foi protocolado nesta quinta-feira (26).

Além de apresentar estudos e justificativas técnicas que apontam para a ocorrência de mais de oito mil mortes no Estado caso não sejam adotadas medidas estritas de isolamento, os membros dos Ministérios Públicos argumentam que os incisos que alteraram o Decreto Estadual 425/2020 são inconstitucionais.

No ofício enviado ao chefe do Poder Executivo, o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, o procurador-chefe do MPT/M, Rafael Mondego Figueiredo, o promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes, a procuradora da República Denise Muller Slhessarenko e a procuradora do Trabalho Tathiane Nascimento solicitam que os efeitos do referido decreto sejam suspensos por ao menos 15 dias. Foi estabelecido um prazo de 24 horas para que o governador se manifeste se irá, ou não, cumprir a recomendação.

“A partir do momento em que se permite o funcionamento de atividades não essenciais nos termos previstos na legislação nacional, o Estado de Mato Grosso está colocando em risco a sua população, eis que as diretivas da Organização Mundial de Saúde indicam o isolamento social como medida mais adequada no trato com a pandemia”, alertam os procuradores que subscrevem o ofício.

Acrescentam ainda que muitas das atividades liberadas podem ser realizadas via teletrabalho e outras podem ter o funcionamento limitado para casos de extrema necessidade. Eles observam também que o novo decreto não estabelece a responsabilidade das empresas que não seguirem as normas sanitárias e nem detalha como será feita a fiscalização pelo poder público para assegurar que as medidas de precaução serão cumpridas.

De acordo com um estudo realizado pela Fiocruz, a região de Cuiabá está entre os 40 lugares do Brasil com maior risco de disseminação grave da pandemia. Médicos do Hospital Universitário Júlio Müller, em comunicação oficial também solicitou ao Governo que revise o Decreto, por sua incompatibilidade com as necessidades da saúde pública e das características da pandemia em questão.

“Torna-se necessário comunicar ao Estado de Mato Grosso que as referidas disposições do Decreto Estadual Nº 425/2020 encontram-se em desacordo com a norma federal pertinente, acarretando aglomerações que devem ser evitadas em nome da saúde pública e da vida das pessoas”, finalizam.

Acesso o Ofício, aqui


COMENTARIOS

Mais de Estado

Atualização

SES monitora 11 casos confirmados e 385 suspeitos de coronavírus em MT

Pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do estado e dos municípios

26 de Março de 2020 as 17h56

Novo Decreto

Novo decreto de Mauro autoriza comércio abrir as portas em todo o estado

Decreto mantém medidas de isolamento social e segue orientação da Sociedade Brasileira de Infectologia

26 de Março de 2020 as 10h36

Reunião

Estado cobra liberação de R$ 1 bilhão do FEX para combater coronavírus

Mauro Mendes e governadores do centro-oeste conversaram com presidente da República

24 de Março de 2020 as 18h18

Comércio Fechado

Governador de MT diz que cidades que não têm registros de Covid-19 não precisam fechar todo o comércio

Mauro Mendes alerta para o risco de desabastecimento e aumento no índice de criminalidade.

24 de Março de 2020 as 18h11

Efeito COVID-19

'Se pararmos de trabalhar, morreremos todos de fome', diz governador de MT

A previsão é que a arrecadação diminua cerca de 30% em abril. Mauro Mendes afirmou que não tem como pagar salário se não entrar receita no estado.

24 de Março de 2020 as 18h06

Medida Urgente

Entenda como será possível construir 200 leitos em apenas duas semanas

Modelo do projeto prevê a montagem das paredes com painéis isotérmicos. Uma estrutura eficiente de fácil montagem que reduz do tempo de obra

23 de Março de 2020 as 21h18

Atualização

Segunda-feira (23): SES monitora 6 casos confirmados e 210 suspeitos de coronavírus em MT

Pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios

23 de Março de 2020 as 21h14

Fake News

Polícia Civil checa origem de informações falsas que circulam nas redes sociais

População deve buscar informações sobre o coronavírus pelos órgãos oficiais como o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado de Saúde

23 de Março de 2020 as 21h12

Novas Medidas

Estado proíbe bares e conveniências; restaurantes ficam restritos

Determinação visa coibir aglomerações nos locais, evitando o contágio

23 de Março de 2020 as 21h09

Saúde

Detran-MT suspende atendimento presencial em todo Estado

A suspensão imediata das atividades de atendimento ao público, inicialmente, será até o dia 05 de abril, podendo este prazo ser revisto a qualquer momento

23 de Março de 2020 as 21h07

Diagnótico

Teleconsultoria auxilia profissionais da saúde e esclarece dúvidas sobre coronavírus

O programa Telessaúde de Mato Grosso promove aulas sobre o tema. Já o Ministério da Saúde disponibilizou o telefone 0800 644 6543 e um link onde é possível acessar informações clínicas sobre o tratamento à COVID-19

23 de Março de 2020 as 21h03

Referência

Estado começa construção de 200 leitos no Hospital Metropolitano

Obras para ampliação da unidade começaram nesta segunda-feira (23.03) e devem ficar prontas nas próximas semanas

23 de Março de 2020 as 21h00

Pandemia

Sistema Penitenciário de Mato Grosso não possui nenhum caso suspeito de coronavírus

Em Rondonópolis, presa manteve contato com sobrinha que veio do exterior, contudo, não nem ela e nenhum familiar tiveram sintomas

23 de Março de 2020 as 20h57

Medidas Adotadas

Sefaz suspende atendimento presencial e telefônico como medida preventiva ao novo coronavírus

A Sefaz ressalta que mais de 90% dos serviços e informações fazendários estão disponíveis aos contabilistas e contribuintes, tanto pessoa jurídica como física, de forma online

23 de Março de 2020 as 20h54

Covid-19

PM realiza operações e rondas por medidas restritivas de prevenção ao coronavírus

Nos 141 municípios e todos os distritos mato-grossenses, policiais fiscalizam o funcionamento de bares, restaurantes, hotéis, igrejas, lojas, centros comerciais e outros estabelecimentos orientando proprietários e frequentadores

23 de Março de 2020 as 20h49

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO