MPF volta a pedir à Justiça envio da Força Nacional para garimpo ilegal

Órgão reiterou pedido já feito em ação contra a União na Justiça Federal. Área de garimpo ilegal, em Pontes e Lacerda (MT), voltou a ser invadida.

10/03/2017 - 06:09:34

   

O Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF-MT) voltou a pedir à Justiça Federal, nesta semana, para que a União encaminhe a Força Nacional para atuar na repressão da atividade de garimpagem ilegal na Serra da Borda, em Pontes e Lacerda, a 480 km de Cuiabá. A aréa, que chegou a ser desocupada em janeiro deste ano, voltou a ser invadida por cerca de três mil pessoas no último final de semana.

O pedido do MPF foi reiterado junto à ação civil ingressada pelo órgão em janeiro deste ano contra a União, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Na ação, o MPF requer que o governo federal e os órgãos apresentem um plano de desocupação e acabem com as atividades na área, alegando a onda de insegurança que existe no município desde que a região passou a ser explorada.

De acordo com o MPF, mesmo após as primeiras desocupações que ocorreram no final de 2015 e início de 2016, não houve atuação eficiente da União para combater as atividades na região e, levando-se em conta as ocorrências de disparos de armas de fogo na região  - inclusive contra equipes policiais -, a presença da Força Nacional é necessária.

O órgão ressalta, no pedido, que a atividade ilegal é exercida em uma faixa de fronteira, atingindo outros municípios da região, como Vila Bela da Santíssima Trindade, Nova Lacerda e Comodoro.

Exploração
Um dos pontos ressaltados pelo MPF é a necessidade de o DNPM apresentar um plano de gerenciamento do potencial minerário da região, uma vez que a exploração desordenada do subsolo pode gerar graves danos ambientais e sociais.

O órgão também solicitou a definição de um prazo para o DNPM decida sobre os requerimentos de pesquisa mais antigos realizados por mineradoras que tem interesse em explorar o solo, passo considerado essencial para que haja a concessão da exploração da região. Segundo o MPF, um prazo determinado pela Justiça é necessário porque um dos procedimentos relativos à Serra do Caldeirão demorou 25 anos para ser analisado pelo órgão.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Levantamento

BR-163: Trecho sob concessão registra queda de 30% nas mortes de motociclistas

Acidente

Homem é atingido por raio enquanto pilotava moto na chuva e morre em fazenda em MT

Balanço Epidemiológico

Mato Grosso tem 42 casos suspeitos de influenza e 8 mortes, diz secretaria

Saúde

Oferta de leitos de UTI em Mato Grosso cresce 73% entre 2015 e 2017

11/04/2018 -

Prefeito de Querência (MT) atropela anta e carro sai da pista na BR-070

Fernando Gorgen (PSB) e outros dois passageiros seguiam pela BR-070 no momento do acidente. Segundo a assessoria, ninguém ficou ferido.

11/04/2018 -

Duas carretas se envolvem em colisão na BR-163 em Sinop

Nos dois casos as causas e responsabilidades do acidente serão apuradas.

11/04/2018 -

Sinfra debate pavimentação de rota que vai reduzir em 370 km escoamento da safra

Com a pavimentação da rodovia, o escoamento da produção poderá ser feito de forma direta pela MT-140, economizando assim uma rota de 370 quilômetros de distância.

11/04/2018 -

Idoso morre afogado após escorregar em barranco e cair em rio em MT, diz polícia

Salvador Leandro Duarte, de 68 anos, estava embriagado quando se escorregou e caiu no Rio Araguaia em Araguaiana.

09/04/2018 -

Homem morre após cair dentro de bueiro sem tampa em Sinop (MT)

Suspeita é de que Celeste Lemes tenha morrido afogado depois de cair em bueiro. No entanto, perícia ainda deve apontar causas da morte.

09/04/2018 -

Após denúncia, fiscalização aponta irregularidades e interdita balanças de aeroporto de MT

Três das 20 balanças do Aeroporto Marechal Rondon apresentaram falhas. Uma delas apontou erro de pesagem de 2kg acima do permitido, em desfavor do consumidor.

09/04/2018 -

Motociclista é atingido por ônibus ao seguir na contramão e morre em Rondonópolis (MT)

Motociclista estava com uma mulher na garupa e invadiu a contramão na rua. Moradores dizem que é comum esse tipo de infração nessa região.

09/04/2018 -

Mais de 200 motoristas são flagrados furando pedágio em rodovia de MT

Em 2017, quase 2 mil motoristas furaram o pedágio na MT-130. Concessionária diz que em 6 anos deixou de lucrar mais de R$ 500 mil com as evasões.

09/04/2018 -

Mercearia onde assaltante foi morto durante tentativa de roubo em Cuiabá é incendiada

Na semana passada, dono de mercearia reagiu a um assalto e atirou em jovem de 28 anos, que morreu. Segundo a polícia, a suspeita é de que o incêndio tenha sido motivado por vingança.

09/04/2018 -

Vândalos derrubam dois radares eletrônicos na BR-163 em Sinop (MT)

Desde o início do ano, mais de 6 equipamentos foram depredados no mesmo trecho administrado por concessionária.

09/04/2018 -

Enfrentamento da hanseníase em Mato Grosso é prioridade de governo

Com a intensificação de busca ativa e de mutirões de diagnóstico, o governo do Estado e os municípios detectaram 3.426 casos novos da doença em 2017

05/04/2018 -

Creche é fechada após forro desabar por infestação de pombos em Cuiabá

Na segunda-feira (2), parte do teto da despensa da creche desabou por não suportar a quantidade de fezes e ninhos no local.

05/04/2018 -

Motorista de carreta estava bêbado e provocou acidente que matou casal e filha de 4 anos em MT, diz laudo

Acidente na BR-163 matou Lucas Buffon, Poliana de Lara e a filha deles. Motorista de carreta mentiu em depoimento dizendo que carro da família havia invadido a pista dele.

05/04/2018 -

Mais dois radares de fiscalização eletrônica na BR-163 são derrubados em Sinop

Os aparelhos, localizados nos quilômetros 823 e 824, nas proximidades do bairro Alto da Glória, foram encontrados danificados, esta manhã.

05/04/2018 -

Samu abre processo seletivo com 90 vagas em Mato Grosso

Vagas são para enfermeiros, técnicos de enfermagem, motorista de ambulância, auxiliar administrativo e assistente administrativo.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora