Estado

MT tem 3,5 mil novos casos de hanseníase em 2017 e Ministério da Saúde pede intensificação de campanhas

Somente neste ano foram mais de 2 mil casos suspeitos da doença no estado. Estado e municípios devem intensificar a busca de casos suspeitos para evitar outras contaminações.

Relatório | 10 de Agosto de 2018 as 16h 37min
Fonte: G1 MT

Reunião discutiu medidas para evitar o avanço da doença (Foto: Jéssica Alves/G1)

Em 2017, 3.577 novos casos de hanseníase foram diagnosticados em Mato Grosso, segundo relatório da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Os casos da doença foram motivo de uma reunião com servidores da pasta e representantes do Ministério da Saúde, na segunda-feira (6), em Cuiabá.

Durante a reunião, Carmelita Ribeiro Filha, que representa do Ministério, recomendou que a execução do Plano Estadual para o Enfrentamento da Hanseníase seja intensificado em todos os municípios.

Por meio desse plano, as secretarias municipais de saúde precisam realizar a “busca ativa” de pacientes e prevenção das pessoas que mantém contato dos doentes diagnosticados.

Um levantamento parcial feito em 2018 apontou que, de janeiro a agosto deste ano, 2.088 casos suspeitos de hanseníase foram diagnosticados.

Para tentar conter o avanço da doença, o Ministério e a SES devem realizar a capacitação de servidores dos 141 municípios do estado para identificar e tratar os casos, bem como a prevenção dos conviventes do paciente, em caso de diagnóstico positivo.

A SES também deve lançar um Guia Virtual de Hanseníase pelo Programa do Telesaúde para levar informação, esclarecimento e tirar dúvidas de profissionais da rede municipal de saúde sobre a doença.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

31º

COTAÇÃO