Para escoar safra, MT cobra melhoria na BR-163 no Pará

A rodovia já é a segunda rota mais importante para escoar a safra agrícola mato-grossense para os portos de Miritituba e Santarem

27/02/2017 - 22:42:12

   

As fortes chuvas que deixaram intransitável a rodovia federal BR-163, no Estado do Pará, têm prejudicado severamente o escoamento da safra de soja e milho de Mato Grosso. Cerca de 5 mil caminhões carregados, que seguiam para os portos paraenses do Arco Norte, estão parados em meio aos atoleiros em trechos da estrada.

O Governo de Mato Grosso tem cobrado providências emergenciais e estruturantes do Governo Federal. A rodovia já é a segunda rota mais importante para escoar a safra agrícola mato-grossense para os portos de Miritituba e Santarem, de onde os produtos são embarcados para mercados internacionais, como o da China e Europa. 

Por se tratar do pico da safra, as transportadoras já contabilizam aproximadamente R$ 50 milhões em prejuízos imediatos, e estimam perdas ainda maiores, caso a situação persista.

Cálculos da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), divulgados em nota oficial, indicam que para cada dia em que os portos ficam impedidos de embarcar mercadorias, o prejuízo para as empresas é de US$ 400 mil diários, com custos de elevação e “demurrage” (sobre-estadia). 

As duas associações estimam que nesta safra serão embarcados pelos terminais de Miritituba e Santarém cerca de 7 milhões de toneladas de soja e milho. Estes prejuízos do setor exportador são imediatamente repassados aos produtores mato-grossenses sob forma de frete mais caros e preços menores pagos pela produção local de soja e milho. Ou seja, os produtores e transportadores pararão a conta por muito tempo.

O Governo de Mato Grosso se solidariza com o Estado vizinho do Pará e com os empresários que acumulam prejuízos devido às péssimas condições da rodovia, em plena crise econômica nacional. De imediato, o Governo do Estado tem cobrado a trafegabilidade da rodovia, e, posteriormente, a pavimentação da BR-163 no Pará para melhorar o escoamento da safra.  

Apesar de não finalizada, a rota da BR-163 encontra-se em pleno funcionamento para o escoamento da safra de grãos. Caminhões com origem nos municípios agrícolas do norte de Mato Grosso levavam em média sete dias para chegarem aos portos do Sudeste, enquanto que para Miritituba são apenas três dias. O potencial de escoamento total é de 35 milhões de toneladas por esta rota.

O escoamento dos grãos de Mato Grosso pela BR-163 até o estado do Pará reduz em aproximadamente 1 mil quilômetros a distância aos portos, se comparada com a extensão da saída para o sudeste. Por isso, o Governo do Estado acredita que o problema precisa ser resolvido imediatamente, pois a situação afeta não somente os estados e empresários, mas todo o país.

A manutenção e a pavimentação da BR-163 são de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), que é vinculado do Ministério dos Transportes. Na atualidade, o trecho da divisa entre os estados de Mato Grosso e Pará até o porto de Miritituba é de 668 km, sendo que só 86% da pavimentação está concluída (faltam 90 km). Já de Miritituba a Santarém, o trecho é de 335 km, e, ainda, restam 86 km para asfaltar (75% concluído).

A Abiove e a Anec destacaram também que as chuvas reduziram a capacidade de tráfego da rodovia de 800 para 100 caminhões/dia. E desde o dia 14 de fevereiro, já não chegam caminhões nos terminais fluviais de Miritituba (PA).

O Estado de Mato Grosso acredita no potencial de exportação de soja e milho por esta rota, e na economia que poderia ser obtida se a rodovia estivesse totalmente pavimentada, ou, ao menos, em boas condições de trafegabilidade. Em uma conta conservadora, o Estado pontua que Mato Grosso perde mais de R$ 2 bilhões por ano devido à falta de pavimentação da BR-163 no Estado do Pará - 41 anos após a sua implantação. 

MT Agora - Folha Max

Mais Noticias

Coaching

Mato Grosso é destaque na revista Exame por implantar coaching na gestão pública

Acima do Peso

Cuiabá é a capital do Centro-Oeste com mais habitantes acima do peso, diz pesquisa

Frota de Veículos

Frota de veículos em Mato Grosso aumenta quase 60% em quatro anos

Pedágio

Tarifa de pedágio na MT-235 fica mais cara

04/01/2018 -

CGE alerta servidores sobre conhecimento da legislação e deveres funcionais

A principal vertente do Programa de Controle Disciplinar é a prevenção, ou seja, orientar os servidores acerca do que devem e não podem fazer no ambiente de trabalho

04/01/2018 -

Rodovias estaduais registram 12 acidentes sem vítima fatal

O número é menor que o registrado no mesmo período do ano passado, quando houve 15 acidentes.

04/01/2018 -

Governo repassa mais de R$ 2,3 bilhões aos municípios

Valor é referente ao período de janeiro a novembro de 2017 e foi maior que o enviado no mesmo período de 2016 às prefeituras

04/01/2018 -

Serviços essenciais, energia elétrica e saneamento lideraram reclamações no Procon em 2017 em MT

De acordo com o levantamento, divulgado nesta quarta-feira (3), de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2017, o Procon realizou 31.641 atendimentos.

03/01/2018 -

Transportados sem nota fiscal, 290 celulares avaliados em R$ 136 mil são apreendidos

Apreensão ocorreu no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. A empresa responsável deve responder a um Termo de Apreensão e Depósito (TAD).

02/01/2018 -

Mato Grosso terá 21 dias de feriados e pontos facultativos em 2018

Nos órgãos públicos e no Poder Executivo serão 10 pontos facultativos. Os feriados e pontos facultativos não devem afetar a prestação dos serviços considerados essenciais.

02/01/2018 -

PRF registra 2 mortes e redução de 10% de feridos em acidentes no Ano Novo em MT

Foram realizados 606 testes de alcoolemia, 1,5 mil registros de veículos com excesso de velocidade. Ainda, 32 motoristas ou passageiros estavam sem cinto de segurança.

02/01/2018 -

Padre de MT causa polêmica após postar foto com arma em rede social

Thiago Bruno publicou a imagem no WhatsApp Status e causou polêmica nas redes sociais. Um amigo dele gravou um vídeo alegando que a arma é objeto de decoração.

28/12/2017 -

Número de colisões frontais reduz 28% na BR-163

Quantidade de mortos caiu 42,5% em 2017, em relação a 2016

21/12/2017 -

Fluxo de veículos leves aumenta 65% na BR-163

Maior movimento durante o feriado prolongado é previsto para esta sexta-feira (22)

18/12/2017 -

Sefaz realiza Plantão Fiscal na região norte

Para ficar em dia com as obrigações fiscais, os devedores devem renegociar suas dívidas e efetuar, em janeiro de 2018, a solicitação para que ocorra uma nova inclusão como optante do Simples Nacional.

13/12/2017 -

FAB faz operação para resgatar corpos de família que estava em avião que caiu em área de mata em MT

Família decolou de distrito em Colniza em direção à Juara, no sábado (9). Os destroços do avião foram encontrados numa região de mata a 24 km de Juruena.

13/12/2017 -

Professora morre após carro ser esmagado por caminhão em rodovia de MT

Professora de 79 anos morreu no local do acidente, na BR-070, em Barra do Garças. Motorista disse à PRF que a vítima fazia uma ultrapassagem no momento do acidente.

13/12/2017 -

Criança de 3 anos é resgatada a 7 metros de altura ao ficar presa em corrimão de escada rolante em aeroporto em MT

Segundo a PM, o menino foi entregue aos pais sem lesões e ferimentos. Caso foi registrado no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

13/12/2017 -

Professora é internada após ingerir perfume supostamente colocado por aluno em garrafa d'água em MT

Minutos antes, professora tinha chamado a atenção de aluno que estava borrifando perfume em sala de aula, segundo o marido dela. Maria Célia de Oliveira Schoenherr é alérgica a perfume.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora