Período proibitivo da Piracema começa dia 1º de outubro em MT

A proibição segue até 31 de janeiro de 2018.

25/09/2017 - 20:27:09

   

O Conselho Estadual da Pesca (Cepesca) informa que o período de defeso da piracema se inicia no dia 1º de outubro nos rios que compõem as três bacias hidrográficas de Mato Grosso (Paraguai, Amazônica e Araguaia-Tocantins), incluindo as margens que compreendem os rios que ficam na divisa com os outros estados. A proibição segue até 31 de janeiro de 2018.

A secretária-executiva do Cespesca, Gabriela Priante, explica que a piracema coincide com a estação das chuvas, quando os peixes migratórios se deslocam rumo à cabeceira dos rios, em busca de alimentos e condições adequadas para o desenvolvimento das larvas e dos ovos. A desova também pode ocorrer após grandes chuvas, com o aumento do nível da água nos rios, que ficam oxigenadas e turvas. “Considerando tudo isso é que ficou estabelecido o período de defeso, que tem por objetivo possibilitar a renovação dos estoques pesqueiros para os anos seguintes”.

Quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado. Neste período, as ações de fiscalização serão intensificadas com parceria entre fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Batalhão da Polícia Militar e Proteção Ambiental (BPMPA), Juizado Volante Ambiental (Juvam), Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), Ibama e ICMBio.

Durante a piracema, só será permitida a modalidade de pesca de subsistência, praticada artesanalmente por populações ribeirinhas e/ou tradicionais, como garantia de alimentação familiar. A cota diária por pescador (subsistência) será de 3 kg ou um exemplar de qualquer peso, respeitando os tamanhos mínimos de captura estabelecidos pela legislação para cada espécie. Estão proibidos o transporte e comercialização de pescado oriundo da subsistência.

A modalidade pesque e solte ou pesca por amadores também estará proibida nos rios de Mato Grosso. Frigoríficos, peixarias, entrepostos, postos de venda, restaurantes, hotéis, e similares terão até o segundo dia útil após o início da piracema para informar à Sema o tamanho de seus estoques de peixes in natura, resfriados ou congelados, provenientes de águas continentais, excluindo os peixes de água salgada.

Não há permissão para declaração de estoque de pescado para pessoas físicas, senão para pescadores profissionais e com a apresentação da DPI (Declaração de Pesca Individual) emitida em seu próprio nome. Estão contemplados na resolução para o caso específico, peixes vivos nativos da bacia para fins ornamentais ou para uso como isca viva.

O Cepesca é um órgão deliberativo, responsável pelo assessoramento do Poder Executivo na formulação da política estadual da pesca, composto por 18 representantes de diversas instituições, entre elas: secretarias estaduais de Meio Ambiente (Sema), de Desenvolvimento Econômico (Sedec); Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema); Ibama; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat); Ministério Público Estadual (MPE); representantes das colônias de pescadores e do setor empresarial de turismo de pesca de cada uma das três bacias hidrográficas e de organizações ambientalistas.

Mudança do período

Até 2015, o período de defeso ocorria entre novembro e fevereiro. Mas estudos realizados pelas instituições que compõem o Cepesca, em atendimento à Notificação Recomendatória do Ministério Público Estadual (MPE) nº 01/2015, apontaram a necessidade de mudança em razão do comportamento reprodutivo dos peixes.

O monitoramento mostrou que diferente do que se imaginava, no geral, cerca de 75% dos peixes dos rios do Estado iniciam sua fase de ovulação em outubro; e em média 40% terminam esse período em janeiro. Foram mais de seis meses de monitoramento para se chegar a esta proposta, com a participação de inúmeros parceiros. “Considerando tudo isso é que ficou estabelecido o período de defeso, que tem por objetivo possibilitar a renovação dos estoques pesqueiros para os anos seguintes”, afirma Gabriela Priante.

Seguro defeso

A Lei 10.779, de 25 de novembro de 2003, dispõe sobre a concessão do benefício de seguro desemprego, durante o período de defeso, ao pescador profissional que exerce a atividade pesqueira de forma artesanal. Conforme o Art. 2º da lei, cabe ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receber e processar os requerimentos e habilitar os beneficiários, nos termos do regulamento.

Denúncias

A pesca depredatória e outros crimes ambientais podem ser denunciadas por meio da Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838; no site da Sema, por meio de formulário; nas unidades regionais do órgão ambiental ou ainda pelo aplicativo MT Cidadão.

Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema, via WhatsApp no (65) 99281-4144 (Ouvidoria), ouvidoria@sema.mt.gov.br ou no aplicativo MT Cidadão.

MT Agora - Sema-MT

Mais Noticias

Nível De Satisfação

Pela 2ª vez, Aeroporto Marechal Rondon tem maior evolução do país na visão de passageiros

Acidente Fatal

Homem morre em colisão de moto com uma carreta na BR-163

Tragédia

Paciente que fez cirurgia de catarata na Caravana da Transformação em MT sofre infarto e morre

Relatório

Conflitos agrários matam 136 pessoas nos últimos 30 anos em MT

19/10/2017 -

Redemoinho de areia cobre fazenda em MT e assusta moradores: ''Tampou tudo'', diz agricultor

Moradores se protegeram embaixo da mesa da cozinha com medo do redemoinho. Meteorologista diz que redemoinho de vento se forma com calor intenso e umidade baixa.

19/10/2017 -

Processos apuram indícios de corrupção de empresas ligadas ao VLT e de servidores da Setas

Se comprovados os atos lesivos praticados contra a Administração Pública, as pessoas jurídicas serão penalizadas com multas que variam entre 0,1% a 20% do faturamento bruto de cada uma das empresas, em acordo com a Lei Federal de Anticorrupção.

19/10/2017 -

Secretaria de Estado de Meio Ambiente a convida Exército para integrar plano de combate ao desmatamento ilegal

Desde 2006, a redução do desmatamento em Mato Grosso já evitou que mais de dois bilhões de toneladas de CO2 fossem lançados na atmosfera.

17/10/2017 -

Motorista morre após carro invadir pista contrária, bater em outro veículo e capotar na BR-364 em MT

Vítima tinha 62 anos e era natural de Goiás, segundo informações da PRF. Colisão frontal ocorreu próximo ao município de Pedra Preta, nesta terça-feira (17).

17/10/2017 -

Ministro da Justiça autoriza uso da Força Nacional em usina até 31 de dezembro após ameaça de invasão de índios

Indígenas protestam contra a construção de usina e alegam descumprimento de acordo com eles. Local onde obra é construída é sagrado para comunidade indígena, segundo carta de lideranças.

17/10/2017 -

Moradores encontram lobo-guará em terreno baldio em Colíder (MT)

Veterinário foi acionado para aplicar tranquilizante no animal após a captura. Animal foi solto a 80 km do perímetro urbano.

17/10/2017 -

MST ocupa 2 fazendas e uma área da prefeitura em Mato Grosso

Atos fazem parte dos protestos nacionais que ocorrem no país. Ocupações ocorrem em Dom Aquino, Nova Olímpia e Cáceres.

17/10/2017 -

Servidores do Detran-MT retomam parcialmente serviços após mais de um mês em greve

Serviços de licenciamento e habilitação foram retomados. Servidores entraram em greve para cobrar reajuste salarial.

17/10/2017 -

Índios dizem que local onde está sendo construída usina é sagrado e pedem suspensão de licença

Indígenas da etnia Munduruku alegam que acordo feito em julho não está sendo cumprido. Força Nacional está em Alta Floresta (MT) diante de clima de tensão e de ameaça de invasão a canteiro de obras de usina.

15/10/2017 -

Termina período proibitivo para queimadas em Mato Grosso

Em razão das condições climáticas favoráveis, o Comitê do Fogo deliberou pelo fim do período restritivo às queimadas, mas o monitoramento às áreas sensíveis, como unidades de conservação, permanece

15/10/2017 -

Motociclista é atropelado por caminhão e morre em MT

A vítima estava em uma Yamaha Sundown prata e foi atingidoa pelo veículo por volta das 5h.

15/10/2017 -

Seis pessoas ficam feridas em acidente na estrada para Chapada

Batida ocorreu na madrugada deste sábado, quando Fiat Uno invadiu pista contrária e atingiu Siena.

15/10/2017 -

Duas carretas batem de frente e interditam ponte em MT

A ponte que é de mão única, liga Canarana à Gaúcha do Norte.

15/10/2017 -

Professores relatam desafios vivenciados em sala de aula

''Eles nos depositam confiança, somos um espelho para essas crianças'', diz coordenador

15/10/2017 -

Sinop: Corpo de Bombeiros recebe uma viatura e volta a atender ocorrências

Os bombeiros estavam contando com a ajuda de parceiros para atender as ocorrências mais graves.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora