Estado

Pescadores proibidos de pescar na piracema estão sem receber o seguro defeso em MT

Pesca nos rios estaduais de Mato Grosso está proibida até o dia 31 de janeiro de 2019. Segundo a Federação de Pescadores Profissionais, os pagamentos devem ter inicio a partir do dia 29 de novembro.

Estão Sem Receber | 24 de Novembro de 2018 as 18h 28min
Fonte: Luiz Gonzaga Neto | TV Centro América

Os pescadores do estado estão sem receber o seguro oferecido pelo governo, no período da piracema desde outubro. A Federação de Pescadores Profissionais de Mato Grosso informou que a demora se deve ao fato de que o período do defeso no estado tem início um mês antes do restante do país.

Desde o início de outubro, os pescadores do estado estão proibidos de pescar no período de reprodução peixes se reproduzem. A pesca nos rios estaduais está proibida até o dia 31 de janeiro de 2019.

Eles recebem um seguro-desemprego de um salário mínimo pelo período de quatro meses, já que não poderão trabalhar nos rios. No entanto, o dinheiro não foi repassado.

O presidente da Federação de Pescadores Profissionais, Belmiro Miranda, explicou que o período do defeso no estado é diferente do restante do país, porque se inicia um mês antes. O período de proibição da pesca em Mato Grosso foi alterado em 2015.

“Tem um acordo com o INSS e nós prevemos que a partir do dia 29 de novembro, o seguro vai ser entregue para os pescadores”, disse.

Por meio de nota, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que depois que os pedidos são realizados, os requerimentos são processados e analisados. Também disse que o pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal, e que o dinheiro demora entre 10 a 15 dias para ser liberado.

Durante o ano passado, dos 7,7 mil requerimentos que foram analisados, cerca de 7,4 mil foram concedidos.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sábado

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO