Plano do governo Federal exclui ferrovia até Cuiabá

Relatório diz que prioridade de expansão da malha viária é só até Rondonópolis

03/09/2012 - 07:06:01

   

A vinda de uma ferrovia para Cuiabá está fora dos planos do Governo Federal, que prevê a injeção de nada menos que R$ 91 bilhões em investimentos no setor, nos próximos anos. 

A “sentença” para a Capital mato-grossense consta no relatório “Economia Brasileira em Perspectiva”, lançado pelo Ministério da Fazenda.

Na prática, o documento oficial enterra, mais uma vez, o sonho histórico de Cuiabá, arraigado no imaginário local, da chegada dos trilhos à Capital de Mato Grosso.

O relatório deixa clara a prioridade de expansão da malha viária somente até o município de Rondonópolis (212 km ao Sul da Capital), polo agroindustrial, por meio da extensão dos dormentes da Ferronorte (Ferrovia Vicente Vuolo).

Em paralelo, está execução Fico (Ferrovia de Integração Centro-Oeste) que integrará os grandes Centros do país à região de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), hoje o grande motor do processo de verticalização da economia de Mato Grosso. 

No município cravado no Médio-Norte do Estado, várias indústrias já se instalaram nos últimos anos para transformar matérias-primas agropecuárias em produtos finais para o consumo.

O novo relatório lançado pelo Governo Federal, sob a rubrica do Ministério da Fazenda, se contrapõe à antiga promessa política da chegada dos trilhos a Cuiabá. 

A passagem de uma ferrovia pela Capital é reconhecida por economistas, formadores de opinião e especialistas em logística como indutora de desenvolvimento não apenas para Cuiabá, mas toda a região metropolitana - que amarga indicadores econômicos e sociais preocupantes nos últimos anos.

A leitura analítica comum nesses segmentos é a de que, nos vagões do trem, Cuiabá agregaria valor ao cenário econômico local com a instalação de novas indústrias e a geração em massa de empregos e renda. 

Num paralelo, tem-se como referência as cidades de Alto Taquari e Alto Araguaia, no Sul de Mato Grosso, onde a chegada da Ferronorte deram dinamismo e impulso às economias locais.

As obras da ferrovia seguem rumo a Rondonópolis, de onde não há qualquer perspectiva de avanço dos trilhos rumo a Cuiabá.

Megainvestimento

Na prática, a Capital de Mato Grosso fica de fora de um montante de R$ 91 bilhões em investimentos em ferrovias no Brasil, por meio do Programa em Investimentos de Logística, a mais nova etapa do PAC. 

Conforme dados do Governo Federal, serão R$ 56 bilhões aplicados em 5 anos e outros R$ 35 bilhões nos 25 anos subsequentes, num total de 10 mil quilômetros de trilhos em todo o país.

Tais investimentos têm como foco a integração com outros modais de transporte – incluindo investimentos paralelos na malha viária do país (que incluem a BR-163 em Mato Grosso e outras rodovias), portos e aeroportos, com o propósito maior de integrar as cadeias produtivas do país, conforme o governo federal.

“O que fica evidente ao ver os planos do Governo é que Cuiabá está fora da rota da produção no país e do desenvolvimento. Cuiabá não pode aceitar ficar à margem desse processo, não pode aceitar perder o trem da história. Inclusive, temos informações diretamente de Brasília de que a promessa de que estão sendo feitos estudos para constatar a viabilidade da ferrovia até Cuiabá continuarão sendo entoadas para enganar a população de Cuiabá”, diz uma fonte ligada à política local, com forte trânsito na Capital Federal.

Documento


 O Relatório “Economia Brasileira em Perspectiva”, publicado pelo Ministério da Fazenda, de acordo com o próprio documento, “consolida e atualiza as principais variáveis econômicas do Brasil” e é o resultado de trabalho conjunto de órgãos como o Ministério dos Transportes, Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e Receita Federal.

Confira abaixo, em anexo, o relatório produzido pelo Ministério da Fazenda que aponta os investimentos em ferrovias e infraestrutura de transportes, entre outros itens.

MT Agora - Mídia News

Mais Noticias

Sem Nota Fiscal

Sefaz apreende mais de R$ 700 mil em mercadorias sem nota fiscal em MT

Fecomércio-MT

Presidente interino da Fecomércio-MT diz ter sido impedido de trabalhar e registra BO

Obras

Obras na BR-163 ocorrem hoje e na quarta-feira no feriado de Carnaval

Se Dirigir não Beba

Detran lança campanha para trânsito seguro no Carnaval

05/02/2018 -

Casos de HIV em adultos crescem 255% em MT; foliões devem usar preservativos

As Infecções Sexualmente Transmissíveis são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual sem o uso de camisinha masculina ou feminina

05/02/2018 -

Caminhões parados em rodovia no PA causam prejuízo a transportadoras de MT e atrasam escoamento da produção

Caminhoneiros passam até 125 horas retidos em rodovia, segundo o Dnit. Chuvas em trecho em obras na serra dificultam passagens de veículos de carga.

03/02/2018 -

Ministério da Saúde recomenda vacina de febre amarela em 141 municípios de MT

As secretarias Municipal e Estadual afirmam que em todo o Estado a vacina é oferecida e pode atender toda a demanda.

27/01/2018 -

Asfalto cede e trecho da BR-364 em MT fica totalmente interditado

Desmoronamento ocorreu nessa sexta-feira (26) após fortes chuvas. Tráfego foi impedido nos dois sentidos, mas neste sábado uma faixa foi liberada.

26/01/2018 -

Aos 111 anos, viúva que criou as sete filhas sozinha em MT comemora longevidade

Baiana de nascença, Maria Olímpia se mudou para MT na juventude. Mudança foi feita a cavalo. Ela se casou duas vezes e teve nove filhos, mas dois morreram.

26/01/2018 -

Mato Grosso gerou quase 16 mil novos postos de emprego em 2017, diz Caged

Apesar do saldo positivo em alguns estado e regiões, as demissões superaram as contratações no Brasil. Dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho.

26/01/2018 -

MT tem um caso de febre amarela sob investigação, diz Ministério da Saúde

Caso suspeito foi registrado entre julho de 2017 e janeiro de 2018. A Secretaria Estadual de Saúde contesta o dado e diz que nenhum caso foi registrado no período.

25/01/2018 -

Número de vagas de estágio aumenta 17% em MT neste ano

Cerca de 2,1 mil vagas de estágio estão abertas no estado. Parceria com novas empresas e órgãos públicos elevaram o número de vagas, avalia supervisor do Ciee.

25/01/2018 -

Ferrovia entre MT e SP já recebeu investimentos de R$ 200 mi e deve receber fertilizantes em abril

Além dos benefícios operacionais e financeiros, o terminal também deve trazer ganhos ambientais, com significativa redução de emissão de poluentes.

24/01/2018 -

Agricultores familiares investem em turismo rural para atrair visitantes e aumentar a renda em MT

Lei estadual permite turismo em áreas de agricultura familiar. Agricultor tem investido em pomar de frutas para receber os visitantes e pretende fabricar vinho e geleia de jabuticaba no local.

22/01/2018 -

Mato Grosso é destaque na revista Exame por implantar coaching na gestão pública

O resultado mensurado até o momento foi a criação de metas para o acompanhamento de processos internos

17/01/2018 -

Cuiabá é a capital do Centro-Oeste com mais habitantes acima do peso, diz pesquisa

Ao todo, 57,6% dos moradores que vivem em Cuiabá estão com excesso de peso. No ranking nacional, Cuiabá é a quarta capital com maior número de moradores acima do peso.

12/01/2018 -

Frota de veículos em Mato Grosso aumenta quase 60% em quatro anos

Número de veículos subiu de 1,4 milhão em 2012 para 1,9 milhão em 2016. Dados são de um levantamento feito pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

09/01/2018 -

Tarifa de pedágio na MT-235 fica mais cara

Valor cobrado deve subir de R$ 6,40 para R$ 7,50. Praça de pedágio fica entre os municípios de Santa Rita do Trivelato e Nova Mutum.

04/01/2018 -

CGE alerta servidores sobre conhecimento da legislação e deveres funcionais

A principal vertente do Programa de Controle Disciplinar é a prevenção, ou seja, orientar os servidores acerca do que devem e não podem fazer no ambiente de trabalho

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora