Regime Semiaberto

PMs são condenados por torturar e violentar sexualmente preso em MT

Sapateiro foi torturado por policiais da Rotam em 2007 em Cuiabá. Juíza condenou policiais a 5 anos de prisão no regime semiaberto.

17 de Fevereiro de 2016 as 23h 54min

Três policiais militares acusados de torturarem e violentarem sexualmente um preso, em 2007, em Cuiabá, foram condenados pela Justiça a cinco anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto. De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), os policiais torturaram um sapateiro, na época com 46 anos, para que ele confessasse ter participado de um roubo a chácara de um sargento da polícia. A decisão do dia 19 de janeiro foi divulgada nesta terça-feira (16).

À Justiça de Mato Grosso, os três policiais, que respondiam o processo em liberdade, negaram ter torturado a vítima. Segundo o MPE, a tortura ocorreu nos fundos de um condomínio na capital mato-grossense, depois que os policiais apuraram um assalto e fizeram a prisão de duas pessoas. Os três policiais atuavam na Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam). A denúncia diz que um dos presos mentiu aos policiais, por medo, sobre a participação do sapateiro no roubo.

Dessa forma os três policiais fizeram a prisão do morador e o levaram até os fundos do condomínio. Algemado, o sapateiro foi agredido com chutes nas costas e no rosto. Para conseguir a informação da localização de um suposto suspeito, os policiais ainda abusaram sexualmente da vítima usando um cassetete e ameaçaram a família do sapateiro. Mesmo negando a participação no roubo, a vítima continuou sendo torturada até que confessasse o crime investigado pelos policiais.

Os PMs ameaçaram colocar o morador no porta-malas do veículo dele, atear fogo e jogar o carro em um barranco. Depois da série de torturas, o sapateiro foi levado até uma delegacia onde foi apresentado como assaltante. Em depoimento à Justiça, o morador relatou que ficou preso na cadeia por três meses pelo crime de roubo e acabou solto após esse período. Ele afirmou que ficou traumatizado com o que ocorreu.

A mulher do sapateiro também foi ouvida durante o processo. Ela reconheceu os policiais militares como sendo os mesmos que agrediram o marido dela, já que eles foram até a casa da família à procura do sapateiro.

A juíza da Sétima Vara Criminal, Selma Rosane Santos Arruda, estabeleceu a mesma pena para os três policiais, de cinco anos e quatro meses de prisão, e fixou o regime semiaberto.

“O crime praticado pelos réus não condiz com o cargo de policiais militares que exercem há anos. Os condenados, embora plenamente conhecedores dos mandamentos legais, cientes de que tinham o dever de agir com lisura, calma, ponderação e controladamente, fizeram o contrário e agiram em plena adesão de vontade, torturam um suspeito para obterem informação e sua confissão, utilizando-se, para tanto, da função que lhes confiou a sociedade”, declarou a juíza.

A magistrada ainda estabeleceu a perda do cargo público aos acusados.


MT Agora - G1 MT

COMENTARIOS

Mais de Estado

Dívidas

Governador alega dívidas bilionárias e prorroga estado de calamidade financeira em MT

O primeiro decreto neste sentido foi assinado em janeiro deste ano e possuía validade de seis meses, motivo pelo qual foi prorrogado por mais 120 dias.

18 de Julho de 2019 as 07h34

Energia Elétrica

Dívida da UFMT com energia elétrica é de R$ 5 milhões, segundo reitora

Para que o fornecimento de energia fosse restabelecido após corte, foi paga uma conta no valor de R$ 1,8 milhão. Campus ficaram 8 horas sem energia elétrica.

18 de Julho de 2019 as 07h32

Flagrante

Sucuri de cerca de 6 metros atravessa rodovia e para tráfego na BR-364 em MT

Animal atravessou trecho da rodovia na saída de Cuiabá, com sentido a Rondonópolis. Tráfego foi interditado para travessia do réptil, que mede cerca de 6 metros.

17 de Julho de 2019 as 23h38

Greve

Em greve, servidores da Educação ocupam galeria da ALMT durante sessão

Com palavras de ordem, os servidores cobravam o imediato fim do corte do ponto e a restituição dos valores descontados. Profissionais estão em greve há quase dois meses.

17 de Julho de 2019 as 23h33

Tragédia

Idosa, filha e genro morrem afogados após carro cair em rio em MT; passageira sobrevive ao quebrar vidro de veículo

Família era de Rondônia e voltava de carro do município de Colniza (MT). Motorista perdeu o controle da direção e caiu em rio.

17 de Julho de 2019 as 23h31

Honraria

Presidente do STF visita Mato Grosso na 5ª feira e será condecorado

A honraria tem o objetivo de homenagear pessoas naturais ou jurídicas que tenham prestado relevantes serviços à Justiça mato-grossense ou à cultura jurídica.

15 de Julho de 2019 as 23h58

Acidente

Motocicleta bate em animal silvestre e passageira tem traumatismo craniano em MT

Mulher foi transferida de avião para uma unidade de saúde com recursos em neurologia.

15 de Julho de 2019 as 23h52

Levantamento

MT registra 12 mortes por raiva em animais atacados por morcegos em 11 propriedades neste ano

Esse animais são mamíferos de hábitos noturnos, e alimentam-se do sangue de outros animais. Os morcegos transmitem o vírus da raiva.

15 de Julho de 2019 as 23h49

Aeroporto Marechal Rondon

Volume de importações aumenta e proporciona alta de 28,3% na movimentação de carga em MT

Índice de movimentação registrado no primeiro semestre foi de 33,6 toneladas de produtos.

15 de Julho de 2019 as 23h42

Levantamento

MT tem a 3ª maior taxa de morte de crianças e adolescente por motivos acidentais do Brasil

Com 13,98 mortes a cada 100 mil habitantes, Mato Grosso só fica atrás de Roraima (24,71) e Amapá (26,66). Os dados do levantamento fazem referência aos dados de 2017.

15 de Julho de 2019 as 23h37

Ranking

MT ocupa 5º colocação em geração solar do país, segundo pesquisa de associação nacional

Entre os municípios, Cuiabá ocupa a sétima posição no ranking nacional.

15 de Julho de 2019 as 23h28

Teve Alta Médica

Criança de 1 ano estrangulada pelo pai com abraçadeira tem alta médica em MT

Exame apontou que a menina teve o crânio fraturado e perda de parte da coordenação motora. Ela deu entrada no hospital em estado grave e ficou internada por oito dias.

15 de Julho de 2019 as 23h15

Período Proibitivo De Queimadas

Período Proibitivo de Queimadas começa nessa segunda-feira (15.07)

O Decreto publicado no Diário Oficial proíbe o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo entre os dias 15 de julho e 15 de setembro. Em áreas urbanas as queimadas são proibidas o ano todo.

15 de Julho de 2019 as 23h04

Estudo

Pesquisa da Unemat aborda as relações entre animais humanos e não humanos nas cidades

O estudo aborda sobre as relações entre animais e humanos e não humanos.

15 de Julho de 2019 as 22h55

Queimadas

Com recorde em número de focos de calor, período proibitivo em MT começa nesta segunda-feira (15)

Com 5.325 registros de janeiro a junho de 2019, o estado bateu o recorde em número de focos de calor, segundo o Inpe. Período proibitivo segue até o dia 15 de setembro.

15 de Julho de 2019 as 11h18

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO