Perdas Inflacionárias

Policiais, agentes prisionais e peritos decidem entrar em greve

Profissionais da Segurança também farão uma paralisação de 48h nos dias 24 e 25 de maio.

21 de Maio de 2016 as 07h 41min

Policiais civis e peritos participaram de protesto contra o não pagamento do RGA, em Cuiabá

Investigadores e escrivães da Polícia Civil, agentes prisionais, peritos e servidores do socioeducativo decidiram nesta sexta-feira (20) entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 30, em Mato Grosso.

Os profissionais protestam contra o posicionamento do Governo do Estado de não conceder a Revisão Geral Anual (RGA) na folha de pagamento deste mês.

Conforme a legislação estadual, em maio o Governo deveria dar a reposição referente à inflação do ano anterior. Portanto, os salários precisariam ser acrescidos do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a dezembro de 2015, que foi de 11,27%.

Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen), João Batista Pereira, as categorias também farão uma paralisação de 48h nos dias 24 e 25 de maio.

Policiais militares e bombeiros ainda vão decidir se aderem ou não aos protestos na próxima segunda-feira (23). Na última quarta-feira (18), o secretário de Estado de Segurança, delegado Elizandro Rogers Jarbas, afirmou que acredita no comprometimento dos profissionais da área para não aderir a nenhuma greve.

“A RGA é um direito do servidor, o Fórum Sindical – que representa o funcionalismo público do Estado – vem desde o ano passado apresentando diversas alternativas para o Governo incrementar a receita. Uma delas é a taxação do agronegócio. Bastava o Executivo ter implantado isso antes para não ter esse problema agora”, afirmou.

De acordo com Batista, durante os dias de paralisação e greve, os serviços de segurança serão mantidos nas unidades prisionais. Entretanto, os profissionais só vão atender em regime de plantão. Entre os serviços que não serão executados pela categoria, estão: escolta de presos, transferência de unidades e encaminhamento de reeducando para o trabalho e escola.

“Nosso objetivo não é trazer risco para a sociedade. Por isso vamos garantir em 100% a segurança nas unidades prisionais, mas só vamos atender em situações de urgência”, explicou o sindicalista.

O regime de plantão também será adotado pelos profissionais da Perícia de Identificação Técnica Oficial (Politec).

Já os servidores da Polícia Civil irão atender somente as ocorrências de flagrante. Isso significa que os crimes só serão investigados com a término da greve.

O presidente do sindicato dos investigadores da Policia Civil, Cledison Gonçalves, informou que caso o Governo apresente uma proposta para o pagamento da RGA antes do dia 30, as categorias irão se reunir para deliberar se aceitam. Com isso, a greve não terá início.

Porém, caso o Executivo insiste em apresentar uma proposta em junho, a greve só será encerra em junho.

“Está nas mãos do governador Pedro Taques. A RGA é nosso direito e não vamos abrir mão”, disse.

O Poder Executivo ainda não apresentou uma proposta aos servidores e disse que fará isso em junho. A equipe financeira do governador afirma que, se conceder a RGA, haverá atrasado salarial imediato.

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Policiais militares e bombeiros vão debater na noite da próxima segunda-feira (23) sobre as ações que serão tomadas após o Estado anunciar que não será concedida a reposição inflacionária prevista para o mês de maio.

A assembleia está marcada para às 20h, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá.

Os militares podem decidir sobre um possível aquartelamento. Isso porque, constitucionalmente, a greve da Polícia Militar é proibida.

“Precisamos nos unir e mostrar a nossa insatisfação com o tratamento diferenciado que o Estado de Mato Grosso tem dado aos servidores do Executivo e em relação aos demais poderes, como Ministério Público, Poder Judiciário e Assembleia Legislativa”, diz a convocação da assembleia assinada pela Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de Mato Grosso (ASSOF-MT), Associação dos Sargentos, Subtenentes, Oficiais Administrativos e Especialistas (ASSOADE), Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiros Militar de Mato Grosso (ACSMT) e  Associação dos Servidores Militares Inativos e Pensionistas do Estado de Mato Grosso (ASMIP). O panfleto foi elaborado antes de o governador em exercício Carlos Fávaro (PSD) vetar o projeto de lei que concede a RGA aos servidores do TJ.


MT Agora - Mídia News

COMENTARIOS

Mais de Estado

Dívidas

Governador alega dívidas bilionárias e prorroga estado de calamidade financeira em MT

O primeiro decreto neste sentido foi assinado em janeiro deste ano e possuía validade de seis meses, motivo pelo qual foi prorrogado por mais 120 dias.

18 de Julho de 2019 as 07h34

Energia Elétrica

Dívida da UFMT com energia elétrica é de R$ 5 milhões, segundo reitora

Para que o fornecimento de energia fosse restabelecido após corte, foi paga uma conta no valor de R$ 1,8 milhão. Campus ficaram 8 horas sem energia elétrica.

18 de Julho de 2019 as 07h32

Flagrante

Sucuri de cerca de 6 metros atravessa rodovia e para tráfego na BR-364 em MT

Animal atravessou trecho da rodovia na saída de Cuiabá, com sentido a Rondonópolis. Tráfego foi interditado para travessia do réptil, que mede cerca de 6 metros.

17 de Julho de 2019 as 23h38

Greve

Em greve, servidores da Educação ocupam galeria da ALMT durante sessão

Com palavras de ordem, os servidores cobravam o imediato fim do corte do ponto e a restituição dos valores descontados. Profissionais estão em greve há quase dois meses.

17 de Julho de 2019 as 23h33

Tragédia

Idosa, filha e genro morrem afogados após carro cair em rio em MT; passageira sobrevive ao quebrar vidro de veículo

Família era de Rondônia e voltava de carro do município de Colniza (MT). Motorista perdeu o controle da direção e caiu em rio.

17 de Julho de 2019 as 23h31

Honraria

Presidente do STF visita Mato Grosso na 5ª feira e será condecorado

A honraria tem o objetivo de homenagear pessoas naturais ou jurídicas que tenham prestado relevantes serviços à Justiça mato-grossense ou à cultura jurídica.

15 de Julho de 2019 as 23h58

Acidente

Motocicleta bate em animal silvestre e passageira tem traumatismo craniano em MT

Mulher foi transferida de avião para uma unidade de saúde com recursos em neurologia.

15 de Julho de 2019 as 23h52

Levantamento

MT registra 12 mortes por raiva em animais atacados por morcegos em 11 propriedades neste ano

Esse animais são mamíferos de hábitos noturnos, e alimentam-se do sangue de outros animais. Os morcegos transmitem o vírus da raiva.

15 de Julho de 2019 as 23h49

Aeroporto Marechal Rondon

Volume de importações aumenta e proporciona alta de 28,3% na movimentação de carga em MT

Índice de movimentação registrado no primeiro semestre foi de 33,6 toneladas de produtos.

15 de Julho de 2019 as 23h42

Levantamento

MT tem a 3ª maior taxa de morte de crianças e adolescente por motivos acidentais do Brasil

Com 13,98 mortes a cada 100 mil habitantes, Mato Grosso só fica atrás de Roraima (24,71) e Amapá (26,66). Os dados do levantamento fazem referência aos dados de 2017.

15 de Julho de 2019 as 23h37

Ranking

MT ocupa 5º colocação em geração solar do país, segundo pesquisa de associação nacional

Entre os municípios, Cuiabá ocupa a sétima posição no ranking nacional.

15 de Julho de 2019 as 23h28

Teve Alta Médica

Criança de 1 ano estrangulada pelo pai com abraçadeira tem alta médica em MT

Exame apontou que a menina teve o crânio fraturado e perda de parte da coordenação motora. Ela deu entrada no hospital em estado grave e ficou internada por oito dias.

15 de Julho de 2019 as 23h15

Período Proibitivo De Queimadas

Período Proibitivo de Queimadas começa nessa segunda-feira (15.07)

O Decreto publicado no Diário Oficial proíbe o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo entre os dias 15 de julho e 15 de setembro. Em áreas urbanas as queimadas são proibidas o ano todo.

15 de Julho de 2019 as 23h04

Estudo

Pesquisa da Unemat aborda as relações entre animais humanos e não humanos nas cidades

O estudo aborda sobre as relações entre animais e humanos e não humanos.

15 de Julho de 2019 as 22h55

Queimadas

Com recorde em número de focos de calor, período proibitivo em MT começa nesta segunda-feira (15)

Com 5.325 registros de janeiro a junho de 2019, o estado bateu o recorde em número de focos de calor, segundo o Inpe. Período proibitivo segue até o dia 15 de setembro.

15 de Julho de 2019 as 11h18

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO