Construção Civil

Secretaria de Educação de MT autoriza pagamentos a construtoras e pede mais participação em licitações

Ao todo, serão pagos cerca de R$ 2,6 milhões referentes a obras em municípios como Cuiabá, Sorriso, Primavera do Leste, Juara e Juína.

MT Agora - Seduc-MT
16 de Janeiro de 2017 as 23h 03min

A lista contendo o nome das empresas foi encaminhada à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para providência de liquidação. - Foto por: Junior Silgueiro

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) anunciou na sexta-feira (13.01) a autorização para pagamento de 27 medições referentes a obras executadas por construtoras em todo o estado. O anúncio foi feito pelo secretário Marco Aurélio Marrafon, durante reunião em seu gabinete com a Diretoria Executiva do Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon/MT) e associados. Nela, o dirigente detalhou providências decorrentes da nova dinâmica de trabalho para que o órgão “vire a página” em relação aos problemas enfrentados no ano de 2016.

Sobre o pagamento previsto, Marrafon informou que a lista contendo o nome das empresas foi encaminhada à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para providência de liquidação. Ao todo, serão pagos cerca de R$ 2,6 milhões referentes a obras em municípios como Cuiabá, Sorriso, Primavera do Leste, Juara, Juina, Colider, Peixoto de Azevedo, entre outros.

De acordo com o secretário, a providência anunciada é parte dos resultados obtidos por uma força-tarefa da Seduc, criada com o propósito de dar resolutividade às demandas do órgão.

“Vamos resolver os problemas do passado, para poder limpar a pauta. A ideia é atuar de uma maneira muito forte. Ficamos seis meses fechados, tentando compreender os problemas, encaminhar as soluções e organizar a casa. Por isso, é importante a participação e o apoio do Sinduscon e das construtoras. Sozinhos, não seremos capazes de avançar”, ponderou o titular da Seduc.

“Não queremos nada que não nos seja de direito. Posso assegurar que a grande maioria das construtoras trabalha dentro da legalidade. Queremos ser um instrumento de desenvolvimento para o Estado. Mas é preciso que cada um faça a sua parte. Uma planilha justa, respeito ao cronograma de pagamentos, projetos de boa qualidade e respeito aos termos do contrato. Pode contar conosco”, respondeu o presidente do Sinduscon/MT, Júlio Flávio Campos de Miranda.

Segundo ele, o pagamento de insumos da construção civil é feito ou à vista ou no máximo em 20 dias e, da mão de obra, até o dia 5º dia útil do mês. “Quando o poder público deixa de cumprir sua obrigação, fica bem difícil que a empresa cumpra a dela junto a fornecedores e trabalhadores. Em grande parte dos casos, a construtora vive exclusivamente de trabalhar para o poder público”, avaliou.

Marco Marrafon disse estar otimista de que todos esses problemas serão parte do passado. “A ideia, mais do que nunca, é fortalecer as parcerias; queremos estar juntos neste momento, estabelecer regras para pagamentos das construtoras, atuar pela elaboração de projetos de engenharia com qualidade para evitar prejuízos ao poder público e às empresas. Queremos um relacionamento muito mais transparente e republicano”, afirmou.

Licitações

O secretário salientou que os novos editais para obras de construção de escolas já virão com o novo tratamento de exigir mais “compliance” (plano de integridade) por parte das empresas, incluindo a cláusula anticorrupção.

“Queremos contar com o apoio do Sinduscon para denunciar irregularidades. Não haverá na Seduc nenhuma forma de malfeito. Não queremos que vocês sofram mais com isso. Espero essa reciprocidade. Estamos atuando na desburocratização da gestão, para que tudo esteja em dia e organizado, para que ninguém tenha que exigir nada que não seja de ordem legal”, afirmou.

Marrafon pediu que o sindicato estimule a participação das empresas nas concorrências públicas, competindo nos certames e atuando em uma comunicação mais direta nos processos. “Nossa contrapartida é cumprir as cláusulas contratuais, pagar em dia e oferecer projetos com qualidade”, esclareceu.

O encontro contou ainda com a participação do secretário-adjunto do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, Matheus Lourenço Rodrigues da Cunha; do assessor especial da Seduc, Ediulen de Jesus de Arruda Leite, e de empresários da construção civil.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Suspeito de tráfico é abordado carregando mala com drogas e é preso com outras duas pessoas em MT

Suspeito indicou uma casa onde teria comprado as drogas. No local, a polícia encontrou um casal com vários tabletes de drogas, dinheiro e um caderno de anotações.

13 de Novembro de 2019 as 15h43

Estado

Policial que atirou em jovem que atacou cliente com facão em sorveteria é homenageada em MT

Cláudia Kafer, de 32 anos, deu um tiro na perna de um jovem para evitar que continuasse a esfaquear um homem. Ela recebeu homenagem do Comando Geral da PM.

13 de Novembro de 2019 as 15h34

Estado

Mãe improvisa casa às margens de córrego para morar com os 3 filhos após despejo em Cuiabá

Casa é feita com madeira, chapas de alumínio e outros materiais improvisados. O local não tem energia e nem água encanada.

13 de Novembro de 2019 as 15h29

Estado

Ponte de madeira é interditada por risco de desabamento na MT-490

Medida visa prevenir o desabamento da travessia, que vinha sendo usada para o tráfego de veículos pesados, como carretas e caminhões, de forma irregular. Sinfra informou que uma nova ponte de concreto já começou a ser construída em substituição.

13 de Novembro de 2019 as 15h25

Estado

Motorista fica preso nas ferragens após acidente envolvendo três carros em Cuiabá

Bombeiros precisaram cortar a porta do carro para conseguir retirar o motorista.

13 de Novembro de 2019 as 15h18

Estado

Médico acusado de violência doméstica é preso pela 2ª vez em Cuiabá suspeito de ameaça e agressão

Emilson Miranda, de 30 anos, passou 40 dias preso entre fevereiro e abril deste ano suspeito de agredir e ameaçar a namorada dele e a filha dela.

13 de Novembro de 2019 as 15h11

Estado

Motorista pula de caminhonete em movimento durante roubo em MT

Vítima ficou com ferimentos leves e foi atendido na UPA. Os suspeitos do crime fugiram da polícia na BR-070 e depois abandonaram a caminhonete.

13 de Novembro de 2019 as 15h03

Estado

Passageira de moto morre após acidente com caminhão em Sorriso (MT)

Ebete Costa da Silva, de 42 anos, foi socorrida e morreu no hospital.

12 de Novembro de 2019 as 16h27

Estado

Segundo adolescente envolvido em acidente entre carro e moto morre após 4 dias na UTI em MT

Bruno Henrique e Hélio Diogo foram vítimas de um acidente ocorrido na quinta-feira (7). Eles estavam de moto e foram atropelados por um motorista embriagado.

12 de Novembro de 2019 as 16h19

Estado

Suspeito de matar engenheira após perseguição no trânsito vai para presídio em MT

Motorista teria ficado com raiva da lentidão no trânsito, perseguiu e atirou na caminhonete onde a vítima estava com o namorado em Sorriso.

12 de Novembro de 2019 as 16h09

Estado

Incêndio causado por problema em ar-condicionado atinge sala de escola e aulas são suspensas em MT

Escola possui cerca de 2,3 mil de ensino fundamental e médio. A sala atingida pelo fogo está isolada.

12 de Novembro de 2019 as 16h04

Estado

Cachorro escapa, cava cova e encontra corpo de feirante que estava desaparecido há 6 dias em MT

Feirante Dirceu de Lima Raimundo, de 58 anos, era dado como desaparecido há seis dias. Testemunhas apontaram uma mulher como autora do crime, porém, ela não foi localizada.

12 de Novembro de 2019 as 15h58

Estado

Jovem é encontrado morto em trilha de cachoeira após ficar 2 dias desaparecido em serra de MT

Segundo a Polícia Civil, João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, estava desaparecido desde sábado (9) quando foi até a serra onde se encontraria com amigos. Corpo foi encaminhado ao IML, que deve apontar a causa da morte.

12 de Novembro de 2019 as 15h52

Estado

Corpo de jovem que se afogou durante travessia de rio é encontrado em MT

Fernando Silva teria ido passar o final de semana com amigos às margens do Rio das Mortes. Eles tentavam atravessar de uma margem para outra quando vítima foi puxada pela correnteza e se afogou.

12 de Novembro de 2019 as 15h47

Estado

Mulher é presa suspeita de se recusar a pagar conta e agredir garçom em restaurante de Cuiabá

Valor da conta seria de R$ 210, segundo a polícia. Suspeita teria dado dois tapas no rosto do garçom.

12 de Novembro de 2019 as 15h41

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Qual é sua opinião sobre o trancamento da pauta pela Câmara de Vereadores de Lucas do Rio Verde?

A Favor

Contra

Parcial
veja +

COTAÇÃO