Secretário de Justiça depõe e diz que governador de MT sabia do esquema de grampos na PM

Airton Siqueira, titular da pasta de Justiça e Direitos Humanos, foi ouvido como informante. PM grampeou jornalistas, médicos, advogados e deputada de oposição.

06/07/2017 - 14:17:43

   

Coronel Airton Siqueira Junior, secretário-chefe da Casa Militar de MT, foi afastado por 5 dias (Foto: Mayke Toscano/Gcom-MT)

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, coronel Airton Siqueira, prestou depoimento à Corregedoria da Polícia Militar nessa quarta-feira (5) e disse que o governador Pedro Taques (PSDB), tinha conhecimento do esquema de escutas clandestinas operado pela corporação. O oficial negou qualquer participação no crime. Ele estava acompanhado do advogado, Paulo Taques, que pediu para sair do cargo de chefe da Casa Civil dias antes do escândalo dos grampos vir à tona, em maio. Ele próprio teria dado o telefone de uma ex-amante para que fosse interceptado.

Essa foi a primeira vez que um membro da alta cúpula da PM disse que Pedro Taques sabia dos grampos. O governador, por sua vez, tem afirmado desde que o início do escândalo que mandou o Gaeco investigar uma denúncia recebida por ele das mãos do então secretário de Segurança, promotor Mauro Zaque, mas que a apuração foi arquivada por falta de provas. Zaque afirma ter enviado dois ofícios sobre os crimes ao chefe do Executivo, mas Taques nega ter recebido esse segundo documento.

Atualmente, quatro oficiais (dois deles ex-secretários estaduais) e dois cabos da PM estão presos suspeitos de envolvimento no esquema de espionagem. Um Inquérito Policial Militar investiga o caso. Ouvido como informante, Siqueira disse que em 2015 foi chamado por Pedro Taques no gabinete do governador e que este lhe falou que sabia dos grampos e que teria que exonerar policiais militares.

"Vocês fizeram merda e não tenho como manter vocês no cargo", teria dito o chefe do Executivo, segundo o depoimento de Siqueira, após receber informação de Mauro Zaque sobre a existência de uma central de escutas clandestinas na PM.

Siqueira disse ainda à Corregedoria da PM que em outubro daquele mesmo ano, antes da conversa com o governador, havia sido chamado juntamente com o então chefe da PM, coronel Zaqueu Barbosa, até a residência de Mauro Zaque. Este teria lhe dito que o Pedro Taques estava "muito aborrecido" porque sabia que a PM tinha grampeados "deputados, jornalistas e advogados".

Zaque teria falado ainda que o governador iria exonerar Siqueira, Zaqueu e o também coronel Alexandre Lesco, secretário-chefe da Casa Militar, além de Paulo Taques. O titular da Segurança Pública teria falado ainda que Pedro Taques estava em São Paulo naquela data, tratando do assunto com Paulo Taques.

Foi o coronel Siqueira, que na época era comandante do Ciopaer (Centro de Operações Aéreas) quem indicou a sargento Andrea Cardoso para Zaqueu Barbosa, que precisava de policiais de confiança para investigar outros PMs supostamente envolvidos em crimes. Entrentanto, Siqueira nega ter participado dos grampos e disse que só soube da existência da central de escutas por meio de Zaque, em 2015.

O esquema
Os telefones foram interceptados com autorização judicial. Os documentos pedindo à Justiça autorização para isso foram assinados pelo cabo da PM, Gerson Luiz Ferreira Correia Júnior, numa suposta investigação de crimes cometidos por PMs. No entanto, foram juntados os telefones de quem não era suspeito de crime algum, numa manobra chamada "barriga de aluguel".

Investigações
O esquema foi denunciado por Zaque à Procuradoria Geral da República em janeiro deste ano. O promotor deixou o cargo de secretário em dezembro de 2015, mas afirma que em outubro daquele ano avisou o governador sobre as escutas clandestinas da PM. Ele disse que entregou dois ofícios a Pedro Taques sobre o caso.

Taques, por sua vez, disse ter recebido apenas um documento, o qual encaminhou para o Ministério Público para investigação. A apuração foi arquivada depois de cinco dias, por falta de provas. O governador afirma que o outro ofício, que Mauro Zaque afirma ter entregue, foi fraudado e que nunca chegou a seu conhecimento.

A PGR investiga se o governador tinha conhecimento do esquema e de quem teriam partido as ordens para os grampos. A Polícia Civil e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso também apuram a irregularidade.

Prisões
Seis PMs estão presos preventivamente por suposta participação nas interceptações. O cabo Gerson e o coronel Zaqueu Barbosa foram presos em maio. Em junho, foram presos os coroneis Evandro Lesco, que comprou dois aparelhos que podem ser usados para interceptações telefônicas em maio de 2015, e Ronelson Barros. Os eram, respectivamente, de secretário-chefe e secretário-adjunto da Casa Militar, mas foram afastados dos cargos.

No mesmo dia, foram presos o tenente-coronel Januário Batista e o cabo Euclides Torezan, cedido ao Gaeco, do MPE, suspeitos de participação no crime, além do corregedor-geral e o diretor de Inteligência da PM, coronel Alexandre Mendes e tenente-coronel Victor Paulo Pereira. Esses dois últimos teriam avisado Lesco e Barros de que eles seriam alvo de mandados de prisão. Mendes e Pereira, porém, já estão soltos graças a uma decisão judicial.

Fonte: MT Agora - Carolina Holland | G1

Mais Noticias

Tragédia Familiar

Homem morre em acidente seis dias depois do filho também falecer em Mato Grosso

Dados

MT tem redução no número de divórcios e aumento de casamentos, diz levantamento do IBGE

Manifestação

Manifestantes sem-terra bloqueiam rodovia em MT para cobrar reforma agrária

Concessão

Nova empresa começou a administrar rodoviária de Cuiabá nesta quinta-feira

14/11/2017 -

Programação de obras na BR-163 é mantida durante feriado

O cronograma elaborado pela Rota do Oeste prevê quatro frentes de trabalho durante o dia e um no período noturno, abrangendo trechos de cinco municípios.

14/11/2017 -

Criança é transferida após fechamento de UTI pediátrica da Santa Casa de Rondonópolis (MT) por falta de dinheiro

Cirurgias eletivas foram suspensas por falta de recursos para custear despesas. Governo do estado realizou o repasse de R$ 868 mil referentes ao mês de julho.

14/11/2017 -

Motorista dorme ao volante, bate em uma barra de cimento e capota

O motorista não sofreu nenhum ferimento.

14/11/2017 -

Criança de 1 ano para na UTI após se afogar em piscina em MT

Apesar do susto, a saúde da criança é estável.

14/11/2017 -

Diabetes atinge 184 mil em Mato Grosso

Hoje é comemorado o Dia Mundial do Diabetes, data criada para conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce

14/11/2017 -

Mulher de 58 anos morre após capotar caminhonete em rodovia de MT

Ela chegou a ser socorrida por uma equipe do SAMU e levada para a UPA 24 Horas de Tangará da Serra com fortes dores pelo corpo, mas não resistiu e veio a óbito.

14/11/2017 -

Motorista fica em estado grave após capotar veículo em rodovia de MT

De acordo com a Polícia Militar, ele perdeu o controle do veículo e capotou.

14/11/2017 -

Governo de Mato Grosso recebe R$ 170 milhões para investimentos

Os acordos com os governos da Alemanha e do Reino Unido foram assinados na manhã desta terça-feira (14.11), em Bonn, durante a Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Clima

14/11/2017 -

Professora de MT vence concurso com projeto sobre carrinho de rolimã e ganha viagem para a Irlanda

Daisy Selinger explicou que objetivo do projeto era integrar pais, filhos e comunidade à escola e que as crianças deixassem a tecnologia de lado. Além da viagem, professora também ganhou R$ 5 mil e vaga na etapa nacional do concurso em SP.

14/11/2017 -

IFMT: Inscrições para Processo Seletivo com 555 vagas em Cursos Técnicos Subsequentes são prorrogadas

A prova será no dia 17 de dezembro, das 14 às 17h30.

14/11/2017 -

Período de chuvas exige cautela de motoristas nas rodovias de MT

Responsável por 850,9 quilômetros da BR-163 no Estado, a Rota do Oeste traz algumas dicas de direção preventiva e segurança para auxiliar motoristas a enfrentarem as dificuldades de trafegar na chuva.

14/11/2017 -

Trator desce ribanceira e prensa agricultor que morre em MT

Devido a gravidade dos ferimentos o homem morreu no local.

13/11/2017 -

Motorista bêbado atropela e mata pedestre, abandona veículo e é preso ao tentar se esconder em casa vizinha em MT

Motorista alegou à polícia que tentou socorrer a vítima, mas fugiu depois que testemunhas tentaram agredi-lo. Acidente ocorreu na noite de sábado (11), em Pontal do Araguaia.

13/11/2017 -

Menino de 13 anos tem o pé empalado por vergalhão após pular muro de escola em MT

Vergalhão de construção ficou cravado no pé do adolescente, em Cuiabá. Corpo de Bombeiros foi acionado e menino passou por cirurgia para retirar o objeto.

13/11/2017 -

Criança de 3 anos morre após TV cair sobre ela em Sinop (MT)

Menino subiu em estante e aparelho caiu sobre ele. Ele foi encaminhado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora