Defensor contesta restrição de matrículas em creches de Lucas do Rio Verde

Procedimentos e critérios para o preenchimento das vagas nas creches da rede municipal, como por exemplo idade de até três anos e renda mensal familiar inferior a meio salário mínimo.

15/03/2017 - 21:48:29

   

O Defensor Público Leandro Jesus Pizarro Torrano, que coordena o Núcleo de Lucas do Rio Verde da Instituição, ajuizou Ação Civil Pública para contestar uma instrução normativa editada pela prefeitura que tem impossibilitado às mães de crianças pequenas o acesso às creches da cidade.

A Instrução Normativa nº 01/2017, publicada em fevereiro, estabelece os procedimentos e critérios a serem adotados pela Secretaria de Educação para o preenchimento das vagas nas creches da rede municipal, como por exemplo idade de até três anos e renda mensal familiar inferior a meio salário mínimo.

Como esses parâmetros são inconstitucionais e tem restringindo a realização de diversas matrículas na cidade, a procura por assistência jurídica na Defensoria aumentou vertiginosamente, o que motivou o Defensor a apresentar a ação.

Pizarro Torrano argumenta em sua peça que a instrução visa transformar o direito constitucional à educação em uma simples medida assistencialista ao excluir as matrículas das famílias com renda per capta de R$ 500,00, uma vez que meio salário mínimo atualmente vale apenas R$ 468,50, além de punir as crianças cujos pais se encontrem desempregados ou trabalhem como autônomos.

O Defensor segue apresentando as violações aos dispositivos constitucionais e legais que regulam a matéria.

“Percebe-se que, em afronta à Constituição Federal e às legislações infraconstitucionais que estabelecem como único requisito a idade máxima de 05 (cinco) anos de idade para o acesso à Educação Infantil, o Município de Lucas do Rio Verde, por meio de sua Secretaria de Educação, inovou com a criação de requisitos outros para tanto, condicionando a realização de matrícula em creche municipal à análise de requisitos não dispostos na Constituição Federal de 1988, quais sejam: crianças de 04 meses a 03 anos de idade, genitores empregados, renda familiar per capita inferior a meio salário mínimo e família que não seja beneficiada pelo programa Mãe Presente”, diz a inicial.

A ação foi distribuída na 2ª Vara da Infância e Juventude de Lucas do Rio Verde, e aguarda análise do pedido liminar do juiz Gleidson Grisote Barbosa.

 

MT Agora - Assessoria

Mais Noticias

Condenação

Júri condena e juiz manda prender homem que matou funcionário de parque há 14 anos em Lucas do Rio Verde

Liminar

Liminar proíbe enfermeiros de realizarem exames e muda rotina nos PSFs de Lucas do Rio Verde

Depoimento

Procurador reafirma que Janot atuou politicamente no acordo de delação da J&F

Decisão

Justiça Federal aceita denúncia, e Joesley e Wesley Batista viram réus

17/10/2017 -

MPF investiga se Força Nacional cometeu irregularidades contra índios em MT

Força Nacional foi enviada na semana passada para Usina São Manoel.

17/10/2017 -

TCE aponta irregularidades e governo suspende licitação para pavimentação da MT-130

Obra em trecho com extensão de 44 km tem custo orçado em R$ 43,5 milhões. Segundo o governo, suspensão é temporária para que correções sejam feitas no certame.

16/10/2017 -

Acusado de matar homem com tiro de espingarda há 14 anos vai a júri em Lucas do Rio Verde

O crime ocorreu em dezembro de 2002, em um parque de diversões no município. A vítima foi atingida com um tiro de espingarda nas costas e morreu na hora.

15/10/2017 -

Justiça determina votação aberta no caso Aécio

Sessão desta terça-feira decidirá sobre afastamento do senador.

15/10/2017 -

Defesa de Temer critica vazamento de delação de Funaro e rebate acusações

O depoimento foi prestado por Funaro no fim de agosto.

14/10/2017 -

Caixa não pode recusar repasse do FGTS para pagamento de pensão alimentícia

Agora, a Caixa terá de promover a imediata transferência dos valores para a conta judicial, sob pena de incorrer em crime de desobediência.

13/10/2017 -

Moro dá prazo de 48 horas para que defesa de Lula entregue recibos originais de aluguéis de imóvel investigado na Lava Jato

Decisão do juiz foi divulgada no sistema da Justiça na manhã desta sexta-feira (13). Ao todo, a defesa do ex-presidente apresentou 31 recibos.

13/10/2017 -

Fux decide que governo não pode extraditar Battisti até que STF se manifeste

Primeira Turma decidirá no próximo dia 24 se governo pode rever decisão do ex-presidente Lula, de 2010, que negou extradição à Itália. Governo Temer decidiu extraditar ex-ativista.

11/10/2017 -

TCU bloqueia bens de Dilma por prejuízo à Petrobras com compra de Pasadena

Além da ex-presidente, decisão atinge outros 5 ex-membros do Conselho de Administração da estatal que aprovaram, em 2006, a compra da refinaria. Cabe recurso.

11/10/2017 -

TRF4 mantém Sérgio Moro em processo da Lava Jato que investiga empresário Marcelo Simões

Ele é suspeito de envolvimento em contratos irregulares com a Caixa Econômica Federal. Advogado de empresário disse que vai recorrer de decisão.

11/10/2017 -

Fachin nega pedido para tirar de Moro gravações de conversas de Lula

Defesa argumentou que autoridades com foro privilegiado aparecem nas conversas, e portanto análise teria que ser do Supremo. Ministro entendeu que autoridades citadas não são alvo de investigação.

10/10/2017 -

MPF denuncia Joesley e Wesley Batista por operações financeiras

Irmãos são acusados de usar informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro por meio das empresas JBS e FB Participações.

10/10/2017 -

Fachin manda arquivar inquérito que investigava Renan, Jucá e Sarney

Ministro do STF acolheu pedido da PGR, que concluiu que ''não houve a prática de nenhum ato concreto''. Ex-presidente da Transpetro denunciou plano para atrapalhar a Lava Jato.

10/10/2017 -

Segunda Turma do STF determina recolhimento noturno de Eike Batista

Com a decisão, o empresário terá de ficar em casa durante a noite, aos feriados e nos fins de semana. Ele foi preso por suspeita de pagamento de propina em troca de contratos com governo do Rio.

10/10/2017 -

STF rejeita recurso e mantém condenação de Maluf por lavagem de dinheiro

Como ainda há possibilidade de recurso, deputado não pode ser preso. Isso só acontecerá se sentença transitar em julgado (isto é, não houver mais chances de apresentação de recurso).

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora