Mandato Cassado

Defesa de Selma ingressa com embargo contra decisão do TRE

Senadora do PSL foi condenada em primeira instância por abuso do poder econômico e caixa 2

30 de Abril de 2019 as 21h 41min

A defesa da senadora Selma Arruda (PSL) ingressou com recurso na Justiça Eleitoral para tentar esclarecer pontos da decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso que cassou seu mandato no último dia 10 de abril.

Selma foi condenada em primeira instância por abuso do poder econômico e caixa 2 na campanha eleitoral de 2018. No entanto, ela recorre ainda no cargo.

O recurso, chamado embargo de declaração, foi ingressado na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) nesta segunda-feira (29).

Os embargos de declaração, também chamados de embargos declaratórios, são uma espécie de recurso com a finalidade específica de esclarecer contradição ou omissão ocorrida em decisão proferida por juiz ou por órgão colegiado.

Em regra, esse recurso não tem o poder de alterar a essência da decisão, e serve apenas para sanar os pontos que não ficaram claros ou que não foram abordados.

A reportagem entrou em contato com o advogado Narciso Fernandes Barbosa, que defende Selma, mas ele estava em uma reunião e não pôde dar entrevista.

O mandato foi cassado em julgamento de mais de 8 horas. Os sete juízes eleitorais do TRE acataram os argumentos da acusação, que apontaram abuso do poder econômico e caixa 2.

Além da cassação e de nova eleição, os magistrados ainda determinaram a inelegibilidade de Selma e de seu suplente Gilberto Possamai por 8 anos.

A medida não se aplica à segunda suplente da chapa, Clerie Fabiana Mendes (PSL), pois, conforme o relator, não ficou comprovada sua participação nas irregularidades.

A ação
A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) é movida pelo candidato derrotado nas eleições de 2018 Sebastião Carlos (Rede). O também derrotado na disputa, Carlos Fávaro (PSD), entrou como litisconsorte e, por isso, também figura como coautor no processo.

Nela, Sebastião Carlos afirma que Selma já dizia à imprensa sua intenção de pleitear o cargo de senadora desde quando ainda era juíza.

Segundo ele, durante o período vedado de campanha eleitoral, Selma contratou a Genius Produções e realizou marketing de campanha antes das convenções partidárias, em 5 de agosto de 2018. A contratação da empresa ocorreu em abril.

Os gastos de Selma, segundo o candidato, violam a legislação eleitoral por praticar abuso de poder econômico. Ainda conforme a ação, foram realizados pagamentos para a Genius por meio de quatro cheques pessoais e transferência bancária durante o período vedado que antecedeu as convenções partidárias.

Segundo denúncia, a senadora teria feito publicidade e contraído despesas tipicamente eleitoral no valor de R$ 1,8 milhão, quitadas com “recursos de origem clandestina”, que não transitaram regularmente pela conta bancária oficial.


Fonte: Cíntia Borges | Cenário MT

COMENTARIOS

Mais de Judiciário

Decisão

Ex-deputado é condenado a mais 21 anos de prisão e deve devolver quase R$ 5 milhões aos cofres públicos em MT

A condenação é relativa à Operação Arca de Noé, deflagrada em 2003, na qual Bosaipo já havia sido condenado a 28 anos de prisão em regime fechado pelos crimes de lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos.

18 de Maio de 2019 as 17h01

Agilidade

MPE pede rapidez em perícia de material apreendido com grupo acusado de sonegar mais de R$ 140 milhões em MT

Caberá à Perícia Oficial do Estado efetuar o espelhamento do material apreendido para atestar a autenticidade das provas obtidas.

18 de Maio de 2019 as 16h56

Estagiários

Tribunal de Justiça abre processo seletivo de cadastro reserva para estagiários

Os estagiários terão direito a uma bolsa-auxílio, no valor de R$ 920,84 para estudantes de nível superior e no valor de R$ 736,68, para estudantes de nível médio.

17 de Maio de 2019 as 09h46

Processo do Sítio de Atibaia

Sentença que condenou Lula no processo do sítio de Atibaia chega ao TRF-4

Ex-presidente foi condenado a 12 anos e 11 meses em primeira instância. É a segunda condenação dele na Lava Jato. Lula já cumpre pena no caso do triplex do Guarujá.

16 de Maio de 2019 as 20h38

Lava Jato

Justiça do Paraná manda prender ex-ministro José Dirceu para cumprimento de pena na Lava Jato

Determinação foi feita após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negar um recurso da defesa, que pedia prescrição da pena de 8 anos e 10 meses.

16 de Maio de 2019 as 20h33

Regime Semiaberto

Justiça autoriza ex-governador de MT condenado por corrupção a cumprir pena em regime semiaberto

Decisão é do juiz Geraldo Fernandes Fidelis Neto, da 2ª Vara Criminal de Cuiabá. Silval Barbosa foi condenado a 13 anos de prisão e cumpria a pena em regime domiciliar diferenciado.

16 de Maio de 2019 as 10h44

Títulos de Eleitores

TRE-MT vai cancelar 7,5 mil títulos de eleitores que não fizeram revisão em 3 municípios

Nesses municípios o procedimento ocorreu de 03 de dezembro de 2018 a 29 de março deste ano. Ao todo, 7525 títulos serão cancelados.

16 de Maio de 2019 as 10h42

Julgamento

Justiça marca julgamento de acusada de matar mulher em Lucas do Rio Verde

No ano passado, a justiça decidiu que o casal deveria ir a julgamento por homicídio qualificado, cometido por motivo fútil, meio cruel, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima e contra mulher em razão de gênero

16 de Maio de 2019 as 10h26

Audiência de Custódia

Defensoria entra com HC coletivo contra audiências de custódia “à distância” em Sorriso

O juízo da referida vara criminal tem, sistematicamente, realizado audiência sem a presença física do custodiado e/ou magistrado,

15 de Maio de 2019 as 10h30

Entrância Especial

Após construção de nova sede, promotorias de Nova Mutum serão elevadas à Entrância Especial

Nova Mutum ganhará mais um Promotor de Justiça, elevando para quatro, o número de integrantes do Ministério Público na cidade

13 de Maio de 2019 as 21h22

Agrotóxicos

MP apura presença de 27 agrotóxicos que causam câncer e malformação fetal na água que abastece Cuiabá

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza a utilização de 514 agrotóxicos no Brasil, mas somente 27 são monitorados e passíveis de serem identificados na água.

13 de Maio de 2019 as 21h10

Regime Aberto

MP dá parecer favorável para que ex-governador de MT cumpra pena em regime aberto

Silval Barbosa passou dois anos preso em regime fechado e há mais de um ano usa tornozeleira eletrônica e está em prisão domiciliar.

13 de Maio de 2019 as 21h08

Compromisso

Bolsonaro diz que vai indicar Moro para vaga no STF

Em entrevista, presidente disse que tem compromisso com o ministro, caso Moro queira ocupar a vaga

13 de Maio de 2019 as 10h06

Nova Sede

Prefeitura e Ministério Público definem nova sede para Lucas do Rio Verde

A nova sede será construída próximo à prefeitura, onde será implantada a Cidade Jurídica

07 de Maio de 2019 as 08h51

Denúncia Arquivada

Perri arquiva denúncia contra Zaque e manda apurar conduta do ex-governador

Em nota, Zaque ressalta que foi expressamente comprovado que a fraude fora articulada e executada no cerne daquele governo.

06 de Maio de 2019 as 10h25

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

Você acha que Bolsonaro está certo ao contingenciar verbas das Universidades federais?

Sim

Não

Não sei

Parcial
veja +

COTAÇÃO