TelexFree

Juíza manda Telexfree devolver R$ 6,1 mil a moradora de Cuiabá

Mulher pagou US$ 1,3 mil na compra de kits da empresa, que teve as atividades suspensas no Brasil

23 de Abril de 2019 as 22h 02min

A juíza Sinii Savana Bosse Saboia Ribeiro, da 8ª Vara Cível de Cuiabá, condenou a empresa Ympactus Comercial Ltda. (Voip 99 Telexfree) a ressarcir uma mulher em R$ 6,1 mil, após ela investir US$ 1.375 na compra de produtos da empresa, que teve as atividades suspensas no Brasil pela Justiça.

A decisão foi publicada no dia 14 de abril. Na ação,  R.M.B.C.M. relatou que fez negócio com a Telexfree, comprando vários kits na modalidade “ADCentral”.

No total, R. disse que o valor investido na compra dos produtos da empresa totalizavam R$ 6,1 mil.

A Telexfree oferecia os produtos como “marketing multinível”, com lucros fáceis, mas o Ministério Público do Acre denunciou a empresa pelo crime de “pirâmide financeira” em 2013.

Naquele mesmo ano, a Justiça suspendeu as atividades da empresa no Brasil e, em razão disso, a mulher relatou não ter recebido nenhum retorno do valor que investiu.

Além da devolução do dinheiro, R. também pediu para ser indenizada por danos morais.

Em resposta, a Telexfree argumentou que a ação movida pelo mulher deveria ser suspensa, em razão da ação movida pelo Ministério Público, que culminou na suspensão das funções da empresa em todo o País.

Inadimplência contratual
Para o juíza Sinii Savana, a ação deixou demonstrado o inadimplemento contratual por parte da empresa, fato confessado pela própria.

“Nesse ponto, mostra-se demonstrado o inadimplemento contratual da ré, porquanto resta incontroverso que a Telexfree deixou de cumprir sua obrigação contratual, tanto é que ela mesma, tentando justificar o descumprimento, agarra-se ao teor da decisão judicial acreana”.

Desta forma, segundo a magistrada, a empresa tem a obrigação de ressarcir os valores investidos pela mulher.

“Logo, cabível a condenação da ré para que proceda a restituição dos valores dispendidos pelo autor, consistente na devolução do valor pago de R$ 6.113,25, tendo em vista que restou comprovado nos autos (fls. 42/47) que a requerente realmente aderiu ao plano proposto pela instituição requerida, no entanto, não recebeu nem os produtos que adquiriu tampouco a renda mensal pretendida”, determinou.

Já em relação ao pedido de danos morais, a magistrada entendeu que não é cabível.  

“No que tange aos danos morais, entendo que a parte autora assumiu o risco do negócio ao contratar com a requerida objetivando lucros fáceis, de modo que deve arcar com o ônus de sua escolha por ausência de cautela ao contratar”.

“Além disso, verifico não há nos autos qualquer elemento probatório suficiente para demonstrar a ocorrência dos danos morais sofridos pela parte autora, afastando a possibilidade de acolher a pretensão indenizatória”, disse.

Polêmica judicial
O Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) determinou a suspensão dos serviços da Telexfree em junho de 2013, por prática de “pirâmide financeira”.

A empresa foi acusada por obter ganhos ilícitos, mediante processo fraudulento e disfarce de marketing multinível.

De acordo com as investigações, a Telexfree teria criado um sistema na qual cada novo integrante comprava um “pacote” que remunerava os demais membros acima na cadeia.

Esse novo integrante obtia lucros recrutando outras pessoas para o esquema.

Atualmente, a empresa é investigada pelo Ministério Público Federal (MPF) com mais 80 empresas, por suspeita de aderir à pirâmide financeira envolvendo mais de 1 milhão de pessoas.


Fonte: Jad Laranjeiras | Mídia News

COMENTARIOS

Mais de Judiciário

Homenagem

Presidente do STF participa de evento em Cuiabá e recebe homenagem do TJMT

Na capital mato-grossense, Toffoli deve receber uma medalha que homenageia personalidades que tenham prestado relevantes serviços à Justiça mato-grossense ou à cultura jurídica.

18 de Julho de 2019 as 21h28

Inédito no Judiciário

Em uma hora e meia, juíza sentencia réus em audiência de custódia em Goiás

Eles eram acusados por tráfico de drogas. Medida dividiu opinião de especialistas

18 de Julho de 2019 as 20h51

Grampos Telefônicos

MPE abre investigação para apurar uso de verba do Gaeco em suposto esquema de escutas clandestinas em MT

Suposto envolvimento do Gaeco foi apontado no depoimento do cabo Gerson Corrêa, que é investigado pelo crime. Foram juntados os telefones de quem não era suspeito de crime algum, numa manobra chamada "barriga de aluguel".

18 de Julho de 2019 as 07h26

Dados Do Coaf

PGR diz ter ''preocupação'' com decisão sobre compartilhamento de dados do Coaf e estuda recurso

Nota foi divulgada um dia após Toffoli ter suspendido compartilhamento de informações financeiras com Ministério Público e PF. Supremo analisará o caso em novembro.

17 de Julho de 2019 as 23h23

Danos ao Meio Ambiente

Nobres: Judiciário determina interdição de indústria de calcário por danos ao meio ambiente a pedido do MPMT

O descumprimento da decisão acarretará em multa diária no valor de R$ 10 mil, limitada a R$ 1 milhão

16 de Julho de 2019 as 13h55

Acordo

Acordo entre Vale e MPT indenizará famílias de vítimas de Brumadinho

Valor mínimo que família receberá será de R$ 800 mil

15 de Julho de 2019 as 22h41

Decisão

Justiça determina que empresa de guincho e dono de maquinário paguem R$ 80 mil a família de ciclista atropelado em MT

Acidente que ocasionou a morte do ciclista ocorreu em 2013 no Bairro Morada do Ouro, em Cuiabá. Vítima deixou mulher e sete filhos.

15 de Julho de 2019 as 00h16

Em Segunda Instância

Justiça mantém condenação de jovens que reclamaram de bar em rede social

Jovens foram condenados a pagar R$ 20 mil de indenização; decisão não cabe mais recurso. Confusão aconteceu em dezembro de 2015, em Sorocaba (SP).

12 de Julho de 2019 as 20h05

Educação Domiciliar

Procuradoria recomenda que governo revogue orientação sobre educação domiciliar

Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos pediu aos conselheiros tutelares que não enquadrassem adeptos deste tipo de ensino em casos de abandono intelectual. Procuradoria diz que orientação vai contra legislação vigente.

12 de Julho de 2019 as 20h00

Investigação

Defesa pede acesso à investigação contra sargento da Aeronáutica

Justiça Militar do Brasil investiga transporte de drogas por militar

12 de Julho de 2019 as 19h17

Visitas Suspensas

CDP em Lucas do Rio Verde suspende visitas aos detentos

A suspensão de visitas de familiares aos detentos, bem como entrega de alimentos e outros materiais, iniciou no último dia 09.

12 de Julho de 2019 as 08h05

Decisão

Justiça mantém preso homem acusado de assassinato em Lucas do Rio Verde

A vítima foi assassinada após uma briga em um jogo de sinuca, no bairro Rio Verde, em Lucas do Rio Verde, no dia 26 de maio.

11 de Julho de 2019 as 00h30

Nova Unidade

Centro de métodos consensuais começa funcionar na Justiça do Trabalho em Lucas do Rio Verde

O volume de ações mensais que o centro deve buscar conciliações não foi informado.

11 de Julho de 2019 as 00h26

Indenização

R$ 100 mil de fiança paga por ex-governador devem ser usados para indenizar médico de clube de futebol em MT

Dinheiro deve ser depositado na conta da 1ª Vara do Trabalho de Cuiabá. Silval Barbosa foi detido portando uma arma sem registro, em 2014.

10 de Julho de 2019 as 23h20

Segurança

Ministério da Justiça autoriza atuação da Força Nacional de Segurança Pública no Pará

Iniciativa visa apoiar o Ibama no combate ao desmatamento ilegal da floresta Amazônica

10 de Julho de 2019 as 22h04

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO