Justiça vê manipulação e suspende propaganda sobre previdência

A ordem é para que todas as ações de comunicação sejam suspensas, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

01/12/2017 - 21:04:37

   

A juíza Rosimayre Gonçalves de Carvalho, da 14ª Vara Federal em Brasília, mandou suspender campanha de publicidade do governo federal que apregoa supostos benefícios e sustenta que a reforma da Previdência "combate privilégios".

Em decisão tomada na quarta-feira (29), a magistrada sustenta que, em vez de conteúdo educativo, informativo ou de orientação social, como prevê a Constituição, as peças veiculadas apresentam-se como "genuína propaganda de opção política governamental" que, de forma abusiva, desinformam e manipulam a opinião pública sobre o tema. Ela argumenta também que há ofensa e desrespeito aos servidores públicos.

Na decisão, a juíza defere pedido de tutela antecipada feito pela Anfip (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil). A ordem é para que todas as ações de comunicação sejam suspensas, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A AGU (Advocacia-Geral da União) informou que aguarda ser notificada para recorrer.

A campanha do governo, ao reforçar a importância da reforma para "combater privilégios", diz que "tem muita gente no Brasil que trabalha pouco, ganha muito e se aposenta cedo". Em seguida, explica que "servidores públicos ou não terão regras equivalentes". E assegura que, se as medidas passarem, o país terá "mais recursos para cuidar da saúde, da educação e da segurança de todos". A reforma consta de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) em debate no Congresso.

A juíza entendeu que a campanha "não divulga informações a respeito de programas, serviços ou ações do governo", mas objetiva apresentar a versão oficial sobre aquela que, "certamente, será uma das reformas mais profundas e dramáticas para a população brasileira".

Para ela, fica evidenciado o intuito de obter o apoio popular sob "um ponto de vista e conceito que, a despeito de nada informar, propaga ideia que compromete parcela significativa da população com a marca de ter privilégios. "Não bastasse, ainda veicula desinformação no sentido de que haverá mais recursos para a área social, visto que não se confundem as fontes de custeio", escreveu.

A magistrada argumenta que o governo não se preocupou em explicar que há no país dois regimes de Previdência distintos -um para servidores públicos e outro para os demais trabalhadores, ambos contributivos e com regras próprias, sem que isso, por si só, represente "ofensa ao cânone da isonomia".

"A notícia leva a população brasileira a acreditar que o motivo do déficit previdenciário é decorrência exclusiva do regime jurídico do funcionalismo público. Essa diretriz conduz a população ao engano de acreditar que apenas os servidores públicos serão atingidos pela mudança", afirma.

Carvalho justifica que não cabe ao Judiciário avaliar as razões políticas que levaram o governo a encaminhar a reforma ao Legislativo, mas, sim, compete examinar eventuais desvios ou abusos ao usar meios de comunicação para divulgar informações desrespeitosas sobre grande número de pessoas.

Os efeitos sobre a honra e dignidade de servidores públicos, alega a juíza, serão "irreversíveis" e a influência sobre a formação da opinião pública, "indevida".

MT Agora - Notícias Ao Minuto

Mais Noticias

OAB

Vão abrir mesmo a caixa-preta da OAB?

Recurso Negado

Ex-gestor da Câmara de Lucas tem recurso negado e contas continuam irregulares

Contas Irregulares

Pleno acolhe recurso do MPC e julga irregulares as contas de Confresa de 2014

Cadastro Reserva

Aprovação em cadastro de reserva não assegura direito automático de nomeação

17/05/2018 -

Gestores de Torixoréu são multados por gastos irregulares com combustíveis

Também foram apontadas irregularidades como realização de processo licitatório sem pesquisas de preços e sem a adequação do objeto licitado

17/05/2018 -

Artigo sobre Lei Kandir dá 1º lugar em concurso nacional a servidores do TCE-MT

16/05/2018 -

TCE nega recurso e mantém reprovadas contas de 2014 da Câmara de Lucas do Rio Verde

As contas apresentaram impropriedades, como realização de despesa com publicidade consideradas antieconômicas, que totalizaram R$ 537.700,00, o que, de acordo com o relator,

16/05/2018 -

Gestores de Cáceres são multados por violarem princípio do concurso público

O relator considerou improvável que o prefeito desconhecesse a realização de um processo seletivo que ofereceu quase 100 vagas para profissionais da área de saúde, incluindo médicos, odontólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos e psicólogos

15/05/2018 -

Empresa de lixo, ex-secretário de Obras e engenheiro terão que devolver R$ 2,7 milhões aos cofres de Sorriso

Houve falhas graves na licitação, como abertura de procedimento licitatório sem planilha com detalhamento de custos unitários, fraude de direcionamento do certame à empresa Sanorte, sobrepreço na contratação de bens e serviços, pagamento de despesas refer

15/05/2018 -

MP e juízes põem em xeque urna eletrônica

Eles questionam a falta de uma impressora acoplada em um país com 'altíssimos índices de corrupção'

14/05/2018 -

Auditoria detecta irregularidades e ex-gestores do Previlucas são multados

Parte dos membros do conselho curador do Previlucas foram penalizados em razão da aplicação no Fundo de Investimento em Direitos Creditórios, o FIDC Premium

09/05/2018 -

Paulo Taques ironiza prisão ao ser conduzido ao Gaeco

Paulo Taques é suspeito de participação em esquema para desvias quantias milionárias do Departamento Estadual de Trânsito

09/05/2018 -

Deputados investigados votarão em sigilo prisão de Mauro Savi

De acordo com as investigações, Savi seria o responsável pelas indicações políticas no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) durante o governo Silval Barbosa

09/05/2018 -

Quinto mandado de prisão preventiva é cumprido em Brasília

Kobori é sócio de diferentes empresas que receberam recursos desviados do Detran.

09/05/2018 -

Prisões de Savi e Paulo Taques são baseadas em delação de empresário

A primeira fase Operação Bereré, deflagrada em fevereiro, resultou no bloqueio de mais de R$ 27 milhões das contas de 17 pessoas e empresas

08/05/2018 -

MP-MT orienta prefeitura a cancelar show nacional de aniversário por precariedade em setores essenciais

Show com a cantora Naiara Azevedo está previsto para o próximo sábado (12). Na notificação, o órgão dá prazo de 48 horas para rescisão do contrato com a artista.

08/05/2018 -

Ministro "desce" ação contra senador de MT para a 1ª instância

Os fatos atribuídos ao senador licenciado foram supostamente praticados quando ele era prefeito

07/05/2018 -

Um acidente de trabalhado é registrado a cada 52 minutos em MT, diz MPT

Do total de trabalhadores envolvidos nas ocorrências, um morre a cada três dias e meio. Dados fazem parte do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho.

04/05/2018 -

Conselheiro afastado do TCE vira réu no STJ por crime ambiental

MPF afirma que conselheiro afastado causou dano a áreas de preservação em Livramento

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora