Judiciário

MP investiga prefeito e servidor por irregularidades na transferência de veículos no Nortão

A promotora de justiça, Cynthia Quaglio Gregorio Antunes, determinou a instauração de inquérito civil para investigar o prefeito de Itanhangá, Edu Laudi Pascoski

Inquérito Civil | 22 de Setembro de 2018 as 15h 09min
Fonte: Cleber Romero | Só Notícias

A promotora de justiça, Cynthia Quaglio Gregorio Antunes, determinou a instauração de inquérito civil para investigar o prefeito de Itanhangá, Edu Laudi Pascoski, uma servidora da prefeitura e um agente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) por possíveis irregularidades na transferência de veículos utilizando os serviços de um despachante.

Consta no documento de instauração, que o procedimento de investigação preliminar da Corregedoria Setorial do Detran constatou a prática, em tese, de atos de improbidade administrativa pelo gestor municipal, pelos servidores e o agente do órgão estadual, em razão de irregularidades no processo de transferência de propriedade de uma Mercedes-Benz Ls1313 vermelha, com placas de Itanhangá.

A promotora também considerou que a conduta de Edu Laudi e dos servidores pode configurar ato de improbidade administrativa e, por isso, instaurou o inquérito para a verificação necessária. Além disso, requereu que os investigados prestem as informações no prazo de 15 dias.

A prefeitura também foi notificada para informar se foi instaurado procedimento administrativo disciplinar em desfavor dos servidores.

Outro lado

A reportagem não conseguiu contato com o prefeito e a defesa dos servidores citados no processo pelo Ministério Público.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

22º

COTAÇÃO