Judiciário

Pedreiro ameaçado por chefe em MT ao pedir melhor condição de trabalho deve ser indenizado

Num dos relatos, o pedreiro diz que seguranças do patrão mostraram armas nas cinturas. Para compensar os abusos, o TRT-MT arbitrou indenização de R$ 3 mil.

Ameaça | 27 de Abril de 2018 as 08h 13min
MT Agora - G1

Um pedreiro que mora em Cuiabá deve ser indenizado depois de ter sido ameaçado pelos superiores ao cobrar melhor condição de trabalho. Para compensar os abusos sofridos, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MT) arbitrou indenização de R$ 3 mil.

Em relato à Justiça do Trabalho, o pedreiro contou que sempre era recebido por seguranças quando ia até a sede da empresa para cobrar salários em atraso, vale-transporte ou reclamar da alimentação recebida.

Em uma das vezes ele contou que ao fazer uma reclamação ao patrão, os seguranças começaram a circulas pela sala “levantando a camisa e deixando à mostra armas que traziam na cintura”, com o intuito de intimidá-lo.

No processo, a empresa negou as acusações, mas não apresentou nenhuma prova.

Os representantes da empresa também não comparecerem na audiência de instrução realizada na 5ª Vara do Trabalho de Cuiabá.

“A partir desses apontamentos, os fatos relatados na exordial se tornaram incontroversos”, ressaltou o desembargador Edson Bueno, relator do recurso julgado na 1ª Turma do TRT-MT.

Ao avaliar o valor que compensa adequadamente às ameaças relatadas pelo trabalhador, o magistrado fixou o valor da indenização em R$ 3 mil.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

30º

COTAÇÃO