Judiciário

Reeducandas de Cuiabá iniciam capacitação em produção de flores tropicais

Colocar as mãos na terra, sentir o vento e o sol no rosto, molhar plantas foram as experiências da reeducanda D.F.S, 20 anos, na manhã desta quinta-feira (12), no Presídio Feminino de Cuiabá, Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Fonte: Alcione dos Anjos/ Fotos: Álvaro Marinho
12 de Setembro de 2019 as 17h 20min

Alcione dos Anjos/ Fotos: Álvaro Marinho Coordenadoria de Comunicação do TJMT

  Colocar as mãos na terra, sentir o vento e o sol no rosto, molhar plantas foram as experiências da reeducanda D.F.S, 20 anos, na manhã desta quinta-feira (12), no Presídio Feminino de Cuiabá, Ana Maria do Couto May, em Cuiabá. Com as sensações, banais para quem está em liberdade, mas limitadas para quem se encontra em privação de liberdade, a reeducanda foi capaz de sonhar um futuro promissor, fora da prisão e com a filha de 11 meses, que está com a família.

  D.F.S é uma das 30 mulheres beneficiadas pelo projeto RefloreSER, apoiado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e que é realizado na unidade prisional. Presa por roubo, está há três meses no presídio e, desde então, não teve contato com a menina. “Errei e estou pagando pela minha falha. Tenho muita saudade da minha filha, mas sei que aqui não é ambiente”, comenta.

  “Estou aproveitando todas as oportunidades que surgem aqui. Participo da escola que funciona aqui. Curso o ensino médio e agora estou no projeto RefloreSER. Achei a oportunidade maravilhosa para mudar de vida. Estou confiante que tudo dará certo e quando estiver lá fora vou poder me sustentar, cuidar da minha filha e até ensinar outras pessoas”, planeja.

  Nesta manhã, o professor Rafael Campagnol, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que é engenheiro agrícola, apresentou o 1º Módulo do curso “Capacitação em produção de flores tropicais”. Levou três universitários que irão ser monitores, ajudando na parte prática. “Ao todo, a capacitação é de cinco módulos e carga horária de 200 horas. A parte teórica é de 8 horas e as demais são para colocarem mão na massa”, conta.

  A parte prática do curso será realizada em uma estufa construída em uma área do presídio com recursos disponibilizados pelo Tribunal de Justiça e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Seccional Mato Grosso. As primeiras espécies de flores, envasadas, demoram de dois a quatro meses para estarem prontas, já as de corte de seis a 12 meses. “Vamos trabalhar com mini girassóis, petúnias, onze-horas e outras plantas que se adaptam bem a nosso clima quente e seco”, cita o professor.

  De acordo com a diretora da unidade, Maria Gicelma Ferreira da Silva, algumas das reeducandas têm experiência com horta, outro projeto desenvolvido na unidade e agora a capacitação em produção de flores tropicais irá complementar o conhecimento em cultivo. “Temos 195 reeducandas na unidade e para participar dos projetos é pré-requisito participar da escola. Hoje, temos 78 estudantes”, cita.

  As reeducandas que optam pela educação e capacitação conseguem remição de pena. “A cada 12 horas de estudo tem remição de 1 dia da pena, e a cada 3 dias trabalhados reduz um dia da pena”, informa a diretora. “Todos os projetos que a unidade propõe são para que tenham oportunidade fora daqui. Mas, a realidade delas aqui dentro é muito solitária. Poucas têm visita de familiares que podem trazer algum produto, como shampoo e condicionador. Quando trabalham podem receber pecúlio, que é uma remuneração e assim comprar itens básicos”, reforça.

  O projeto RefloreSER é uma parceria entre a Faculdade de Agronomia da UFMT, por meio da Coordenação de Extensão (Codex), com a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh), Associação Cultural Cena Onze, OAB Mato Grosso, Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e a Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).


COMENTARIOS

Mais de Judiciário

Autorização

Justiça de Minas autoriza goleiro Bruno a jogar no Operário de VG

Decisão é da Vara de Execução em Meio Aberto e Medidas Alternativas da Comarca de Varginha

17 de Janeiro de 2020 as 21h35

Leilão Suspenso

TRF suspende leilão de avião de empresário acusado de movimentar R$ 30 milhões do tráfico em MT

O avião pertence ao empresário Ricardo Cosme dos Santos, conhecido como "DJ Superman Pancadão", preso durante a operação que investigou um esquema internacional de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

15 de Janeiro de 2020 as 00h48

Acordo não Cumprido

MP alega que município de MT descumpriu acordo e pede pagamento de multa de R$ 5 milhões

Venceu em 2 de agosto de 2014 o prazo para os municípios brasileiros implantarem a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

14 de Janeiro de 2020 as 08h27

Custas Processuais

Emenda de Fávero é acatada e dispositivo contemplará advogados de Mato Grosso

O deputado estadual Silvio Fávero conseguiu aprovar dispositivo que isenta os advogados de pagar pela execução de seus honorários.

13 de Janeiro de 2020 as 19h58

Verba Indenizatória

Justiça suspende pagamento de verba indenizatória a vereadores de Itiquira (MT)

Vereadores recebiam R$ 8 mil e o presidente da Câmara mais de R$ 9 mil de verba indenizatória por mês.

01 de Janeiro de 2020 as 09h41

Decisão

Justiça acata pedido de PGE e delegado deve continuar afastado da Defaz em MT

Lindomar foi afastado da Defaz pela diretoria geral da Polícia Civil. Ele entrou com uma ação e o juiz Yale Sabo Mendes determinou o retorno dele à Defaz.

25 de Dezembro de 2019 as 21h40

Liberdade Negada

Justiça nega liberdade a produtor rural acusado de matar engenheiro em MT

Paulo teria cometido o crime para não pagar uma dívida de cerca de 12 mil toneladas de grãos que tinha com a empresa para a qual Silas trabalhava.

25 de Dezembro de 2019 as 10h13

Investigação

Juiz mantém prisão de vereador suspeito de envolvimento com tráfico de drogas em MT

Calistro Lemes do Nascimento, o Jânio Calistro (PSD), foi preso, na quinta-feira (19), durante operação 'Cleanup'.

22 de Dezembro de 2019 as 08h09

Decisão

Justiça determina que delegado que alegou sofrer perseguição política retorne à Defaz em MT

Segundo Tófoli, enquanto esteve à frente da delegacia, construiu um histórico bem-sucedido de ações de combate ao crime do colarinho branco.

22 de Dezembro de 2019 as 07h55

Contrato Anulado

Contrato de empresa especializada em serviços oftalmológicos é anulado em MT

A empresa 20/20 Serviços Médicos SS, que participou do programa “Caravana da Transformação”, já responde a ações propostas em outros estados e também em Cuiabá.

18 de Dezembro de 2019 as 01h05

Decisão Judicial

Juiz anula demissão de PMs acusados de extorsão em MT e diz que provas foram obtidas por meio de grampos

Magistrado diz que as provas apresentadas foram obtidas de maneira ilegal, já que a condenação deles havia se baseado em escutas telefônicas sem autorização judicial. O esquema de interceptações ficou conhecido como 'Grampolândia Pantaneira'.

18 de Dezembro de 2019 as 01h04

Fiança

Justiça determina soltura de professora que atropelou mulher e criança após provar não ter condições de pagar fiança de quase R$ 30 mil

Professora afirmou que a renda mensal dela é de R$ 2 mil e, por isso, não teria condições de pagar o valor determinado pela Justiça.

22 de Novembro de 2019 as 06h49

Terra Prometida

TRF vê falta de indícios e tranca apuração contra ex-prefeito de Lucas em operação

O abalo à sua imagem, por conta da operação, acabou tendo que vender parte de sua empresa e perder o controle acionário.

21 de Novembro de 2019 as 11h17

Decisão da Justiça

Justiça determina que delegado de MT suspeito de envolvimento com grampos volte a usar tornozeleira

Rogers Elizandro Jarbas é investigado por interferir no processo que apura o crime, tentando obter documentos sigilosos, ou constrangendo autoridades.

19 de Novembro de 2019 as 10h35

Decisão STF

Após decisão do STF, Justiça manda soltar ex-governador de Minas

10 de Novembro de 2019 as 15h20

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO