Judiciário

Rocha Loures pede à Justiça Federal que suspenda análise de denúncia contra ele

Ex-deputado e ex-assessor de Michel Temer foi denunciado por corrupção passiva. Defesa quer suspensão até que STF julgue recurso que questiona envio da acusação à primeira instância.

Deputado Da Mala | 20 de Novembro de 2017 as 23h 02min
MT Agora - G1

IMAGEM DE ARQUIVO: Ex-deputado federal e ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures deixa a sede da Polícia Federal em junho e é transferido para o presídio da Papuda (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

 

A defesa do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pediu à Justiça Federal de Brasília que suspenda a tramitação da denúncia contra ele por corrupção passiva.

Ex-assessor do presidente Michel Temer, o peemedebista foi denunciado pela Procuradoria Geral da República pelo crime de corrupção passiva, assim como o presidente. Os dois foram acusados de receber propina em troca de favorecimento ao grupo J&F, dos empresários Joesley e Wesley Batista.

Em abril deste ano, Rocha Loures foi filmado saindo de um restaurante em São Paulo, após ter recebido do executivo Ricardo Saud uma mala contendo R$ 500 mil. Rocha Loures foi preso em razão do episódio.

A suspeita da PGR na denúncia é de que Temer seria o destinatário final do dinheiro. O presidente nega.

Como Rocha Loures não tem foro privilegiado junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), em agosto o ministro Edson Fachin decidiu remeter a denúncia contra ele à primeira instância judicial. A acusação contra Temer foi suspensa por decisão da Câmara e só voltará a tramitar após o fim do mandato do presidente, em 31 de dezembro de 2018.

No pedido, o advogado Cézar Bittencourt pede que a análise do caso fique suspensa até que o Supremo decida sobre um recurso da defesa, que questiona o envio da denúncia contra Rocha à primeira instância, em Brasília.

A defesa do peemedebista afirma que Rocha Loures e Temer são investigados a partir da mesma prova e que, por isso, deveriam ser julgados conjuntamente após o término do mandato de Temer.

Afirma ainda que há uma “relação umbilical “ entre as narrativas das condutas dois acusado, e que prosseguir a análise do caso de Rocha Loures na Justiça Federal implicaria, indiretamente, no julgamento de Temer, afrontando a decisão da Câmara, que suspendeu a tramitação da denúncia.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sexta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempestades

22º

COTAÇÃO