Judiciário

Servidores recebem capacitação especial sobre segurança institucional e autodefesa

Atitudes simples, que muitas vezes passam despercebidas no dia a dia, podem evitar grandes prejuízos e até salvar vidas.

Fonte: Ulisses Lalio | Coordenadoria de Comunicaçã
11 de Setembro de 2019 as 15h 25min

Ulisses Lalio Coordenadoria de Comunicação do TJMT

  Atitudes simples, que muitas vezes passam despercebidas no dia a dia, podem evitar grandes prejuízos e até salvar vidas. Pensando nisso, a Coordenadoria Militar do Poder Judiciário de Mato Grosso ministra a cerca de 100 servidores de Cuiabá e Várzea Grande, na escola dos Servidores, o curso sobre Segurança Institucional e Autodefesa.

  É muito comum pensar em medidas que devem ser tomadas em situações de emergência. Porém, de acordo com coordenador militar do TJMT, coronel Alexandre Mendes, a melhor forma de combater a criminalidade é buscando reduzir as situações de risco. “Nosso objetivo é despertar em cada um deles a importância na mudança de procedimentos de segurança. Tanto dentro das unidades do Poder Judiciário e especialmente no ambiente externo. Estamos mostrando vários estudos de caso, para termos condições de mostrar e indicar o melhor comportamento diante das ameaças”, explicou o coronel.

  Durante uma das apresentações do curso, o instrutor explicou que ao contrário de medidas de reação – que são tomadas durante e após o fato – a segurança preventiva tem como objetivo principal a prevenção de crimes. Para implantá-la são necessárias estratégias para inibir a ação de bandidos ou que permitam uma intervenção antes que ela se concretize.

  “Se esses servidores abraçarem os ensinamentos certamente teremos um ambiente de trabalho muito mais seguro e controlável. O interesse nessa capacitação nos surpreendeu e por isso teremos mais duas edições do curso aqui na Capital, em outubro e novembro. Esperamos que todos saiam daqui melhores do que entraram”, ponderou o coronel.

  Para a servidora de Várzea Grande, Rosana Maria de Sousa Goulart, diante da vulnerabilidade das pessoas uma capacitação voltada para a segurança é imprescindível. “O cuidado preventivo é o primeiro passo para que possamos evitar riscos. Como o instrutor argumentou: ações preventivas podem evitar 95% dos casos de violência. Eles estão mostrando vídeos fortes, analisando os casos, debatendo sobre as ações que podem ser tomadas em casos de exposição a crimes como roubos, ou violência sexual e isso é muito esclarecedor”, pontuou.

  As lições servirão para que o servidor tenha certa segurança para tomar atitudes em momentos decisivos. O objetivo da escola é capacitar de forma permanente conforme prevê a Resolução 176/2013 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabelece a realização periódica de curso sobre segurança institucional, objetivando a compreensão dos riscos e avaliação das ocorrências das situações para adotar medidas de segurança e autodefesa que auxiliem na proteção da própria integridade física.


COMENTARIOS

Mais de Judiciário

Autorização

Justiça de Minas autoriza goleiro Bruno a jogar no Operário de VG

Decisão é da Vara de Execução em Meio Aberto e Medidas Alternativas da Comarca de Varginha

17 de Janeiro de 2020 as 21h35

Leilão Suspenso

TRF suspende leilão de avião de empresário acusado de movimentar R$ 30 milhões do tráfico em MT

O avião pertence ao empresário Ricardo Cosme dos Santos, conhecido como "DJ Superman Pancadão", preso durante a operação que investigou um esquema internacional de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

15 de Janeiro de 2020 as 00h48

Acordo não Cumprido

MP alega que município de MT descumpriu acordo e pede pagamento de multa de R$ 5 milhões

Venceu em 2 de agosto de 2014 o prazo para os municípios brasileiros implantarem a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

14 de Janeiro de 2020 as 08h27

Custas Processuais

Emenda de Fávero é acatada e dispositivo contemplará advogados de Mato Grosso

O deputado estadual Silvio Fávero conseguiu aprovar dispositivo que isenta os advogados de pagar pela execução de seus honorários.

13 de Janeiro de 2020 as 19h58

Verba Indenizatória

Justiça suspende pagamento de verba indenizatória a vereadores de Itiquira (MT)

Vereadores recebiam R$ 8 mil e o presidente da Câmara mais de R$ 9 mil de verba indenizatória por mês.

01 de Janeiro de 2020 as 09h41

Decisão

Justiça acata pedido de PGE e delegado deve continuar afastado da Defaz em MT

Lindomar foi afastado da Defaz pela diretoria geral da Polícia Civil. Ele entrou com uma ação e o juiz Yale Sabo Mendes determinou o retorno dele à Defaz.

25 de Dezembro de 2019 as 21h40

Liberdade Negada

Justiça nega liberdade a produtor rural acusado de matar engenheiro em MT

Paulo teria cometido o crime para não pagar uma dívida de cerca de 12 mil toneladas de grãos que tinha com a empresa para a qual Silas trabalhava.

25 de Dezembro de 2019 as 10h13

Investigação

Juiz mantém prisão de vereador suspeito de envolvimento com tráfico de drogas em MT

Calistro Lemes do Nascimento, o Jânio Calistro (PSD), foi preso, na quinta-feira (19), durante operação 'Cleanup'.

22 de Dezembro de 2019 as 08h09

Decisão

Justiça determina que delegado que alegou sofrer perseguição política retorne à Defaz em MT

Segundo Tófoli, enquanto esteve à frente da delegacia, construiu um histórico bem-sucedido de ações de combate ao crime do colarinho branco.

22 de Dezembro de 2019 as 07h55

Contrato Anulado

Contrato de empresa especializada em serviços oftalmológicos é anulado em MT

A empresa 20/20 Serviços Médicos SS, que participou do programa “Caravana da Transformação”, já responde a ações propostas em outros estados e também em Cuiabá.

18 de Dezembro de 2019 as 01h05

Decisão Judicial

Juiz anula demissão de PMs acusados de extorsão em MT e diz que provas foram obtidas por meio de grampos

Magistrado diz que as provas apresentadas foram obtidas de maneira ilegal, já que a condenação deles havia se baseado em escutas telefônicas sem autorização judicial. O esquema de interceptações ficou conhecido como 'Grampolândia Pantaneira'.

18 de Dezembro de 2019 as 01h04

Fiança

Justiça determina soltura de professora que atropelou mulher e criança após provar não ter condições de pagar fiança de quase R$ 30 mil

Professora afirmou que a renda mensal dela é de R$ 2 mil e, por isso, não teria condições de pagar o valor determinado pela Justiça.

22 de Novembro de 2019 as 06h49

Terra Prometida

TRF vê falta de indícios e tranca apuração contra ex-prefeito de Lucas em operação

O abalo à sua imagem, por conta da operação, acabou tendo que vender parte de sua empresa e perder o controle acionário.

21 de Novembro de 2019 as 11h17

Decisão da Justiça

Justiça determina que delegado de MT suspeito de envolvimento com grampos volte a usar tornozeleira

Rogers Elizandro Jarbas é investigado por interferir no processo que apura o crime, tentando obter documentos sigilosos, ou constrangendo autoridades.

19 de Novembro de 2019 as 10h35

Decisão STF

Após decisão do STF, Justiça manda soltar ex-governador de Minas

10 de Novembro de 2019 as 15h20

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO