Judiciário

Sorriso: Juiz vai revogar medida protetiva de mulher que aproximar de homem e agredi-lo

A decisão desta terça-feira foi deferia, pois o paciente vai fazer concurso na mesma escola que a mulher ofendida.

Decisão Judicial | 28 de Novembro de 2018 as 20h 57min
Fonte: JK Notícias

O Juiz de Direito, da Comarca de Sorriso, Anderson Candiotto revogou as medidas protetivas que foi dada a uma mulher contra o ex-companheiro.

Na decisão, Candiotto ressaltou que o Habeas Corpus pedido pelo paciente foi deferido porque o mesmo vai fazer um aprova de concurso público no próximo dia (02/12) e a mulher ofendida também estaria no mesmo local, realizando a prova. O Juiz também ordenou, as autoridades, que se devolvessem os documentos pessoas do suspeito, caso estivem retidos.

Em contato com a reportagem, o Juiz Anderson Candiotto também ressaltou que a 2 vara criminal também pode REVOGAR e/ou extinguir medidas protetivas de mulher POR CONTA DE COMPORTAMENTO CONTRADITÓRIO da própria mulher que, tendo medidas de proteção, vai ao encontro do homem e lhe causa agressão física ou patrimonial.

“Reputo importante dar publicidade a tal decisão para ORIENTAR que as MULHERES têm direito a proteção, mas que as mesmas mulheres NÃO PODEM usar a proteção judicial para praticar crimes contra o homem agressor, em verdadeiro contraditório à condição de vítima”, ressaltou Candiotto.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Sábado

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO