Policia

Boliviano é preso suspeito de estuprar duas enteadas após vítima fugir de casa e denunciá-lo em MT

Mãe das vítimas sabia dos abusos e também será indiciada por estupro de vulnerável. Menina de 14 anos tem um filho de um ano, supostamente fruto do estupro sofrido.

Estupro De Vulnerável | 09 de Fevereiro de 2019 as 18h 34min
Fonte: G1 MT

Um boliviano foi preso suspeito de ter abusado das duas enteadas dele, de 13 e 14 anos, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu após a denúncia de uma das vítimas que fugiu de casa e procurou a polícia. O caso foi divulgado neste sábado (9).

De acordo com a Polícia Civil, o boliviano, de 40 anos, confessou o crime. A investigação apontou que a mãe das vítimas sabia dos abusos e também será indiciada no inquérito policial por estupro de vulnerável.

As investigações iniciaram quando a menina, de 13 anos, fugiu de casa e procurou a ajuda da ex-patroa da mãe dela. A mulher encorajou a menina denunciar o padrasto. Na delegacia, a adolescente relatou os abusos iniciaram há dois anos quando a família ainda estava na Bolívia.

Segundo a delegada Judá Maali Marcondes, que coordena as investigações, a vítima relatou que o último abuso ocorreu há três semanas, mas que ela e a irmã eram abusadas desde que ela tinha 11 anos.

A irmã mais velha, de 14 anos, tem um filho de um ano, supostamente fruto do estupro sofrido.

O boliviano confessou os abusos praticados contra as enteadas e disse que a mãe das vítimas tinha conhecimento da situação.

Conforme a delegada, o boliviano explicou que 'a companheira ficava brava com os abusos, mas não o impedia de estuprar as filhas.

A mãe das menores também será indiciada por estupro de vulnerável como coautora, uma vez que consentia com os abusos.

A adolescente, de 14 anos, também foi ouvida e confirmou que era abusada pelo suspeito e que a mãe sabia do crime.

COMENTARIOS

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

COTAÇÃO