Policia

Bombeiros pedem investigação sobre possível falha de atendente em morte de jovem

Oficiais buscam esclarecer o caso do jovem encontrado morto na área de uma casa. O dono da chácara afirma ter havido negligência por parte dos Bombeiros.

Esclarecimento | 08 de Agosto de 2018 as 19h 07min
Fonte: Oliveira Neto | Portal da Cidade

O comandante do Corpo de Bombeiros em Lucas do Rio Verde, Cap. Alex enviou documento ao comando regional da corporação solicitando que fosse aberto um procedimento para investigar uma possível falha no atendimento a uma solicitação de ajuda. Trata-se do caso em que um jovem de 22 anos morreu na área de uma casa na Chácara da Rua Constatina, na madrugada de Domingo (05). 

Naquele momento houve informações por parte do proprietário da chácara de ter ligado para o Corpo de Bombeiros e para a Polícia Militar, mas nenhuma das duas instituições teriam atendido ao chamado. No Boletim de Ocorrência da Polícia Civil consta essa afirmativa. 

O Capitão BM Alex Queiroz disse que solicitou ao comando regional que enviasse um oficial de fora do município para fazer a investigação para mostrar lisura, transparência e imparcialidade no procedimento. 

Questionado sobre o que acontecido e o porquê os bombeiros não foram ao local quando chamado, Cap. BM Alex disse que a princípio não quer fazer nenhum julgamento antecipado da situação até que a investigação seja concluída. Mesmo assim, ele relatou a versão do atendente.

“Uma pessoa teria ligado da chácara no sábado à noite, por volta de 21h30, informando que tinha uma pessoa aparentemente embriagada invadindo a sua residência. O bombeiros então acreditou que se trataria de invasão de domicilio e pediu para o solicitante entrasse em contato com a Polícia Militar pra verificar o caso e que caso tivesse uma nova informação ou se realmente fosse constatado se a pessoa estivesse precisando de ajuda, que voltasse a liga pro Corpo de Bombeiros. E isso não foi feito então diante disso, de não ter tido mas nenhuma ligação, nenhum chamado o atendente acreditou que o assunto tivesse resolvido. Somente no outro dia, no início da manhã que recebeu uma outra ligação e a equipe deslocou, fez o atendimento, porém foi constatado o óbito dessa pessoa”, disse.

O atendente disse ainda ao comandante local que achava que poderia se tratar de uma armadilha contra o dono da chácara, porque ele soube que o rapaz falava palavras desconexas e que o dono da casa não saiu realmente pra ver se a pessoa estava mesmo embriagada, olhando apenas da janela da casa. 

Então isso teria levado o atendente do bombeiros a acreditar que poderia ser um caso de polícia e não um caso de bombeiros.  

As investigações serão realizadas nos próximos dias e resta esperar a apuração para se esclarecer esse caso.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Quarta Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

30º

COTAÇÃO