Centro de Detenção Provisória

Com trabalho em fábrica, reeducandos querem construir novo caminho em Lucas do Rio Verde

Os recuperandos são remunerados e têm no trabalho uma chance de não apenas garantir a remição da pena, mas de mostrar que podem contribuir e voltar à sociedade com dignidade.

19 de Março de 2019 as 16h 23min

Quem passa pelas largas ruas planejadas de Lucas do Rio Verde (360 km ao norte de Cuiabá) não imagina que o trabalho de reeducandos e, consequentemente, a esperança de uma oportunidade fora das grades, está por trás da produção de milhares de peças que calçam vias públicas, canalizam a água pluvial, enfeitam praças e são abrigos de paradas de ônibus.

A fábrica de artefatos de concreto e a serralheria instaladas nas dependências do Centro de Detenção Provisória integram o projeto Espaço de Trabalho Vida Nova e foram pensadas como uma forma de ofertar trabalho e ser oportunidade de reconstrução da vida de quem trabalha no local e ainda, reduzir custos para a administração pública. Com o emprego da mão de obra de 27 reeducandos, foram fabricadas no complexo, no ano passado, 153 mil peças de concreto e reformadas 20 coberturas de pontos de ônibus da cidade. Todos os produtos são empregados na área de serviços urbanos do município.

Os recuperandos são remunerados e têm no trabalho uma chance de não apenas garantir a remição da pena, mas de mostrar que podem contribuir e voltar à sociedade com dignidade. Desde que o projeto começou, há quase cinco anos, em uma iniciativa da Prefeitura Municipal com apoio do Poder Judiciário, Fundação Nova Chance, Sistema Penitenciário, Ministério Público, empresa privada e Conselho de Segurança da Comunidade, mais de 50 reeducandos foram empregados no local.
No espaço anexo ao Centro de Detenção Provisória são produzidos blocos, canaletas, tubos para galeria pluvial e de esgoto, estacas de cercas, pavers, telas e tampas de bueiro.

Opção de um caminho diferente
G. R., 46 anos, é um dos trabalhadores mais antigos na fábrica - está há três anos no local. Entre as centenas de blocos de cimento, manilhas e tijolos, ele diz que o trabalho é uma forma gratificante para não ver os dias passarem tão lentamente. “Quem abraça o detento quando ele sai da porta para fora? O próprio crime, já que muitas das famílias estão desestruturadas. Mas, graças a esse trabalho, temos a oportunidade de escolher um caminho diferente para seguir. A maioria das pessoas que está no projeto sai e não retorna mais para a cadeia. Dificilmente pagando só a cadeia tem chance de ressocializar. Por isso que o projeto pode colaborar para mudar nossa vida, pois são poucas as oportunidades que encontramos na rua”, afirma o reeducando que, com seu entusiasmo e dedicação, contagia os demais.

Outro reeducando, G.O.P., diz que participar do projeto é chance de reeducação e que todos ficam na expectativa de ter um bom comportamento para entrar na fábrica.
J.O.T., 65 anos, descreve o cenário de antes e depois da instalação do empreendimento. “Antes, aqui só tinha mato, a maioria dos presos tinha mau comportamento. Hoje, é diferente, nossa mente fica ocupada na fabricação. Nenhum fugiu, machucou ou morreu. Somos agradecidos pelo apoio e confiança depositada em nós”.

O diretor do CDP, José Ronaldo Frutuoso, é categórico quando afirma que o trabalho na unidade prisional transformou o comportamento dos reeducandos e trouxe mais comprometimento a cada um deles. “A oportunidade desenvolvida com várias parcerias é fundamental para não apenas proporcionar trabalho, mas também dar um novo alento a quem hoje está privado de liberdade, mas que um dia será reintegrado à sociedade”, pontua o diretor, afirmando também que o bom comportamento dos trabalhadores resulta em melhor disciplina dentro do centro de detenção. 

Ronaldo acrescenta ainda que o fruto do trabalho ajuda no sustento de algumas famílias.“Eles recebem mensalmente um salário mínimo, que é depositado em conta. Os familiares deles estão bastante felizes com o projeto e alguns, até sem renda, se sustentam com o salário que eles ganham aqui dentro”.

“O trabalho e o estudo são ocupações importantes que podem auxiliar o reeducando a romper o círculo vicioso da criminalidade. E o projeto desenvolvido em Lucas do Rio Verde é exemplo de que a ressocialização pelo trabalho é o caminho para auxiliar na humanização do Sistema Penitenciário”, observa o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores.

Para abrigar os trabalhadores da fábrica, a unidade prisional está concluindo uma ala com capacidade para 48 reeducandos. A ideia é separar os internos que trabalham dos demais reeducandos, a fim de evitar retaliações. No novo espaço, os trabalhadores terão banheiro e poderão receber visitas, como já ocorre na ala comum.


Fonte: Raquel Teixeira | Sesp-MT

COMENTARIOS

Mais de Policia

Batalhão de Trânsito

Operação Semana Santa começa nesta quinta-feira nas rodovias estaduais

A Operação Semana Santa começa às 18hs desta quinta – feira (18.04) e segue até às 08h da manhã de segunda-feira (22.04)

18 de Abril de 2019 as 23h00

Tráfico de Drogas

Suspeitos de tráfico de drogas estavam com 149 Pinos de cocaína

A ajuda da sociedade contribuiu para a prisão de dois suspeitos

18 de Abril de 2019 as 20h33

Medidores de Energia

Três pessoas são presas com mais de 400 medidores de energia furtados de empresa

O prejuízo causado a empresa de energia foi avaliado em torno de R$ 200 mil.

17 de Abril de 2019 as 08h45

Investigação

Homem é atingido com facadas no pescoço e está internado no Hospital São Lucas

Ainda não há informações das circunstâncias de como ocorreu a tentativa de homicídio.

16 de Abril de 2019 as 09h23

Apresentou Nervosismo

Mulher é presa tentando entrar com documento falso e droga em cadeia em Lucas do Rio Verde

Em função disso ela foi encaminhada à delegacia de polícia civil.

16 de Abril de 2019 as 02h47

Direção Perigosa

Motorista embriagado é preso por direção perigosa em Lucas do Rio Verde

Na abordagem, os policias perceberam que ele estava em visível estado de embriaguez.

16 de Abril de 2019 as 02h44

Homem Violento

Em Lucas: Agressivo, homem tenta enforcar filho e agride esposa

A violência doméstica foi registrada pela polícia militar no bairro Parque das Américas em Lucas do Rio Verde.

16 de Abril de 2019 as 02h29

Após Desentendimento Familiar

Armado com canivete, homem investe contra a PM em Lucas do Rio Verde

O fato aconteceu por volta das 20h40 desse domingo (14), na rua Anita Garibaldi – Parque das Américas.

16 de Abril de 2019 as 02h25

Cerco Policial

Em Lucas: Usando tornozeleira eletrônica, mulher foge de cerco policial

A mulher foi abordada quando estava em um veículo Fiat Palio, juntamente com seu marido no bairro Veneza em Lucas do Rio Verde.

16 de Abril de 2019 as 02h23

Suposto Afogamento

Rio Verde: Bombeiros fazem mergulho à procura de suposta vítima de afogamento

O suposto afogamento de um homem teria ocorrido no rio, aos fundos de algumas chácaras, logo depois do bairro Pioneiro, no início da tarde dessa segunda-feira (15).

15 de Abril de 2019 as 16h35

Tentativa De Homicídio

Jovem tenta defender mulher e leva facada no pescoço em Lucas do Rio Verde

Um jovem de 26 anos acabou ferido com um golpe de faca na região do pescoço e foi encaminhado por terceiros até o hospital São Lucas.

15 de Abril de 2019 as 16h18

Lei Seca

Onze pessoas são presas e 28 carros e motos recolhidos em operação neste domingo

A 14ª Operação Lei Seca foi realizada entre 5h45 e 9h45 deste domingo (14), na Avenida Dr. Paraná, no bairro Alameda, em Várzea Grande.

15 de Abril de 2019 as 09h40

Prisão

Lucas do Rio Verde: Dupla é detida por receptação e envolvimento com tráfico de drogas

As prisões foram efetuadas pela Polícia Militar no bairro Bom Jesus.

14 de Abril de 2019 as 18h22

Investigação

Homens arrombam casa de ex-prefeito de MT e colocam fogo em quarto e escritório

Os criminosos colocaram arquivos e documentos do escritório em cima de uma cama e colocaram fogo. Ex-prefeito estava viajando com a família.

13 de Abril de 2019 as 19h38

Homicídio

Adolescente é morta a tiros pelo ex após ser expulsa de festa pelo suspeito em MT

Ex pediu para que segurança da festa a retirasse do local já que a vítima é adolescente. Vítima foi baleada assim que foi deixada em casa por um amigo, que também foi baleado.

13 de Abril de 2019 as 19h35

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO