Corregedoria defende demissão de delegado e 2 investigadores em MT

Eles são acusados na Justiça de receber propina para proteger traficantes. Corregedoria também pediu por suspensão de outros dois investigadores.

29/03/2017 - 08:14:38

   

Delegado João Bosco Ribeiro está afastado das funções desde junho de 2013 (Foto: Reprodução/TVCA)

A Corregedoria da Polícia Civil emitiu parecer, nesta semana, pela demissão do delegado João Bosco Ribeiro Barros, da sua esposa, a investigadora Gláucia Cristina Moura Alt, e do investigador Cláudio Roberto da Costa, acusados de ajudarem uma quadrilha de traficantes de drogas que atuava em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

O Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) foi instaurado para apurar as condutas de delegados e investigadores alvos da operação 'Abadom', deflagrada em 2013, por supostamente darem apoio ao tráfico de drogas e por receberem vantagem indevida mediante extorsão para dar 'proteção' a uma quadrilha de traficantes. O G1 não localizou a defesa das partes. Na época em que a operação foi deflagrada, Bosco e Gláucia negaram as acusações.

Segundo a Polícia Civil, a conclusão do PAD  também foi pela suspensão sem remuneração, por 85 e 90 dias, de outros dois investigadores que foram alvos da operação. Um sexto policial, que na época dos fatos encontrava-se em estágio probatório, foi demitido da Polícia Civil quando do início de tramitação do PAD.

A assessoria da Polícia Civil informou que todas as penas são passíveis de recursos das partes e que a decisão do PAD, agora, é encaminhada para o Conselho Superior de polícia, que irá decidir se acata ou não o parecer. As manifestações das defesas dos envolvidos também devem ser avaliadas pelo conselho e, apenas depois, seguem para a Procuradoria-Geral do Estado e, consequentemente, para a sanção do governador. A decisão final é publicada no Diário Oficial do Estado.

Tanto o delegado quanto os investigadores respondem a ação na Justiça em decorrência da operação e encontra-se afastados de suas funções desde junho de 2013, mas continuam recebendo salário normalmente.

Operação
De acordo com as investigações, além de tentar evitar que os criminosos fossem descobertos e presos, os réus ainda negociavam a soltura dos traficantes, como concluiu a Polícia Civil após investigações. Todos os investigados foram presos, mas Bosco e Gláucia foram soltos cerca de uma semana após a operação ser deflagrada.

Depois que o processo foi transferido da Comarca de Várzea Grande para a Vara do Crime Organizado em Cuiabá, as prisões preventivas dos dois foram decretadas novamente. Bosco, então, ficou foragido por quase três meses e se entregou à polícia em setembro de 2013. Menos de um mês depois disso, a Justiça determinou que os policiais respondessem a ação em liberdade.

MT Agora - Lislaine dos Anjos | G1

Mais Noticias

Assalto

Empresário é assassinado durante assalto em Sinop

Estupro

Homem é preso por estupro de 3 filhas e 2 enteadas após denúncia da mulher dele, diz polícia em MT

Decisão

Desembargador manda soltar secretário de Saúde preso por não fornecer remédio a paciente em MT

22/09/2017 -

Secretário de Saúde de MT é preso por não fornecer remédio a paciente

Luiz Soares foi conduzido até o Fórum de Cuiabá para audiência de custódia. Prisão foi determinada pelo juiz de Nova Canaã do Norte, Fernando Kendi Ishikawa.

23/09/2017 -

Exames confirmam estupro de menina aliciada por jovem pelo Facebook, diz polícia em MT

Vítima, que tem 12 anos, já teria sido levada para um motel pelo suspeito, segundo a Polícia Civil. Homem foi preso em flagrante e levado para presídio em Rondonópolis.

20/09/2017 -

Homens são levados para delegacia após confusão por programa sexual em Lucas do Rio Verde

O caso aconteceu em um hotel na Avenida Goiás, bairro Alvorada.

20/09/2017 -

Em Lucas do Rio Verde: criminosos rendem clientes e funcionários de lanchonete

O crime foi praticado por volta das 01h00 da madrugada dessa quarta-feira (20).

20/09/2017 -

Homem não identificado agride mulher em via pública em Lucas

O fato foi registrado por volta das 21h20 de ontem, terça-feira (19) na Rua Angelin no bairro Parque das Araras.

20/09/2017 -

Mulheres têm celulares roubados enquanto faziam caminhadas em Lucas

O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Judiciária Civil e até o momento ninguém foi detido.

20/09/2017 -

Homem invade casa, tenta estuprar mãe e filha de 3 anos e é agredido pela vítima, diz PM de MT

Jovem, de 19 anos, aproveitou o momento em que suspeito ficou de costas, pegou um pedaço de madeira e conseguiu golpeá-lo na cabeça. Ele disse à PM que estava embriagado.

20/09/2017 -

Boliviana é encontrada morta com o rosto desfigurado em Sinop

Rosto de Eugênia Surubí Parabá, de 45 anos, estava com marcas de pedradas. Suspeito do crime ainda não foi identificado.

20/09/2017 -

Mãe confessa ter matado o filho no interior do Estado

Empresária disse à Polícia Civil que jovem tinha problemas psiquiátricos e abusava do álcool.

20/09/2017 -

Polícia faz operação e investiga fraude, desvio de dinheiro e pagamentos ilegais em prefeitura de MT

Operação ''Loki'' deve cumprir 12 mandados de busca e apreensão em Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde e em Sorriso. Fraude teria envolvimento de prefeito, prestadores de serviço e funcionários públicos.

20/09/2017 -

Fazendeiro é agredido pelo próprio filho a cadeiradas; vitima leva 16 pontos

O fato ocorreu em na fazenda na estrada do Pau Oco, no município de Vera.

20/09/2017 -

Sozinho no bar, homem é cercado por dupla em moto e baleado 18 vezes

As testemunhas não informaram o destino que eles fugiram após cometer o crime.

20/09/2017 -

Homens matam e ''descarnam'' vaca no pasto e deixam apenas a ''barrigada''

Os suspeitos deixaram um facão no local, o que deverá auxiliar a investigação a localizar os responsáveis.

20/09/2017 -

PM prende homem com cinco pistolas e 400 munições em residência em MT

Diante dos fatos, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia, onde os policiais constataram que o suspeito já possui passagens criminais por receptação e porte ilegal de arma de fogo.

20/09/2017 -

Operação ''Bairro Seguro'' tem balanço parcial com 38 prisões e 1.416 abordagens

A ação integrada, que conta com mais de 1.100 profissionais das forças de segurança, entre Policia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec e Detran, tem como objetivo a redução da criminalidade.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora