Curso Antissequestro padroniza técnicas operacionais do GCCO

A capacitação iniciada no dia 17 de novembro formou 20 profissionais de segurança pública (5 delegados, 13 investigadores, 1 escrivão e 1 bombeiro militar).

01/12/2017 - 18:47:22

   

Uma operação para cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão, marcou o encerramento do 1º Curso de Operações Antissequestro, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, nesta sexta-feira (01.12).

Nas buscas, os policiais colocaram em prática o treinamento realizado nas duas últimas semanas e as técnicas do procedimento operacional padrão (Pop), desenvolvido durante o curso para padronizar as atividades da unidade policial.

Dois dos mandados foram cumpridos no bairro Sol Nascente, em Cuiabá. No local foram presos os irmãos Edvaldo Barboza da Silva Filho, 21 anos, e Eudes Barboza da Silva Neto, 25. Edvaldo foi preso por associação criminosa e receptação de 11 relógios de luxo, roubados da Joalheria Cleber Joalheiros. Seu irmão, Eudes, foi autuado em flagrante por pedofilia. Em seu celular, os policiais encontraram vários vídeos de pornografia envolvendo adolescentes e crianças.

A capacitação iniciada no dia 17 de novembro formou 20 profissionais de segurança pública (5 delegados, 13 investigadores, 1 escrivão e 1 bombeiro militar). As instruções foram ministradas por policiais civis do GCCO, Gerência de Operações Especiais (GOE), Batalhão de Operações Especiais (Bope), Inteligência, Delegacia de Entorpecentes (DRE), delegados e Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPaer).

O delegado Diogo Santana Souza, titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), foi aluno do curso e destacou que o objetivo principal foi desenvolver um padrão de atendimento das ocorrências de atribuição da unidade.

“Levamos muito a sério a capacitação de nossos policiais e também a padronização de nossos procedimentos operacionais para que em situação de emergência, cenário de crise, cada um saiba o que deve ser feito, diminuindo assim o tempo de resposta da ocorrência para toda a sociedade”, disse. “Conseguimos fazer nosso procedimento operacional padrão na área de sequestro, crime organizado e defensivo”, completou.

O coordenador do curso, investigador Joelson da Costa Almeida, informou que o procedimento operacional padrão (Pop), específico para as atividades investigativas do GCCO, será apresentado ao Conselho Superior de Polícia (CSP) para aprovação.

 “A criação desse Pop é um marco inicial em toda a PJC. Acredito que esse modelo poderá, futuramente, ser aproveitada por outras delegacias especializadas. Estamos definindo casos importantes, como utilização de uniformes, efetivo, tipo de armamento, padrão de relatório e quando será usado dentro das plataformas operacionais, para determinada ocorrência”, disse.

No curso, os alunos tiveram aulas sobre investigações especiais, inteligência operacional, táticas policiais, gerenciamento de crise, direitos humanos, sobrevivência policial, técnicas não letais, uso diferenciado da força, gerenciamento de crise, direitos humanos, atendimento pré-hospitalar tático, operacional helitransportado.

O Tenente-Coronel da Polícia Militar, Juliano Chirolli, coordenador do CIOPaer, foi instrutor das aulas de policiamento helitransportado. “Nas atividades operacionais estão aptos a embarcar na aeronave, fazermos as operações integradas e incorporar o helicóptero nas ações dessa Gerência tão importante no Estado de Mato Grosso”, declarou.

O delegado Guilherme Bertoli, que atua na Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf), considerou extremamente importante as instruções e técnicas ministradas. “Leva cada aluno a colocar em teste sua capacidade física, psicológica e intelectual, condições estas que equilibradas forjam o verdadeiro operador”, avaliou.

Para o delegado Nilson André Farias de Oliveira, da Delegacia de Sorriso, a qualificação do policial que está no interior ajuda no pronto-atendimento de ocorrências complexas, no levantamento de informações até a chegada de reforços da Capital. “A tendência é que essas gerências comecem a criar núcleos nos pólos, assim como aconteceu com os Garras”.

Na atividade operacional, o investigador Jefferson Michiura, destacou a necessidade de todos trabalharem dentro do mesmo nivelamento. “O procedimento operacional padrão na área investigativa e operacional dá mais segurança ao grupo”, afirmou.

Boa parte do curso foi ministrada nas dependências da Academia da Polícia Civil, no bairro São João Del Rei, em Cuiabá. “Tivemos aqui oportunidade de realizar um trabalho de excelência, que será referência”, afirmou o diretor da Acadepol, Carlos Fernando da Cunha.

Ainda no encerramento, os policiais prestaram homenagem a um dos primeiros policiais da Gerência, o investigador Olavo Pedro dos Santos, que atuou na unidade quando ainda era chamada de Divisão Antissequestro, e comanda pelo delegado Roberto Almeida Gil.

MT Agora - Polícia Judiciária Civil-MT

Mais Noticias

Tráfico de Drogas

Investigação leva traficante para a cadeia em Lucas

Ação Rápida

PM de Lucas prende suspeitos de roubo a casa lotérica

Operação Integrada

Ação de fiscalização lacra estabelecimentos em Lucas

Dinheiro Falso

Menor é apreendido com dinheiro falso em Lucas

09/12/2017 -

Estelionatário se diz pai de santo, recebe mensalidade de idoso com promessa de tirar encosto e é preso em MT

À polícia, a vítima contou que o suspeito cobrava para comprar bodes e galinhas pretas. Manoel Itamar Alves Silva, de 48 anos, foi levado para a delegacia e liberado em seguida.

09/12/2017 -

Ladrão fica entalado em porta ao furtar roupas de apartamento em MT e é preso

Marcos Paulo Silvestre de Alcântara, de 28 anos, foi detido e levado para a delegacia. Segundo a PM, ele ainda tentava furtar os objetos mesmo estando entalado.

08/12/2017 -

Agentes Prisionais revistam celas do Centro de Detenção Provisória de Lucas

Os trabalhos tiveram início às 06:00 horas da manhã e terminaram por volta das 11:00 horas.

08/12/2017 -

Assaltante é preso após roubar relojoaria em Lucas do Rio Verde

O crime foi praticado por dois suspeitos em uma relojoaria, localizada na Avenida Mato Grosso, bairro Alvorada.

08/12/2017 -

Jovem é flagrado com plantio de maconha em Lucas do Rio Verde

A prisão aconteceu na tarde deta quarta-feira (06) no bairro Alvorada.

08/12/2017 -

Veículo produto de estelionato em Lucas do Rio Verde é recuperado

As investigações continuam para localizar o autor do estelionato.

08/12/2017 -

Mulher é presa ao tentar entrar com celular em centro de ressocialização em Sorriso

O caso será investigado.

08/12/2017 -

Dois jovens são presos acusados de tentar furtar cofre de empresa em Nova Mutum

Os dois foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias.

08/12/2017 -

Mato Grosso é o 2º do país em posse e uso de drogas

Estes dados constam no 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública deste ano.

08/12/2017 -

Ossada de jovem desaparecido há 4 meses é encontrada às margens de rodovia em MT

Ossada foi encontrada em uma vala por funcionários que trabalham em uma obra na MT-225, em Feliz Natal. Uma moto que pertencia ao rapaz também foi encontrada no local.

08/12/2017 -

Sinop: casal de idosos é denunciado por supostos abusos sexuais contra menina de 8 anos

A avó de uma menina, de 8 anos, procurou a delegacia de Polícia Civil ontem e registrou um boletim de ocorrência contra um casal de idosos, por supostos abusos sexuais.

08/12/2017 -

Polícia Civil e Sefaz desarticulam organização que causou prejuízo de R$ 140 milhões ao Estado

O esquema foi descoberto nas investigações da operação ''Crédito Podre'', deflagrada nesta quinta-feira (07)

08/12/2017 -

Impostos sonegados em comércio de grãos em MT dariam para construir 72 escolas e 1,4 mil casas populares, diz polícia

Mandados foram cumpridos em MT, SP e SC.

08/12/2017 -

Grupo suspeito de cometer fraudes e sonegar R$ 140 milhões em ICMS é alvo de operação em MT, SC e SP

Devem ser cumpridos 16 mandados de prisão preventiva, 34 ordens de busca e apreensão e 9 conduções. Grupo usava documentos falsos e articulava a comercialização de grãos.

08/12/2017 -

Mãe é presa por usar conta de benefício social da filha deficiente para receber dinheiro de carro roubado

Ela deve responder pelo crime de estelionato e associação criminosa. A polícia investiga o caso e procura os outros integrantes da quadrilha.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora