Policia

Delegado vai orientar comerciantes sobre venda de simulacros de arma de fogo em Lucas

Após novo caso de assalto com esse tipo de 'arma', Rafael Scatolon deve visitar comércios para coibir venda desses produtos conforme determina a lei do desarmamento

Venda Proibida | 18 de Setembro de 2014 as 06h 14min
MT Agora - Expresso MT

Um novo caso de roubo mediante o uso de simulacro de arma de fogo, armas de plástico que são réplicas de equipamentos de segurança, levou o delegado Rafael Scatolon a planejar visitas a lojas que vendam esse tipo de produto em Lucas do Rio Verde. Ontem, duas menores foram abordadas por uma dupla quando se encaminhavam para a escola, pouco antes das 7 horas da manhã. Sob a mira de ‘uma arma de brinquedo’, as adolescentes tiveram seus telefones celulares levados pela dupla.
 
Mais tarde, soldados da Rotam – Ronda Tática Ostensiva – fizeram a detenção de dois jovens, um deles ainda menor de idade. As vítimas identificaram a dupla como sendo a autora do roubo. A dupla também pode ter cometido outro roubo, ocorrido horas antes. A polícia espera  a liberação de imagens das câmeras de segurança para tentar identificar os criminosos, já que a vítima não conseguiu identificar os autores que usavam capuz. “Possivelmente são os mesmos suspeitos”, acredita o delegado.
 
Diante dos diversos casos ocorridos recentemente, com o uso de simulacro para a prática de roubo a mão armada, o delegado deve ir pessoalmente a lojas que comercializem esse tipo de produto orientar sobre a lei do desarmamento, que veda esse tipo de comércio. “É proibida essa venda. Pessoalmente eu vou estar notificando e entrando em contato com os donos desses estabelecimentos onde se comercializa o simulacro ou instrumento equivalente para a prática de delitos. É expressamente vedada a comercialização de tais produtos”, orientou o delegado.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Segunda Feira

Lucas do Rio Verde, MT

º

COTAÇÃO